Início AMÉRICA DO SUL Cartagena, Colômbia: o que fazer, onde ficar e onde comer

Cartagena, Colômbia: o que fazer, onde ficar e onde comer

Cartagena das Índias, na Colômbia, em pleno mar do Caribe, é uma das cidades mais visitadas e mais incríveis do país, quiçá, do mundo.

É um destino colorido, vibrante, cheio de lendas, que reúne atrações culturais e passeios a praias lindíssimas de águas azuis. Um lugar caliente, sempre com música animada, bons drinks, e gente do mundo inteiro circulando.

Nós amamos a Cidade Amuralhada da Colômbia e preparamos um guia completíssimo com tudo que você precisa saber para visitar Cartagena.

Confira o que fazer em Cartagena das Índias e aproveite as informações que vão tornar sua viagem ainda melhor. Aqui você vai descobrir:

  1. Melhor época para visitar
  2. Roteiro em Cartagena
  3. Melhor bairro para se hospedar
  4. Como sair do Aeroporto
  5. Qual moeda levar e como trocar dinheiro
  6. O que fazer: melhores pontos turísticos
  7. Praias e passeios de barco
  8. Mapa turístico
  9. Noite em Cartagena
  10. Restaurantes
  11. Planejamento
cartagena colombia
A famosa torre da Catedral de Cartegena ao fundo
Cartagena Isla Rosário
Isla Arena, uma das pequenas ilhas do arquipélago Islas Rosario, em Cartagena

Cartagena, Colômbia: turismo e dicas

A cidade foi fundada em 1533, e por causa de sua localização estratégica, foi um dos principais portos comerciais da época. Por isso, foi alvo de muitas tentativas de saques piratas e invasões estrangeiras.

A cidade foi protegida por cerca de 11 quilômetros de muralhas feitas com pedras oceânicas e corais, com vários baluartes e fortalezas, que são atrativos por lá.

E seu belíssimo Centro Histórico, um dos mais belos e bem-conservados das Américas, é Patrimônio Mundial da Unesco. A mistura única das culturas indígena, africana, caribenha e europeia torna esse um dos destinos mais incríveis e cobiçados do mundo.

A cidade fica a 1 hora de voo a partir de Bogotá, capital da Colômbia, e os voos do Brasil fazem conexão lá (vale a pena ler o artigo Guia de Bogotá). Uma dica é pesquisar passagem aérea para Cartagena em promoção no Passagens Promo e na MaxMilhas.

cartagena colombia
Comprando as saldas de frutas das palenqueiras você pode tirar uma foto

Melhor época para visitar Cartagena

Cartagena das Índias é quente o ano todo, e com a umidade do ar, a sensação térmica é sempre alta. O período mais chuvoso vai de maio a novembro, mas isso não significa necessariamente que chove muito, mas sim, que há mais chances de pancadas de chuva.

E nos outros meses há menos chances de pegar chuva, considerado o período mais seco. De dezembro a fevereiro é altíssima temporada, quando tudo está mais cheio e mais caro. Julho é o mês mais quente, quando a cidade também está ainda mais cheia, por ser período de férias, e outubro é o mês mais chuvoso.

Nós viajamos no Réveillon, e além de estar muuuuito quente, o céu ficou completamente azul e sem nuvens durante os 6 dias que ficamos na cidade.

Acho que março e abril são bons meses para conhecer Cartagena. Lembre-se que essa é uma das cidades mais visitadas da Colômbia, e sempre há turistas do mundo interior por lá. E nos períodos de alta temporada, reserve hospedagem com antecedência.

Cartagena, Colômbia: quantos dias ficar?

Recomendamos pelo menos 4 dias completos para visitar as principais atrações em Cartagena das Índias em uma primeira viagem:

– Pelo menos um dia para visitar a Cidade Amuralhada (mas é bem possível gastar 2 dias ou mais);

– Pelo menos um dia para visitar as Ilhas Rosário, mas o ideal é dormir pelo menos uma noite lá e aproveitar por dois dias;

– E ainda sobra tempo para conhecer as praias de Bocagrande ou Isla Barú, e o Castelo San Felipe de Barajas.

Se tiver mais dias disponíveis, o ideal é a aproveitar ao máximo as Islas Rosário.

 >> O que fazer em Cartagena: sugestão de roteiro de 4 ou mais dias

Dia 1: Centro Histórico – Cidade Amuralhada

Dia 2: Ilhas Rosário (bate-volta)

Dia 3: Castelo San Felipe de Barajas + Bocagrande

Dia 4: Isla Baru ou Cidade Amuralhada novamente

ou

Dia 1: Centro Histórico

Dias 2, 3 e 4: Ilhas Rosário (com 2 pernoites lá)

Dia 5: Cidade Amuralhada + Castelo San Felipe

Dia 6: Praias de Bocagrande ou Isla Baru ou Cidade Amuralhada

Hotel em Cartagena: onde se hospedar e dicas de bairros

As regiões mais procuradas para se hospedar em Cartagena são a parte moderna, na orla do Bairro de Bocagrande, e o Centro Histórico, na Cidade Amuralhada de Cartagena, que se divide em 4 pequenos bairros – Centro, San Diego, Getsemani e La Matuna. Os 3 primeiros são os melhores para se hospedar, mas têm suas diferenças entre si.

O bairro de Bocagrande tem grandes hotéis e opções mais baratas, e está a 3 quilômetros da Cidade Amuralhada, onde está a maioria das atrações. Por isso, o centro histórica é mais caro, e cheia de pousadas e hotéis coloniais charmosos.

Para entender melhor sobre cada região, confira nosso artigo completo sobre onde se hospedar em Cartagena, com um comparativo entre os bairros, os pontos negativos e positivos de cada um, e descubra qual região combina mais com você. Ah, também tem dicas de bons hotéis em cada um dos bairros.

Eu recomendo ficar no centro histórico, de preferência no bairro San Diego, o mais gostosinho. Duas boas opções de hospedagem lá são Casa Del Curato e Hotel 3 Banderas, opções 3 estrelas com ótima avaliação e custo-benefício.

Confira todas as ofertas de hospedagem na Cidade Amuralhada e as hospedagens no bairro Bocagrande.

Lá também tem boa oferta de apartamentos para alugar no Airbnb (clique aqui para ganhar um voucher de R$350 para usar na sua primeira reserva).

Como sair do aeroporto

A opção mais econômica para sair do aeroporto de Cartagena é o táxi. O Aeroporto Internacional Rafael Núñez (CTG) fica a cerca de 6 quilômetros da Cidade Amuralhada e a 9 de Bocagrande. Os taxistas já ficam esperando no saguão de desembarque e o preço é 15 mil pesos colombianos (cerca de R$ 20 em jan/2020) até a cidade murada.

Os transfers privativos são mais confortáveis, com carros novos e mais espaçosos e custam em torno de 10 dólares por pessoa. Confira algumas opções nesse link.

Lembrando que a cotação durante a nossa viagem era de 1 BRL = 700 COL. Faça uma estimativa de acordo com a cotação da época da sua viagem.

Cartagena Colombia
As ruas coloridas e floridas de Cartagena das Índias

Qual moeda levar e como trocar dinheiro?

É melhor fazer um câmbio do que dois, isto é, a melhor opção é levar dinheiro em real mesmo para Cartagena.

É possível trocar nas casas de câmbio do aeroporto de Bogotá, onde você fará conexão, pois a cotação é melhor do que no aeroporto de Cartagena. Se não for possível trocar em Bogotá (as melhores casas de câmbio ficam em um corredor no desembarque), não se preocupe. Troque o suficiente para o táxi em Cartagena e procure as casas de câmbio do Centro Histórico, que também têm boa cotação.

A maioria das atrações, hotéis e restaurantes aceitam cartões de crédito e débito (em ambos os casos a alíquota do IOF para compras internacionais é de 6,38%).

O que fazer em Cartagena, Colômbia: melhores passeios e pontos turístios

No topo da lista do que fazer em Cartagena estão as atrações históricas dentro da Cidade Amuralhada.

É possível circular só a pé, pois os extremos da muralha são separados por apenas 2 quilômetros. Além disso, a melhor forma de conhecer a cidade é caminhando por suas ruas. As casas coloniais coloridas têm suas sacadas enfeitadas de flores e o barato é se perder pelas ruas, descobrindo as belezas calmamente.

Se encontrar um bar, café ou restaurante legal no caminho, não hesite em sentar e beber um drink apreciando a movimentação da cidade.

Mapa de atrações em Cartagena:

>> No Centro Histórico de Cartagena:

  1. Caminhar na muralha e admirar seus baluartes. O Baluarte de Santo Domingo, onde está o famoso Café del Mar, é um dos preferidos dos turistas.
  1. Ver o pôr do sol no Baluarte de Santo Domingo ou outro ponto da muralha.
  1. Visitar os museus. O mais interessante é o Museu Histórico de Cartagena (antigo Museu da Inquisição). Ele funciona no Palácio da Inquisição e foi a antiga sede do Tribunal do Santo Ofício, que condenava e torturava pessoas por heresia, bruxaria, conhecimento de ervas, etc. O ingresso custa COP 20.000 (R$28 – jun/2020).
  1. Circular na Plaza Santo Domingo, o coração do centro, onde está a estátua “Gorda Gertrudes” do artista Fernando Botero. A praça fica ao lado do convento e da igreja de mesmo nome e é cercada de bons restaurantes, perfeitos para provar as comidas colombianas.
  1. Torre do Relógio e Plaza de la Aduana. Em frente ao Relógio está o “portão principal” da Cidade Amuralhada. Na praça está a mansão onde morou Pedro de Heredia, o fundador de Cartagena das Índias.
  1. Do lado de dentro, em frente a Torre está o Portal de los Dulces, ótimo lugar para comprar doces típicos.
  1. Conhecer as igrejas: Catedral de Cartagena ou Basílica Menor Catalina de Alejandría (não esqueça de passar na rua que rende a foto clássica da cidade).
  1. Praça e Santuário San Pedro Claver, onde também há diversos restaurantes.
  1. Plaza Bolívar, em frente ao Museu Histórico, toda arborizada e muito bonita.
  1. Museu do Ouro Zenú, gratuito, sobre a cultura dessa etnia indígena da Colômbia, com entrada gratuita.
Muralhas de Cartagena Colombia
O pôr do sol na muralha é imperdível
Cafe del Mar Cartagena Colombia
O Café del Mar, no Baluarte de San Domingo, é um dos bares procuradíssimo para se despedir do dia
Torre do Relógio Cartagena
A Torre do Relógio, entrada “principal” da cidade amuralhada
Portal de los Dulces Cartagena
O Portal de los Dulces fica em frente à Torre do Relógio, ponto perfeito para comprar doces típicos

>> Em San Diego: ainda na Cidade Amuralhada

  1. A imperdível Plaza Fernandez Madrid cheia de bares e restaurantes que ficam cheios de dia e de noite.
  1. Plaza San Diego, a 3 minutos da anterior, também cheia de ótimos bares e restaurantes. Será difícil escolher qual o melhor!
  1. O Museo del Cacao, que na verdade é uma loja, mas legal de visitar por causa da histórica do cacau, e das degustações de chocolate.
  1. Iglesia de San Toribio, construção colonial que abriga o único retábulo barroco de Cartagena.
  1. Passe na frente da Casa de Gabriel García Márquez, que não é aberta ao público, só para olhar mesmo.
  1. Visite a Plaza de las Bóvedas, uma antiga masmorra do período colonial, com 47 arcos e 23 abobadas, onde hoje tem venda de artesanato. Fica entre os fortes de Santa Clara e Santa Catalina.
  1. Museu Naval do Caribe, onde o acervo conserva a cultura e a história das rotas do comércio no Caribe. O ingresso custa COP 16.000 (cerca de R$ 22).
san diego cartagena
Plaza San Diego, uma das regiões imperdíveis à noite
Feirinha na Plaza de las Bóvedas
bairro san diego em cartagena
As ruas de San Diego também são lindas

>> Em Getsemani: o bairro dos grafites

  1. Caminhe no Parque del Centenario, que fica em frente à Torre do Relógio. Lá tem uma feira diária de artesanato típico com preço bom.
  1. Passeio pela Calle Media Luna, rua com os principais bares, restaurantes e hotéis, ao lado do Parque Centenário. É o ponto de partida para circular por ali de dia e conferir os grafittis do bairro, que lembra o Beco do Batman, em São Paulo, ou Valparaíso, no Chile.
  1. Percorra a Calle del Arsenal, uma rua revitalizada, colorida, cheia de sacadas, com bares, cafés, restaurantes e boates, perto da praça principal do bairro.
  1. Plaza e Iglesia de la Trinidad, o ponto central do Getsemani, onde estão muitos bares e restaurantes, bem locais e sempre movimentados.
  1. Vá ao Café Havana se você quer dançar salsa ou outros ritmos caribenhos. É uma das casas noturnas famosas de Cartagena, com shows, muitos drinks e uma personalidade única.

Dica: circule pelas ruas estreitas e coloridas do bairro boêmio de dia. À noite, fique pelas ruas movimentadas.

bairro Getsemani em cartagena
uas grafitadas do bairro Getsemani
getsemani cartagena
cafe havana cartagena
O Café Havana é uma das casas noturnas famosas de Getsemani

O que fazer em Cartagena: praias

Passeio para Isla del Rosário

Islas del Rosario é um arquipélago com 27 ilhas que abriga um dos mais importantes recifes de corais da costa colombiana. Segundo nosso barqueiro local, vistas de cima, as pequenas ilhas lembram um rosário.

A maior delas é a Isla Grande, onde estão alguns hotéis famosos como o San Pedro de Majágua, o Cocoliso Resort, o Bora Bora, e o Gente de Mar. Esses são alguns para os quais valem a pena fazer o passeio bate-volta. Escolha um deles para não passar raiva!

Esses hotéis têm ótima infraestrutura e recebem diariamente o “pasadía” (ou bate-volta). O passeio sai diariamente às 9h, e as lanchas levam cerca de 1h30 para chegar, retornando à tarde, por volta das 15h. É um dos passeios mais procurados por quem visita Cartagena, vendido em cada esquina. Custam a partir de 185 mil pesos (R$ 265), com transporte e almoço incluídos, e é possível contratar com antecedência aqui.

Uma vez no hotel escolhido, há outras atividades e passeios opcionais, como a visita ao Oceanario, snorkelling, e outros, mas é meio corrido tentar fazer algum.
Para falar a verdade, o lugar é tão bonito que esse passeio de um dia em só é muito pouco. São mais ou menos 4 horas de aproveitamento na praia, incluindo o horário de almoço.

Nós decidimos passar uma noite para aproveitar melhor, e fazer alguns passeios para outras ilhas pequenas, contratando um barqueiro local. Foi a melhor escolha!

Nós contaremos tudo sobre o hotel que escolhemos – San Pedro de Majágua – no artigo exclusivo, e compartilhamos mais informações e fotos sobre o 4 melhores hotéis da Isla Grande, para te ajudar na escolha, seja para passar o dia, ou para se hospedar. Confira em breve.

Dicas extras:

  • Você consegue fazer a reserva do passeio de véspera.
  • Verifique o que está incluso na tarifa, inclusive se inclui a taxa de visitação às Ilhas Rosário (COP 18.000 por pessoa / cerca de R$ 25).
  • Os bares e restaurantes dos hotéis aceitam cartão.
  • Confira de qual porto sai o passeio contratado. Embora os dois portos sejam próximos do centro histórico, você não vai querer perder o barco, né?!
Islas Rosario Cartagena
Isla Grande, a maior ilha do arquipélago Islas Rosario
Islas Rosario Cartagena
Isla Grande Cartagena
Pôr do sol no Bora Bora, Isla Grande

Playa Blanca na Isla Barú

Essa é uma das praias mais conhecidas de Cartagena, mas que justamente por isso, gera muitas controvérsias. Muitos não gostam do tipo de ambiente lotado e cheio de jet-skis e lanchas.

Não estava nos nossos planos visitar essa praia, mas acabamos indo e realmente é um lugar muito bonito. No fim, nós curtimos, e temos dicas essenciais para que você tenha uma experiência mais agradável por lá. Confira no nosso artigo sobre Playa Blanca na Isla Baru.

Islas Baru Cartagena

Playa Blanca na Isla Baru

Praia em Bocagrande

As praias desse bairro mais moderno de Cartagena não chamam muito a atenção por conta de suas areias escuras e por não ter a tonalidade azul que se espera do mar do Caribe. Se você pretende visitar as Islas Rosario, pode descartar essa opção. Mas há quem goste!

Bocagrande Cartagena
Praia em Bocagrande

Castelo de San Felipe de Barajas

Separe pelos menos 2 horas para visitar essa fortificação militar construída em 1657. São diversos túneis, muitos deles subterrâneos, passagens estreitas e mirantes, que permitiam uma visão ampla da baía e de todo o mar durante o período colonial, protegendo a cidade dos ataques por água, além de vigiar o acesso também por terra.

O Castelo de San Felipe fica a 1,5 km da Torre do Relógio, então, se você gosta de caminhar e se não for horário de sol forte, é possível visitar a pé, mas os táxis cobram 8 mil pesos (cerca de R$12,00).

O ingresso custa 25 mil pesos (R$ 35), e os guias cobram a partir de 10 mil por pessoa. Por 18 mil pesos (cerca de R$ 25) também é possível alugar um audioguia (em inglês ou espanhol), em frente à entrada do Castelo (alugue antes de entrar na fila da bilheteria – preços de jan/2020).

A visita é, na maior parte do tempo, sob o sol. Abuse do protetor solar, leve chapéu, água, e não se preocupe se os vendedores ambulantes disserem que não há água lá dentro: existe uma pequena lanchonete/loja de lembrancinhas no topo do Castelo e o preço é o mesmo.

Castelo San Felipe de Barajas Cartagena
Castelo de San Felipe de Barajas em Cartagena
Castelo San Felipe de Barajas Cartagena
Há várias galerias e túneis subterrâneos no castelo

Los Zapatos Viejos

Essa escultura é uma homenagem ao poeta local Luis Carlos López. Fica bem perto do Castelo e dá para caminhar de uma atração à outra. Dica: se houver muitas pessoas lá, provavelmente são de algum ônibus turístico, espere alguns minutos, pois a parada deles é rápida.

sapatos cartagena
O monumento “Sapatos Velhos” fica ao lado do Castelo

Cerro de la Popa

Nós não visitamos esse que é o ponto mais alto de Cartagena e permite uma vista panorâmica da cidade. Fica a cerca de 4 km do centro histórico e lá em cima há um convento. Não existe transporte público até lá, então, é preciso combinar ida e volta com um taxista.

O que fazer em Cartagena à noite:

La Chiva Rumbera

Essa “balada ambulante” faz sucesso nas ruas de Cartagena e sai da Torre do Relógio todos os dias por volta das 19h30.

Custa 65 mil pesos (R$92 ), tem rum e refri liberado, muito reggaeton, salsas e rumbas, e circula pela cidade fazendo algumas paradas, e finalizando em uma boate em Getsemani, com entrada incluída. Não achamos muita graça, mas os gringos adoram!

Vida noturna

Pensa numa cidade animadíssima à noite. É Cartagena! As ruas ficam lotadas, restaurantes e bares com mesas na rua são disputados, muita música rolando, gente circulando, artistas se apresentando, baladas, etc.

Confira alguns bares e restaurantes legais abaixo.

cartagena
As ruas do centro estão sempre movimentadas, de dia e de noite

Restaurantes em Cartagena: onde comer bem

  • Restaurante La Cocina de Cartagena, no bairro San Diego, para provar a culinária típica.
  • Café del Mar, no Baluarte Santo Domingo, no Centro, super requisitado para ver o pôr do sol.
  • La Esquina del Pandebono, no Centro, com quitutes locais baratinhos.
  • La Cevichería, bairro San Diego, procuradíssima.
  • Juan del Mar, bairro San Diego, famoso pela culinária peruana.
  • Montesacro Resto Bar, no Centro, tem risotos deliciosos, massas, carnes e peixes.
  • Malanga Bistrô Caribe, San Diego, peixes e frutos do mar.
  • Di Silvio Trattoria, no Getsemani, para quem procura culinária italiana.
  • Castellana DF, no Getsemani, que oferece peixes, carnes e pratos locais.

Leia também: Pratos típicos da Colômbia


cafe del mar em cartagena
O Café del Mar é um dos lugares mais cobiçados, com filas enormes por volta das 16h

Viagem à Cartagena das Índias: planejamento

– Brasileiros não precisam de visto nem passaporte para visitar a Colômbia. Basta o RG em bom estado de conservação e com menos de 10 anos de expedição. Se preferir, confira como tirar passaporte.

– A vacina de febre amarela é obrigatória para visitar o país e os atendentes foram bem rígidos na fiscalização já no embarque aqui no Brasil. Confira aqui como tirar seu Certificado Internacional de Vacinação.

– Não é obrigatório fazer um seguro viagem para viajar a Colômbia, mas é arriscado não contratar. Use esse comparador de preços e serviços de diversas seguradoras para encontrar o que mais se encaixa às suas necessidades.

– As tomadas de lá são com 2 pinos chatos, então é preciso levar adaptador.

– Como lidar com o idioma espanhol? Na nossa opinião é bem tranquilo se virar com o português mesmo. Os colombianos são atenciosos, simpáticos, e têm familiaridade com o português. Tente aprender o básico, para demonstrar interesse e educação.

Confira nosso vídeo em Cartagena:

+ Todas as dicas da Colômbia:

Comidas colombianas: pratos típicos que você precisa provar

Onde ficar em Cartagena: comparativo de bairros

Catedral de Sal de Zipaquirá, primeira maravilha da Colômbia

Guia completo de Bogotá

Gostou do nosso guia do que fazer em Cartagena das Índias? Conte para nós nos comentários!

por Camila Coubelle

Resolva sua viagem aqui
OFERTAS DE HOSPEDAGEM no mundo inteiro com reserva rápida e segura, opções de cancelamento gratuito e pagamento só no check-in com a Booking.com.
ALUGUEL DE CARRO em até 10x no cartão, sem IOF, ou com 5% de desconto no boleto. Compare preços das locadoras no buscador Rentcars.com.
COTAÇÃO DE SEGURO VIAGEM em até 12x ou com desconto no boleto. Compare preços de várias seguradoras no Seguros Promo, já com nosso cupom de desconto VIDASEMPAREDES5 aplicado.
VOCÊ GANHOU R$350 em créditos de viagem para usar na primeira reserva no Airbnb.
PASSAGEM AÉREA em promoção e até 12x no Viajanet, ou com até 25% OFF e 6x no Passagens Promo.
CHIP DE INTERNET com plano de dados para mais de 100 países e conexão ilimitada com a EasySim4U ou a Viaje Conectado.
INGRESSO antecipado para atrações, eventos, passeios e transfer no mundo inteiro com melhor preço, comodidade e segurança com a GetYourGuide ou a TourOn.
Ao reservar com nossos parceiros nos links citados acima, recebemos uma pequena comissão. Você garante os melhores serviços e preços, não paga a mais por isso e ainda ajuda a gente a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3



As dicas do vida sem paredes te ajudaram?

Então fale com a gente no FACEBOOK, no INSTAGRAM, no PINTEREST ou no YOUTUBE.
Vida sem Paredeshttps://vidasemparedes.com.br/
Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa. Aqui você encontra muitas dicas, roteiros, guias de destinos incríveis pelo mundo. A gente divide nossas experiências para inspirar as suas.

11 COMENTÁRIOS

  1. Oi, boa tarde.. Gostaria de saber qual foi o custo que vocês tiveram para essa viagem?

    Uma dica que dou para vocês, é no final do guia, discriminar quanto vocês gastaram com qual coisa. Por exemplo média de 80 por pessoa para alimentação, média de 150 por pessoa por hostel.. Quanto custou cada passeio.. As passagens aéreas e locomoção nas cidades e ilhas.. Esse tipo de coisa. Pois querendo ou não, o orçamento influência muito na escolha do destino das pessoas.. Hahahaha.. Estou buscando algo na casa dos 3 mil reais e em torno de 6 dias de passeio. Sei que o orçamento é pequeno e gostaria de saber se seria possível fazer esta viagem com o orçamento que possuo.

    • Olá, Mateus. Não fizemos o cálculo exato dos gastos, mas posso tentar te ajudar com algumas informações. Nós compramos um pacote da Decolar que incluía 6 dias em Cartagena e 4 em Bogotá. O site Viajanet também costuma vender esse tipo de passagem a preços promocionais. A maioria das atrações de Cartagena são gratuitas. O legal de lá é caminhar pelas ruas históricas e, se gostar de museus, tem alguns no centro (os preços dos ingressos estão no post). Os restaurantes são um pouco mais caros, mesmo assim é possível encontrar refeições com preço ok. Outra atração que tem por lá é visitar as ilhas. Para passar o dia, o valor na época da nossa viagem (dez/18-jan/19) era de R$265 por pessoa, com almoço incluído. Nós não fizemos esse passeio de um dia, em vez disso, nos hospedamos uma noite num hotel da ilha. Se não me engano, custou R$ 1.800 para 2 pessoas. No fim das contas, esses valores são uma base para programar sua viagem. Como disse, fizemos essa viagem há um ano e o valor do câmbio e das hospedagens pode mudar. Quando fomos, trocamos cada 1 real por 700 pesos colombianos. Espero que te ajude a ter uma noção dos gastos.

  2. Olá!! Amei todas as dicas e já estou anotando tudo! Vou em Janeiro com a família, mas ficaremos um mês. Você acha que conseguiríamos aproveitar todos os dias lá ou são muitos dias para poucas atrações? Nossa intenção seria conhecer toda a Colômbia (Bogotá, Cartagena, San Andrés…) já que temos muitos dias… O que você sugere?

    • Oi Alessandra, que máximo! Com um mês você aproveita bastante. Nós ficamos 15 dias, entre Cartagena e Bogotá. Então acho que esse tempo é ótimo para poder aproveitar também San Andrés e outras praias colombianas. Já que você tem esse tempo, recomendo que fique dois dias em uma das ilhas de Cartagena. Ficamos em Isla Grande e adoramos. Em San Andrés vc vai encontrar várias atividades para fazer nas praias tbm, então reserve alguns dias para essas aventuras. Se pudermos ajudar em mais alguma coisa é só falar.

  3. Olá, estou indo para Cartagena em setembro. Ficarei 6 dias, estou fazendo algumas pesquisas pela internet mas estou ficando confusa. Em relação aos passeios para as ilhas vocês recomendam já comprar os passeios nos sites como getyourguide ou consigo comprar as agências espalhadas pela cidade? Qual opção é a mais barata? Essas agências são seguras?
    Têm a opção de contratarmos só o transporte para a ilha? Ir em um dia e voltar no outro? Nos portos tem esses translados em qq hora? Ou só temos a opção de contratar o passeio? Devo separar um dia para conhecer a islã grande e outro ilhas do Rosário?

    • Oi Maria Alice, a Isla Grande é uma das ilhas que fazem parte do arquipélago Islas del Rosário. Você pode optar por passeios em várias dessas ilhas, comprando um bate-volta ou, como nós fizemos, se hospedar em um dos hotéis e contratar passeios para o entorno. Você pode comprar antecipado, pelo GetYourGuide ou pode comprar direto em Cartagena mesmo. Existem várias agências que oferecem serviços variados e você pode negociar. Aí eles vão te indicar o dia e o horários que sai o passeio que vc comprou. Dá para comprar até para o dia seguinte. A oferta é bem grande. A opção mais barata é fazer o passeio de bate-volta, mas achamos que não vale a pena pq vc tem muito pouco tempo para aproveitar as ilha (sai às 9h, e volta às 15h). Vale a pena gastar um pouco mais e se hospedar em um dos hotéis. No caso da Isla Grande tem o San Pedro de Majagua, Cocoliso, Gente de Mar e Bora Bora.

  4. Olá! Estou indo para Cartagena agora em Junho, fiz algumas pesquisas na internet, mas fiquei em pouco confusa. Em relação aos passeios para as Ilhas do Rosário é possível fazer por conta própria ou só contratando os pacotes com os hotéis? O que vocês recomendam?

    • Oi Géssica. Você não precisa fechar com os hotéis. Nós resolvemos ficar hospedadas uma noite em um deles pra poder curtir melhor a ilha e achamos que valeu a pena, apesar de ter saído mais caro. Não é possível fazer esse passeio por conta própria pq só se chega de barco, mas você pode contratar uma das várias agências espalhadas pela cidade, ou direto em um dos portos, o passeio de um dia. Nesse caso vc passará apenas algumas horas na ilha (o barco sai às 9h e retorna às 15h – a maioria tem almoço incluído). Ficar uma noite na ilha ou fazer um bate-volta vai depender mais do seu tempo e do seu orçamento para a viagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.