Início AMÉRICA DO SUL O que fazer em Curitiba: melhores passeios e atrações

O que fazer em Curitiba: melhores passeios e atrações

Curitiba, capital do Paraná, é uma cidade que te convida a passear pelos parques, bosques, museus e curtir toda a agitação da vida noturna. A cidade tem atrações diversificadas, que agradam turistas de todas as idades.

Nesse guia você vai saber o que fazer em Curitiba, como chegar na capital paranaense, onde comer, onde se hospedar, além de um roteiro para programar melhor a sua viagem. Leia o artigo até o final e aproveite nossas dicas de passeios e atrações.

O que fazer em Curitiba: Jardim Botânico
Jardim Botânico, uma das atrações mais visitadas em Curitiba

Quando ir a Curitiba?

Em um fim de semana ou feriado prolongado é possível conhecer as principais atrações de Curitiba. Mas nós recomendamos separar uns 4 dias para poder passear com calma, curtir a noite, ir às feiras de rua e comer muito bem.

Apesar do frio que faz no sul do Brasil, é fácil se sentir acolhido em uma cidade com tanta variedade cultural, herança dos imigrantes que vieram da Alemanha, Ucrânia, Itália e Polônia.

A capital pode ser conhecida durante todo o ano.

No outono – entre março e junho – as temperaturas são mais amenas e chove pouco, portanto é uma boa época para visitar Curitiba. No entanto, se você tem intenção de conhecer a cidade famosa pelo frio, pode ir no inverno e sentir a temperatura lá embaixo. Nessa época, a cidade recebe o Festival de Inverno do Centro Histórico, com várias atividades culturais e eventos gastronômicos.

Já quem quer viver de perto a magia do Natal, vai curtir Curitiba em dezembro, quando as ruas estão maravilhosamente enfeitadas e rolam as famosas apresentações de corais na fachada do Palácio Avenida, além de eventos natalinos espalhados por toda a capital.

O que fazer em Curitiba: Museu Oscar Niemeyer
Museu Oscar Niemeyer

Roteiro de 2, 3 e 4 dias

>> 2 dias:

Dia 1: City tour no centro histórico + Linha Turismo com paradas no Jardim Botânico, Ópera de Arame, Parque Tanguá e finaliza no MON + Bar do Alemão

Dia 2: Passeio de trem Curitiba x Morretes (dia inteiro)

  

>> 3 dias:

Dia 1: City tour no centro histórico + Linha Turismo com paradas no Jardim Botânico, Ópera de Arame, Parque Tanguá e MON + Bar do Alemão

Dia 2: Passeio de trem Curitiba x Morretes (dia inteiro)

Dia 3: Feirinha do Largo da Ordem (se for domingo) + Museu do Holocausto + almoço no Madalosso + Tour das cervejarias ou Enoturismo na Vinícola

  

>> 4 dias:

Dia 1: Jardim Botânico (visite com calma) + Linha Turismo com paradas na Ópera de Arame, Parque Tanguá, UNILIVRE e finaliza no MON

Dia 2: City tour no centro histórico + Mercado Municipal + Rua 24 horas + GARDS Rooftop ou Hard Rock Café

Dia 3: Passeio de trem Curitiba x Morretes (dia inteiro)

Dia 4: Feirinha do Largo da Ordem (se for domingo) + Museu do Holocausto + almoço no Madalosso + Tour das cervejarias ou Enoturismo na Vinícola

Como chegar em Curitiba

O Aeroporto Internacional Afonso Pena (CWB) recebe voos diários de várias cidades do país e fica a 18km do centro de Curitiba. Você pode conferir ofertas de passagens aéreas para Curitiba nos sites Passagens Promo e MaxMilhas.

 

De carro: Curitiba está a 400km de São Paulo e é muito fácil ir de uma capital a outra de carro, pela BR-116. A viagem dura em torno de 5h30. A partir do Rio de Janeiro são cerca de 850km, também pela BR-116. Quem sai de Santa Catarina ou Rio Grande do Sul, utiliza as rodovias BR-376 e BR-101.

 

De ônibus: As viações que fazem o trajeto de ônibus entre São Paulo e Curitiba são Cometa, Kaissara e Eucatur, com saídas diárias da Rodoviária do Tietê. Os preços variam entre R$ 62 e R$ 180 (jan/2020), e a viagem dura, em média, 6h.

De Porto Alegre são cerca de 13h de viagem e quem opera o trecho são as viações Penha e Catarinense. Os preços variam de R$ 157 a R$ 370 dependendo do tipo de assento (leito, cama ou convencional).

As Viações Kaissara e Penha também operam no trajeto Rio de Janeiro x Curitiba, ao custo de cerca de R$ 260. A viagem dura mais de 14h.

parque tangua
Paque Tanguá é um dos pontos imperdíveis em Curitiba

Como ir do aeroporto para o centro

Existe uma linha de ônibus que faz o percurso aeroporto-centro e você pode comprar o ticket no guichê que fica próximo ao desembarque.

O trajeto dura cerca de 50 minutos, dependendo do ponto onde irá descer (Rodoferroviária, Teatro Guaíra, Receita Federal, Biblioteca Pública, Rua 24 horas ou Shopping estação). A partir do ponto de desembarque, você pode pegar um táxi, Uber, Cabify ou 99 até o hotel.

Aeroporto Executivo – Preço: R$ 15 (abr/2020) | Horários e itinerários: confira no site da empresa.

 

Se preferir utilizar um serviço de translado, você pode agendar um transfer de ida e volta aeroporto/hotel pelo TourOn, um site confiável e com ofertas de passeios e transportes em várias cidades do Brasil, tudo com parcelamento em até 12 vezes.

 

Você também pode alugar um carro e, se está for a sua escolha, nós recomendamos  que você compare preços e condições pelo buscador Rentcars.com. Além de encontrar as melhores locadoras, você ainda tem opção de parcelar sem juros e pagar só na retirada.

Onde se hospedar em Curitiba

Como em toda cidade grande, é difícil saber qual é o melhor bairro para se hospedar. Em Curitiba não é diferente. Mas é bom levar em consideração a proximidade com as principais atrações, acessos a transporte público e serviços.

O Centro e o Centro Histórico são os locais mais indicados para quem busca hospedagens confortáveis, com bom custo-benefício e o melhor, perto de tudo. As regiões são rotas da Linha Turismo, o que facilita a vida do viajante. Essas zonas têm uma grande movimentação durante o dia e, à noite, uma grande oferta de barzinhos com mesas para o lado de fora e uma certa agitação, principalmente no Centro Histórico, perto do Largo da Ordem.

É preciso apenas tomar cuidado para se locomover à noite. Prefira hotéis próximos da movimentação noturna e sempre volte para a casa de carro (táxi ou apps).

Nessa região, confira o Duomo Park Hotel e o Mabu Curitiba Business, ambos com café da manhã e boa avaliação. Um albergue bem-avaliado com quartos privativos ou compartilhados é o Garibaldi Hostel e Café.

O Batel é outro bairro interessante para ficar em Curitiba. A região é mais sofisticada, com ruas largas e arborizadas, comercio variado e grandes lojas. É no Batel que está a maioria dos hotéis de alto padrão e alguns dos restaurantes renomados de Curitiba.

Se escolher essa região, confira o Quality Hotel Curitiba e o Transamerica Prime Batel Curitiba.

Nós nos hospedamos no Motter Home, considerado melhor hostel do Brasil, com certificações em vários sites especializados, como a Booking.com e o Trip Expert.

O atendimento do Motter Home é diferenciado, a localização é ótima (bairro das Mercês, bem residencial e tranquilo) – a 10 minutos do centro histórico -, com fácil acesso ao transporte público e próximo de várias atrações da cidade.

Fizemos um post detalhado contando como são os quartos, o atendimento, café da manhã e a experiência de se hospedar lá. Confira: Motter Home: o melhor hostel em Curitiba.

Confira mais ofertas de hospedagem em Curitiba. Veja também as opções no Airbnb, e se for sua primeira reserva, use o cupom de R$ 130 de desconto.

O que fazer em Curitiba

1. Centro Histórico

O centro histórico de Curitiba, também chamado de Setor Histórico, abriga construções de importância cultural da cidade. Por ali o turista pode visitar a Catedral Metropolitana, as Igrejas do Rosário e Presbiteriana, o Templo Hare Krishna e a Mesquita Imam Ali ibn Abi Talib.

Vai passar também por patrimônios, como o palácio da Sociedade Garibaldi, a Praça Tiradentes e as da Rua XV de Novembro, onde está o Bondinho da Leitura, um ótimo lugar para levar as crianças durante o passeio pelo centro.

No trajeto conhecido como Largo da Ordem, também estão o Relógio das Flores e a Fonte da Memória (a fonte do cavalo babão).

Além disso, é uma região com muitos bares, pubs e restaurantes badalados e da tradicional Feira do Largo da Ordem, que acontece todos os domingos, de 9h às 14h, desde 1973. Têm barracas de artesanato, comidas regionais, roupas e artigos de decoração.

Existe um Walking Tour pelo centro histórico que vale muito a pena. O passeio gratuito é organizado pelo Instituto Municipal de Turismo de Curitiba. No tour, os guias contam em detalhes como os imigrantes europeus influenciaram na construção da cidade. É preciso agendar o tour com antecedência pelo site.

Se quiser visitar os pontos mais distantes, reserve um city tour pelas atrações de Curitiba.

curitiba o que fazer
Largo da Ordem, no centro, é onde acontece a feirinha aos domingos

o que fazer em curitiba
Tour guiado no centro histórico de Curitiba é gratuito e precisa ser agendado

2. Linha Turismo

A Linha Turismo é uma linha de ônibus especial que percorre os principais prédios e parques de Curitiba. Os ônibus têm um sistema de áudio que, em cada ponto, conta um pouco da história da cidade.

Os coletivos especiais circulam a cada trinta minutos, percorrendo aproximadamente 45 quilômetros, em um tour que dura cerca de três horas. O roteiro principal começa na Praça Tiradentes, mas você pode iniciar o trajeto em qualquer um dos pontos por onde ele passa. Basta comprar uma cartela (R$ 45 – jan/2020) com cinco tickets que dão direito a um embarque e quatro reembarques. Você pode comprar no próprio ônibus ou na Rodoferroviária de Curitiba.

Esse serviço é ideal para quem não tem muito tempo para explorar as atrações mais afastadas, como o parque Unilivre ou o Jardim Botânico, principal atrativo da capital paranaense.

Confira aqui os horários e pontos de partida.

Confira o artigo sobre Passeios em Curitiba: melhores tours para curtir a cidade.

Ônibus da Linha Turismo no Parque Tanguá

O que fazer em Curitiba: Jardim Botânico
Jardim Botânico

3. Parques

Curitiba tem parques espalhados pelos quatro cantos. Com opções para quem gosta de relaxar perto da natureza, passear com crianças, caminhar, correr ou pedalar.

O Jardim Botânico, um dos cartões-postais da cidade e, além da famosa estufa de três abóbadas e dos jardins geométricos, ainda tem um Museu Botânico, bosque de araucárias, quadras de esportes, lago e um espaço cultural.

Outros pontos a serem visitados são o Parque Tanguá e o Bosque Alemão. O primeiro, construído em um antigo complexo de pedreiras desativadas, com lindas paisagens e um mirante espetacular. Já o Bosque Alemão é indicado principalmente para levar as crianças. Sua área de mata nativa recria a história de João e Maria através de uma trilha leve e muito bonita. Dentro da mata, a Casa Encantada tem uma biblioteca infantil e “contação” de histórias, atração imperdível para os pequenos.

A Ópera de Arame surpreende pela beleza e apresentações musicais. Assim como o Parque Birigui, com suas araucárias grandiosas, o Parque Tingui, construído em homenagem ao povo indígena, o Memorial Árabe, Parque São Lourenço, Bosque João Paulo II (Bosque do Papa), UNILIVRE e outros.

Veja mais fotos no nosso post 7 Parques de Curitiba que você precisa conhecer.

curitiba
Unilivre

O que fazer em Curitiba: Bosque Alemão
Bosque Alemão

4. Museus

Quem gosta de museus, definitivamente não vai se decepcionar em Curitiba. A cidade abriga grandes acervos históricos, modernos, artísticos e regionais.

O Memorial de Curitiba, foi criado com arquitetura urbana, toda em vidro, contrastando com as construções antigas do centro histórico da cidade e é um espaço para diversas atividades culturais.

O Museu Oscar Niemeyer (MON) – conhecido como o Museu do Olho – também é moderno e tem um acervo de aproximadamente 2 mil peças que unem o passado e o presente. O MON é considerado um dos maiores museus da América Latina. A entrada do museu é gratuita às quartas.

Já o Museu Paranaense, no centro histórico, faz uma linha do tempo desde a pré-história, até o início do século XX, contando a jornada de imigrantes e a chegada deles ao estado.

Ainda tem o imperdível Museu do Holocausto que, como o próprio nome já diz, é dedicado a contar a história de perseguição aos judeus na Segunda Guerra Mundial. Este é o único museu do gênero no Brasil. Além de contar com imagens, objetos e documentos todo o horror da guerra e da perseguição nazista, o museu leva o visitante e refletir sobre segregação. Mas atenção, só é possível visitar o museu agendando com antecedência pelo site.

A lista de museus é grande e você pode dedicar parte da sua viagem para visitá-los. Para quem gosta de conhecer outras culturas, os museus temáticos como o Memorial da Imigração Japonesa, o Museu de Arte Indígena, Museu de História Natural, Museu Egípcio e Rosacruz, e outros tantos podem fazer parte do seu roteiro em CWB.

Leia também: Museus em Curitiba: 5 acervos imperdíveis.

o que fazer em curitiba
Museu Oscar Niemeyer, ou Museu do Olho, é um dos mais interessantes

curitiba
Museu do Holocausto é gratuito e exige agendamento prévio

5. Outras atrações em Curitiba

Se quiser ver Curitiba do alto a dica é ir ao Mirante da Torre Panorâmica, no ponto mais alto da cidade, de onde é possível ter uma vista 360º. Se estiver no bairro das Mercês, vale a pena fazer uma visita. O ingresso custa R$ 6 (jan/2020) e a Torre funciona de terça a domingo, das 10h às 19h.

Os vinhos e as cervejas artesanais também são atrações em Curitiba. Há opções de passeios como o Tour das Cervejarias, que visita três cervejarias da cidade e ainda oferece degustação; e o Tour de Enoturismo na Vinícola, onde são apresentados os processos de produção dos vinhos, tem degustação e acompanhamento de enólogos.

6. Passeio de trem Curitiba x Morretes

O passeio de trem para Morretes é um dos mais procurados em Curitiba. O tour é uma viagem no tempo e passa pelas lindas paisagens da Serra do Mar.

Além do passeio de trem, o visitante ainda pode aproveitar algumas horas de caminhada pelo centrinho de Morretes, experimentar as famosas cachaças e almoçar o delicioso barreado, um prato típico do litoral paranaense.

Os passeios são contatados no guichê da Serra Verde Express na Rodoferroviária de Curitiba, ou no site da Serra Verde Express

Outra opção é comprar o tour completo com almoço incluído no GetYourGuide, com transfer de ida e volta do hotel. No TourOn também tem ingressos de ida e ingressos de volta, passeio completo com trem, transfer e almoço, e o passeio do pôr do sol.

D I C A: compre o passeio com antecedência, principalmente se for na alta temporada.

curitiba morretes
Passeio de trem para Morretes descortina paisagens belíssimas

Nos arredores de Curitiba

Se tiver mais dias para curtir a região, algumas cidades oferecem tours revigorantes em meio à natureza. Confira os principais passeios nos arredores de Curitiba:

 

Prudentópolis

Em Prudentópolis, uma cidade de colonização ucraniana que fica a 200km de Curitiba, o legal é conhecer as cachoeiras com mais de 100 metros de altura que deram à cidade o título de “terra das cachoeiras gigantes”. O Salto São Francisco, por exemplo, com 196 metros, é o maior do Sul do país. Conheça mais no nosso artigo Top 10 cachoeiras em Prudentópolis.

 

Salto São Francisco, em Prudentópolis

  

Parque Estadual Vila Velha, em Ponta Grossa

O passeio de 6 horas pelo Parque Estadual Vila Velha oferece ao viajante a oportunidade de caminhar por trilhas e paisagens estonteantes, próximos a animais silvestres como o lobo-guará, o tamanduá-bandeira, quati e outros.

  

Passeio de barco para a Ilha do Mel

A Ilha do Mel fica na Baía de Paranaguá e é um paraíso a ser visitado a partir de Curitiba. O passeio de barco, com almoço incluído, é para relaxar, curtir a paisagem e tomar um delicioso banho de mar. Quem disse que em Curitiba só tem tempo frio, hein?!!

  

Vale do Itajaí

Curitiba está do ladinho de Santa Catarina e é possível fazer um passeio de bate-volta para algumas das principais cidades do estado vizinho, como Joinville, Blumenau, Itajaí e Balneário Camboriú. Reserve esse passeio pelo TourOn e conheça as condições e vantagens de contratar um tour com antecedência.

Onde comer em Curitiba

Com grande influência dos imigrantes europeus, Curitiba é uma das cidades onde há a maior diversidade de bares e restaurantes, com vários tipos de culinária e sabores especiais. Separamos algumas dicas de onde comer em Curitiba, levando em consideração almoço, jantar e uma saidinha para petiscar e beber uns bons drinks à noite.

  

Almoço e jantar

Já vamos começar a lista de restaurantes para almoçar em Curitiba em grande estilo (grande mesmo!). O Madalosso é, nada menos, do que o maior restaurante do Brasil, com capacidade para mais de 4mil pessoas. Fica no bairro de tradições italianas chamado Santa Felicidade. O menu é, obviamente, de comida italiana, mas o carro chefe é o rodízio de massas, que ainda vem com vários acompanhamentos. Reserve um tempo maior para dar conta de comer tudo.

Quem curte comida brasileira, vai adorar o cardápio d’O Jardineiro. Os pratos são deliciosos e o atendimento é super cortês. Ele abre também para o jantar.

O Mercado Municipal de Curitiba é outro ponto bastante procurado para o almoço. São vários restaurantes, com diferentes tipos de gastronomia. Se quiser apenas um lanche para continuar o passeio, nós indicamos a Pastelaria Curitiba, que tem sabores variados (e até inusitados), e o pastel é fresquinho, frito na hora. Experimente o de pinhão!

O tradicional Bar do Alemão fica no Largo da Ordem e é parada obrigatória para quem visita Curitiba. Além dos pratos típicos alemães, você vai poder experimentar o “Submarino”, bebida que mistura cerveja e uma dose de Steinhäger.

Na Rua 24 horas você também vai encontrar várias opções para almoço e lanches. Nós comemos um prato executivo no Koda Pub & Kitchen e valeu muito a pena.

Agora, se a ideia é experimentar um prato que só existe em Curitiba, vá comer uma Carne de Onça na Mercearia Fantinato. O prato é uma iguaria, feito basicamente de carne bovina crua e temperos, com torradinhas como acompanhamento.

Se estiver em Curitiba no domingo, aproveite a Feirinha do Largo da Ordem para provar pratos típicos de vários países, como o Pierogi, da Ucrânia.

curitiba o que fazer
Filé Oswaldo Aranha com cerveja artesanal de Curitiba é uma excelente pedida
O que fazer em Curitiba: Rua 24 horas
Camila, Iara e eu na Rua 24 horas
O que fazer em Curitiba: Vinhos Durigan
Vinhos Durigan

  

Para petiscar e sair à noite

Se a ideia é curtir a noite curitibana, nada melhor do que ir em um boteco bem tradicional na cidade. Para um happy hour ou uma saidinha para comer e tomar uns drinks, nossas dicas no centro histórico são o Garden, que na frente é um bar comum, mas nos fundos tem um lindo jardim vertical (experimente as bolinhas de queijo de lá), o Alchemia, que tem música ao vivo, hambúrguer e chopps artesanais, e o Armazém Califórnia, que serve pratos variados da culinária árabe (a melhor esfiha da vida!).

Se quiser um tom mais sofisticado, vá aproveitar a noite no Hard Rock Café ou no GARDS Rooftop, você não vai se arrepender.

o que fazer em curitiba
Gards Rooftop é um dos lugares imperdíveis para um drink à noite

Mais destinos no Sul do Brasil:

O que fazer em Foz do Iguaçu: guia completo e indispensável

Guia completo de Florianópolis, SC

O que fazer em Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Vale dos Vinhedos (RS): guia completo para visitar a região

Agora que seu guia de Curitiba já está na mão, hora de programar a viagem. Se precisar de mais alguma dica sobre a cidade, é só deixa um comentário aqui!

por Nange Sá

Resolva sua viagem aqui
OFERTAS DE HOSPEDAGEM no mundo inteiro com reserva rápida e segura, opções de cancelamento gratuito e pagamento só no check-in com a Booking.com.
ALUGUEL DE CARRO em até 10x no cartão, sem IOF, ou com 5% de desconto no boleto. Compare preços das locadoras no buscador Rentcars.com.
COTAÇÃO DE SEGURO VIAGEM em até 12x ou com desconto no boleto. Compare preços de várias seguradoras no Seguros Promo, já com nosso cupom de desconto VIDASEMPAREDES5 aplicado.
VOCÊ GANHOU R$130 em créditos de viagem para usar na primeira reserva no Airbnb.
PASSAGEM AÉREA em promoção e até 12x no Viajanet, ou com até 25% OFF e 6x no Passagens Promo.
CHIP DE INTERNET com plano de dados para mais de 100 países e conexão ilimitada com a EasySim4U ou a Viaje Conectado.
INGRESSO antecipado para atrações, eventos, passeios e transfer no mundo inteiro com melhor preço, comodidade e segurança com a GetYourGuide ou a TourOn.
Ao reservar com nossos parceiros nos links citados acima, recebemos uma pequena comissão. Você garante os melhores serviços e preços, não paga a mais por isso e ainda ajuda a gente a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3



As dicas do vida sem paredes te ajudaram?

Então fale com a gente no FACEBOOK, no INSTAGRAM, no PINTEREST ou no YOUTUBE.
Vida sem Paredeshttps://vidasemparedes.com.br/
Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa. Aqui você encontra muitas dicas, roteiros, guias de destinos incríveis pelo mundo. A gente divide nossas experiências para inspirar as suas.

9 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.