InícioAMÉRICA DO SULRecife, Pernambuco: roteiro, atrações e dicas

Recife, Pernambuco: roteiro, atrações e dicas

Recife transborda história! A capital de Pernambuco é também a capital estadual mais antiga do Brasil. Suas praias perdem a atenção para as vizinhas do sul do estado, mas isso não é problema. Com um passado tão ligado à história do país, o turismo lá é histórico e cultural.

Uma dica que vai facilitar muito seu roteiro em Recife é dividir as atrações em grupos. Nós listamos abaixo as 5 regiões com atrações que valem a pena conhecer em Recife: Recife Antigo, Boa Viagem, os “Brennand”, Olinda, e como extra, os bairros próximos ao Recife Antigo (veja no mapa).

Aproveite as dicas e confira o que fazer na capital do frevo!

Melhores atrações para visitar em Recife
Cais do Porto e Marco Zero

Recife, Pernambuco: o que fazer, roteiro, onde ficar, dicas

[su_note note_color=”#edede0″ text_color=”#0c0b0b”] 

Roteiro em Recife:

  • Dia 1: Centro Histórico + fim de tarde no Rio Capibaribe
  • Dia 2: Manhã: Olinda + Tarde: Oficina Brenand e/ou Instituto Ricardo Brenand
  • Dia 3: praia da Boa Viagem
  • Dia 4: passeio em Porto de Galinhas (ou ida com 1 pernoite)
  • Dia 5: retorno de Porto de Galinhas 

[/su_note] 

Quantos dias?

Alegria e simpatia são tão pulsantes quanto o frevo na “Veneza Brasileira”, alcunha carinhosa de Recife por conta das pontes e dos rios Beberibe e Capibaribe, que se encontram por lá antes de desaguar no Atlântico.

3 dias é tempo de sobra para conhecer as principais atrações, e ainda aproveitar as delícias da culinária pernambucana.

Há quem faça um passeio bate-volta em Porto de Galinhas, mas a gente não recomenda. A vila tem praias incríveis, sem falar das famosas piscinas naturais, e merece uma visita com mais tempo.

Veja no mapa as regiões para visitar em Recife:

Melhores atrações para visitar em Recife

Como chegar em Recife: passagens aéreas, transfer, carro, e ônibus

O Aeroporto Internacional do Recife-Guararapes / Gilberto Freyre recebe voos diários de várias cidades do Brasil. Uma dica é conferir ofertas de passagem aérea para lá o Skayscanner ou no Passagens Promo.

O aeroporto fica perto da Boa Viagem, e a partir dele você tem as opções de transfer, táxi credenciado, ônibus (a linha 033 faz o trajeto até Boa Viagem), metrô (a Estação Aeroporto é acessada no portão B6 do desembarque) e Uber (na área de embarque).

De carro:

Através da BR-101, são cerca de 120 km a partir de João Pessoa (PB), e cerca de 270 a partir de Maceió (AL), estados vizinhos. Se precisar alugar um carro, compare preços das locadoras no Rentcars.com, pois fica mais fácil de encontrar a melhor opção.

De ônibus:

A viação Progresso liga as capitais João Pessoa (PB), Natal (RN), Maceió (AL), Teresina (PI), Salvador (BA), São Luis (MA), além de várias outras cidades até a Recife.

A Rodoviária de Recife (TIP – Terminal Interestadual de Passageiros) fica distante do Aeroporto e da região da Boa Viagem, mas oferece ônibus e metrô. O metrô (R$3,20 jun/2018) é mais recomendado e liga a rodoviária ao aeroporto e à região central. O Uber funciona bem por lá e se quiser economizar, vá de metrô para o aeroporto e pegue um Uber de lá.

De transfer:

O serviço de transfer não é caro e dá para contratar com antecedência nesse link, com parcelamento. O serviço de ida e volta está disponível 24 horas por dia e o trajeto dura cerca de 30 minutos.

Onde ficar em Recife: Centro Histórico ou Boa Viagem?

>> Vantagem do Centro Histórico:

  • Perto das atrações e mais perto de Olinda;
  • Preços mais em conta.

>> Desvantagens do Centro Histórico:

  • Algumas ruas vazias após o horário comercial;
  • Mais insegurança;
  • Menor disponibilidade de hotéis.

>> Vantagens da Praia da Boa Viagem:

  • Maior movimentação, policiamento e segurança;
  • Maior número de hotéis e melhores opções;
  • Boa oferta de bares e restaurantes;
  • Proximidade com o Aeroporto.

>> Desvantagem da Praia da Boa Viagem:

  • Distante da maioria das atrações.

Conclusão: se você quer aproveitar a noite, a Praia da Boa Viagem se torna mais interessante. Se a ideia é curtir mais o dia, o Centro Histórico pode ser uma boa ideia.

Nós escolhemos o Navegantes Praia Hotel, na Boa Viagem. É a opção mais em conta para ficar ao lado da praia (fica a 2 minutos), e na região mais próxima do centro, ou seja, mais para o início da orla. O hotel tem quartos confortáveis, ar condicionado, café da manhã e ótimo atendimento.
Confira nosso artigo contando mais detalhes e como foi se hospedar no Navegantes Praia Hotel.

Navegantes Praia Hotel (www.navegantespraiahotel.com.br)

Rua dos Navegantes, 1997 – Boa Viagem | 81 3326.9609 | WhatsApp: 81 99922-7185

Confira mais ofertas de hospedagem aqui na Booking.com.

Dicas:

Para comprar bolo de rolo perto do Navegantes Praia Hotel, a dica é a Padaria Boa Viagem, na orla, que vende peças por quilo. Outros lugares legais são a Casa da Cultura e a Casa de Frios, mas você também encontra no Aeroporto, só que bem mais caro.

Se visitar Recife durante o mês de junho e quiser aproveitar os festejos juninos, a dica é o Sítio Trindade, no bairro Casa Amarela. Tem shows nacionais e regionais, quadrilha, comidas típicas e entrada gratuita.

O que fazer em Recife: melhores pontos turísticos no centro

Recife Antigo ou Bairro do Recife

Ir ao Recife e não visitar o Bairro do Recife é como ir a Roma e não ver o Papa! O Centro Histórico reúne algumas ruas e construções que estão entre as mais antigas do Brasil. É cercado pelo Rio Capibaribe e pelo oceano, e o melhor, super fácil de ser visitado a pé.

O tempo gasto vai depender se você vai entrar ou não nos 4 principais museus dali. Um turno é suficiente para uma visita rápida, mas se tiver o dia todo, destine o restante do tempo para visitar os museus.

Comece pela Praça Rio Branco, onde está o Marco Zero. Fica no Cais do Porto, uma área movimentada, muito por conta dos bares e restaurantes que ficam nos armazéns do porto. E claro, por causa da vista.

Se não quiser se preocupar com o roteiro, confira esse city tour em Recife e Olinda, que inclui transporte e guia e visita as principais atrações.

Melhores atrações para visitar em Recife
Marco Zero no Recife Antigo, e prédio da Caixa Cultural ao fundo
Melhores atrações para visitar em Recife
Parque das Esculturas visto do Cais

Em frente estão o letreiro colorido “Recife” e Centro de Artesanato de Pernambuco, que tem obras de artistas de todo o estado com preços bons.

Lá no mar está o Parque das Esculturas de Francisco Brennand. A visita é gratuita e basta fazer a travessia com os barqueiros que ficam por ali. Leva menos de 5 minutos e custa R$ 5 ida e volta (jul/2021).

Melhores atrações para visitar em Recife
Cais do Porto visto do Parque das Esculturas

Atrações próximas do Marco Zero

Atravesse a rua em direção ao prédio da Caixa Cultural Recife, que tem exposições gratuitas, e depois, siga pela rua do Bom Jesus (antiga Rua dos Judeus), uma das mais antigas, e repare nos antigos trilhos dos bondes.  Você vai passar por:

Embaixada de Pernambuco – Bonecos Gigantes de Olinda (R$15), exposição dos famosos bonecos que são sucesso no Carnaval.

Melhores atrações para visitar em Recife: Embaixada dos Bonecos Gigantes
Embaixada dos Bonecos Gigantes
Melhores atrações para visitar em Recife
Embaixada voltada para figuras icônicas e folclóricas

Sinagoga Kahal Zur Israel, a mais antiga das Américas.

Melhores atrações para visitar em Recife
Rua dos Judeus (Rua do Bom Jesus)

Museu a Céu Aberto, ruínas ao ar livre de baluarte e muralha de pedra dos tempos da defesa contra a invasão dos holandeses no Nordeste.

Logo adiante está a Praça do Arsenal, e no seu entorno estão:

Torre Malakoff, que tem atividades culturais e exposições.

Caixa Cultural, que além de ficar em um prédio restaurado muito bonito, tem exposições interessantes.

Melhores atrações para visitar em Recife: Museu Paço do Frevo
Exposição na Caixa Cultural

Embaixada de Pernambuco (R$15), com figuras icônicas e folclóricas como Lampião e Maria Bonita, Caboclos de Lança do Maracatu, Passista de Frevo, Boi do Carnaval, e outros em tamanho real, além de apresentações de frevo.

Museu Paço do Frevo (R$ 8), super legal e colorido, contando em detalhes toda a história do ritmo pernambucano. Ah, no térreo tem uma cafeteria MARA.

Melhores atrações para visitar em Recife: Museu Paço do Frevo
Museu Paço do Frevo

Bem perto, na orla, está o Museu Cais do Sertão (R$8), que é imperdível. Interativo, mostra um pouquinho do sertão, os costumes do sertanejo, moradia, forma de vida, alimentação, cultura, com destaque para a música e a vida de Luiz Gonzaga.

Melhores atrações para visitar em Recife: Museu Cais do Sertão
Museu Cais do Sertão

Dicas para economizar:

Apresentando o ingresso do Cais do Sertão no Paço do Frevo ou vice-versa você paga meia.
Comprando o ingresso casado das duas Embaixadas você paga R$ 25.

Confira no mapa onde estão essas atrações de Recife.

Melhores atrações para visitar em Recife
Veja como fica tudo perto!

Passeio no Rio Capibaribe

Uma opção bastante procurada é o passeio de catamarã (R$ 55) ou barquinho (R$ 35) pelo Rio Capibaribe ao entardecer.

Além de ver o pôr do sol, dá para ver a antiga Casa de Banhos e vários prédios históricos por outro ângulo. Dura pouco mais de 1 hora e passa por baixo das famosas pontes do Recife Antigo.

Um opcional é vista linda do fim de tarde no Marco Zero, que também fica legal no pôr do sol, quando turistas e locais realçam o colorido dali.

Melhores atrações para visitar em Recife
Recife vista do barco no Rio Capibaribe

Outras atrações na região do Recife Antigo

Se tiver mais tempo para visitar a região do Recife Antigo, perto do Cais de Santa Rita, nos bairros São José e Santo Antônio, outros pontos legais são o Mercado de São José, o mais antigo do Brasil, em funcionamento desde 1875, e a Casa da Cultura, que fica na antiga Casa de Detenção de Recife e hoje é um mercado de artesanato local.
Por ali também estão a bela Capela Dourada, o Pátio de São Pedro, outras igrejas muito visitadas e o Museu da Cidade do Recife, entre outros.

O que fazer em Recife: Praia da Boa Viagem

Com 7 quilômetros de extensão, a Praia da Boa Viagem é muito bonita, toda cheia de coqueiros, com ciclovia, calçadão e quiosques espalhados, onde você não pode deixar de tomar uma água de coco a R$ 3.

Pena que o alto risco de ataques de tubarão impede o banho. Então o legal é caminhar pela orla, e o melhor horário para isso é o fim de tarde. O sol não se põe no mar, mas mesmo assim o horizonte fica com uma tonalidade linda.

A área mais badalada da praia fica no começo da orla para quem vem do Recife Antigo (parte conhecida como Pina), onde tem mais bares e restaurantes. Nós ficamos hospedadas por ali, mas sinceramente, esperava mais dessa “badalação”.

Melhores atrações para visitar em Recife: praia da Boa Viagem
Praia da Boa Viagem durante o entardecer
Melhores atrações para visitar em Recife: praia da Boa Viagem
Durante o dia na Boa Viagem

Outros pontos de interesse nessa região são a Ferinha da Boa Viagem e o Parque Dona Lindu, projetado por Oscar Nyemayer. Um turno é suficiente para conhecer tudo.

Olinda: pontos turísticos para visitar em uma manhã

Olinda, tombada como Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco, também pode ser visitada em um turno, manhã ou tarde. Nós circulamos por mais tempo por ali, afinal, são dezenas de pontos de interesse como casarões antigos, ladeiras, museus, igrejas e quisemos conferir tudo.

Mas vou te dizer por que não valeu a pena: muitas igrejas estão em reforma, ou ficam fechadas, ou são simpáticas, mas muito simples. Vale a pena ser mais objetivo e focar no que realmente importa.

Para isso, comece pelo Convento de São Francisco (R$ 2), pouco antes do Alto da Sé. A construção do século XVI é interessante e seu interior é todo rebuscado, com entalhes em madeira que valem a visita, e ainda tem um grande acervo de azulejos portugueses.

Siga para o Alto da Sé, onde estão as famosas tapioqueiras e o Mercado de Artesanato da Sé. Visite a Catedral Metropolitana de São Salvador do Mundo ou simplesmente, Catedral da Sé. Além do interior bonito, a igreja dá acesso a um mirante com vista para o mar que é ponto clássico para fotos.

Se quiser uma vista 360º, suba no Mirante Caixa D’ Água (R$ 8), quase em frente.

Melhores atrações para visitar em Recife: Olinda
Catedral da Sé vista do Mirante da Caixa D’água

Continue pela mesma rua Bispo Coutinho até o Museu de Arte Sacra de Pernambuco (R$ 5), a Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda (R$ 15) e a Igreja da Misericórdia.

Desça a Ladeira da Misericórdia passando pelo Quatro Cantos, ponto emblemático cheio de casarios antigos, pelo Mercado da Ribeira, o antigo mercado de escravos que hoje é cheio de lojinhas de artesanato, pelo Museu do Mamulengo (R$10), finalizando no Mosteiro São Bento. A construção imponente tem um magnífico altar-mor em cedro todo folheado a ouro, com cerca de 28 quilos. Assim você finaliza a visita no ponto máximo, mas se preferir, pode seguir, já na beira-mar, até a Praça do Carmo, onde estão a Igreja de mesmo nome, e o letreiro “Olinda”.

Melhores atrações para visitar em Recife: Olinda
Uma das ladeiras cheia de casinhas coloridas

Durante o passeio você passará por alguns restaurantes, incluindo o famoso Beijupirá, mas um lugar bom e barato logo após o Mosteiro é o Barrio Café e Bar.

Confira nosso post com mais detalhes sobre Olinda.

Confira no mapa as atrações em Olinda:

Melhores atrações para visitar em Recife: Olinda
Esse é o circuito citado, mas você pode “desviar” para as ladeiras

Os “Brennand”

No bairro Várzea, distante pelo menos uns 45 minutos (sem trânsito) do Recife Antigo ou da Boa Viagem, estão a Oficina Cerâmica Francisco Brennand e o Instituto Ricardo Brennand.

A Oficina Francisco Brennand (R$ 20 o ingresso inteiro) tem jardins projetados por Burle Max e centenas de peças de um dos maiores mestres ceramistas do mundo, o pernambucano Francisco Brennand, algumas a céu aberto, outras distribuídas em espaços fechados. O lugar imponente impressiona. É impossível não sair de lá boquiaberto, mas eu sou suspeita para falar porque adoro cerâmica. Com certeza é um dos pontos turísticos mais legais de Recife.

Melhores atrações para visitar em Recife: Oficina Brennand
Oficina Francisco Brennand
Melhores atrações para visitar em Recife: Oficina Brennand
Suas características são inconfundíveis!

Já o Instituto Ricardo Brennand (R$ 30 o ingresso inteiro), distante uns 7 quilômetros, é um castelo que guarda um dos maiores acervos de armas brancas do mundo (incluindo espadas de antigos reis egípcios), além de artes plásticas, tapeçaria e outras obras do colecionador Ricardo Brennand.

Os lugares são excepcionais, mas o ponto negativo é que o bairro não tem outras atrações e os pontos de ônibus ficam distantes. Se você estiver com carro alugado, facilita, mas fomos de Uber (cerca de R$ 30 cada trecho).

Tour de bicicleta por São Paulo

Se você não tiver tempo suficiente para visitar, já dá para ter uma amostra no Parque das Esculturas Francisco Brennand, no Recife Antigo.

Porto de Galinhas: bate-volta ou pernoite

A vila de Porto de Galinhas é conhecida por suas piscinas naturais e aparece na lista de praias mais bonitas do Brasil.

É distrito de Ipojuca e fica a apenas 60km de Recife. Por isso, muitos fazem tour bate-volta lá, mas eu só recomendo para quem não tem tempo meeesmo. Isto por que Porto de Galinhas merece pelo menos uns 3 dias de visita. As praias de Muro Alto, Cupe e Pontal do Cupe, Maracaípe e Pontal de Maracaípe são realmente incríveis.

Confira nosso guia completo para visitar Porto de Galinhas e conheça as praias, descubra como chegar e onde se hospedar.

Se quiser fazer um tour de um dia, reserve seu passeio de 8 horas com transporte e guia com antecedência e parcelamento em até 10x com nosso parceiro Easy Travel Shop.

Praia de Muro Alto em Porto de Galinhas
Pontal do Cupe

Praia dos Carneiros

Outro passeio de dia inteiro muito procurado em Recife é o da Praia dos Carneiros, famosa pela paisagem única formada pela capelinha de São Benedito e a orla cheia de coqueiros.

A praia fica em Tamandaré, a uma distância de cerca de 100km de Recife, e os passeios de van para lá vão para passar o dia. Há opções de contratar passeios opcionais de barco ou mergulho e você pode reservar o tour nesse link.

Praia dos Carneiros, Pernambuco

Restaurantes em Recife

Na praia da Boa Viagem, vá ao famoso Restaurante Parraxaxá. O restaurante de comidas típicas nordestinas em buffet self-service é perfeito para quem quer experimentar um pouquinho de casa coisa – como eu – em quantidades pequenas.

No Recife Antigo, vale a pena visitar Restaurante Leite, o mais antigo em funcionamento do Brasil, aberto em 1882.

Se preferir algo mais despojado, vá em algum dos bares e restaurantes no Armazém do Cais do Porto, perto do Marco Zero. Ali tem algumas opções com mesas internas ou externas e um clima bem descontraído.

Melhores atrações para visitar em Recife
Sim, misturei Carne de sol na nata, Arroz da terra, farofa de manteiga, purê de macaxeira, purê de banana, Siri ao coco e carne de sol no molho de café. E isso foi só o primeiro prato! 🙂

Leia também:

Tudo sobre o São João de Caruaru, interior de Pernambuco

O que fazer em Maceió, Alagoas

O que fazer em Salvador, Bahia

O que fazer em Natal, Rio Grande do Norte

Espero que esse roteiro auxilie na sua viagem para Recife. Conte para gente sobre sua viagem nos comentários!

por Camila Coubelle

 



Vida sem Paredes
Vida sem Paredeshttps://vidasemparedes.com.br/
Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa. Aqui você encontra muitas dicas, roteiros, guias de destinos incríveis pelo mundo. A gente divide nossas experiências para inspirar as suas.

6 COMENTÁRIOS

  1. […] A “Capital do Forró” fica no interior de Pernambuco, no coração do agreste nordestino, cerca de 130 quilômetros da capital Recife. […]

  2. […] Japaratinga. Na 1ª opção o trecho de estrada é menor. Também é possível chegar a partir de Recife, distante cerca de 130 quilômetros através da PE-060, em boas […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.