Início AMÉRICA DO SUL Natal, Rio Grande do Norte: o que fazer no paraíso das dunas

Natal, Rio Grande do Norte: o que fazer no paraíso das dunas

Natal, capital do Rio Grande do Norte, costuma aparecer na lista de desejos de viagens de muuuiita gente. Por isso, organizamos um guia completão com os melhores passeios na capital potiguar. Aqui você verá o que fazer na cidade, quantos dias ficar, melhor época, onde se hospedar e várias dicas.

Confira o que fazer em Natal!

  1. Roteiros
  2. Quando ir
  3. Onde é melhor se hospedar
  4. Passagem aérea e como sair do aeroporto
  5. O que fazer: praias
  6. Passeio de buggy
  7. Mergulho nos Parrachos de Maracajaú
  8. Praia de Pipa
  9. Centro Histórico e Mercado da Redinha
  10. Vida noturna | Restaurantes
natal rn
A praia de Ponta Negra com o Morro do Careca ao fundo é um dos cartões-postais de Natal RN.
natal dunas
As dunas de Genipabu são um verdadeiro paraíso, e o passeio de buggy no Litoral Norte visita essa atração, além de praias e lagoas.

Natal, Rio Grande do Norte: quantos dias ficar?

Eu recomendo pelo menos 4 dias completos para fazer os 3 principais passeios, que cobrem as melhores atrações da região, e um dia para curtir a Ponta Negra, a praia que é boa para banho em Natal.

Se quiser fazer passeios bate-volta ou pernoitar em lugares como Praia de Pipa, São Miguel do Gostoso ou Barra de Cunhaú, dedique de 7 a 8 dias inteiros.

O que fazer em Natal, RN: roteiro de 2 a 7 dias

(desconsiderando os dias de chegada e retorno)

  • Dia 1: dia na praia de Ponta Negra, com Morro do Careca e passeio de jangalancha até as piscinas de Alagamar | ou Centro Histórico de manhã e praia da Ponta Negra à tarde
  • Dia 2: praia de Maracajaú e Parrachos de Maracajaú
  • Dia 3: passeio de buggy Litoral Norte: dunas de Genipabu, lagoas Pitangui e Jacumã, atividades de aventura
  • Dia 4: passeio de buggy Litoral Sul: Rota do Sol e Pipa | ou esse tour de van em Pipa
  • Se tiver mais dias: faça a Rota do Sol de carro no dia 4 e durma em Pipa
  • Dia 5: praia de Pipa (veja nosso roteiro em Pipa)
  • Dia 6: praia de Pipa e retorno para Natal
  • Dia 7: esse passeio em Punaú ou passeio em São Miguel do Gostoso 

Quando ir à Natal

Natal é um destino que pode ser visitado durante o ano inteiro, mas entre março e julho há mais chances de chuva.

Os melhores meses vão de setembro a janeiro, e o verão é altíssima temporada. Se quiser visitar a cidade mais vazia, evite feriadões, Réveillon, Carnaval e o mês de janeiro, quando a movimentação é intensa.

natal rn
Centro de Turismo é um dos lugares para comprar artesanato, castanhas rendas e outros produtos locais em Natal.

Onde é melhor se hospedar em Natal: pousadas e hotéis por região

São basicamente duas regiões para se hospedar em Natal: na Ponta Negra, cuja escolha pode ser tanto no estilo pé na areia, quanto na parte moderna, nos prédios mais altos da Av. Engenheiro Roberto Freire; ou na Via Costeira, região indicada para quem curte resorts na praia, mesmo que ela não seja boa para banho.

Ponta Negra estilo beira-mar

Nós ficamos na Ponta Negra, em pousada estilo pé na areia e recomendamos. O ponto em que a gente ficou tinha acesso à praia, e estava muito perto da Avenida Engenheiro Roberto Freire (5 minutos a pé). Esta avenida é a principal da Ponta Negra, onde estão diversos restaurantes, a Feirinha da Ponta Negra, e os hotéis modernos.

Ficamos hospedadas no Residence Vespucci, que oferece flats mobiliados com cozinha, tem piscina com vista para o mar e café da manhã completo. Outras opções por ali são o Manary Praia Hotel, um 4 estrelas com a vantagem de ter restaurante, e o Kings Deluxe Beira Mar, que tem todas as comodidades a um preço mais em conta.

Mais perto do Morro do Careca, o Kristie Resort Natal Hotel e o Aquaria Natal Hotel, são duas opções de frente para a praia, com café da manhã e piscina.

Ponta Negra estilo moderno

Quem não se importa de andar 10 minutinhos para chegar na praia e prefere hotéis novos e confortáveis, com a vantagem de estar ao lado de excelentes restaurantes, pode dar preferências para as hospedagens da Avenida Engenheiro Roberto Freire, a principal da Ponta Negra.

Esta é a parte mais moderna do bairro. Duas boas escolhas são o Best Western Premier Majestic e o Natal Prime-Porto Imperial.

Um albergue com café da manhã e boa avaliação na Ponta Negra é o Sativa Hostel.

Resorts na Via Costeira

Essa região é para quem quer aproveitar mais as instalações da hospedagem, pois o mar em frente não é bom para banho.

Para quem pretende fazer os passeios durante o dia, e não se importa de ficar longe do agito noturno, a Via Costeira pode ser uma boa escolha. Será preciso jantar no próprio hotel, ou sair de táxi ou Uber à noite.

Confira dois 5 estrelas: o Ocean Palace All Inclusive Premium, com tudo incluso; e o Serhs Natal Grand Hotel & Resort, que tem pensão completa ou café e jantar inclusos. A opção só com o jantar é legal para quem vai fazer alguns passeios durante o dia e almoçar fora.

>> Confira mais ofertas de hospedagem em Natal.

Airbnb em Natal

A cidade tem boa disponibilidade de casas de temporada no Airbnb, e se for sua primeira reserva, use esse link para se cadastrar na plataforma e ganhar um desconto de R$ 350.

Passagem aérea para Natal

Natal recebe voos diretos do Rio de Janeiro, São Paulo, e algumas cidades do Nordeste, e voos com conexão a partir de diversos pontos do Brasil.

O Aeroporto Internacional de Natal – Gov. Aluízio Alves (NAT) fica em São Gonçalo do Amarante, cerca de 40 quilômetros da Ponta Negra. Você pode conferir ofertas de passagem aérea na ViajaNet ou Passagens Promo.

Como sair do aeroporto

De transfer

Os balcões das vans que oferecem transfer ficam no saguão de desembarque, perto das esteiras para retirada de bagagens. É possível contratar na hora, mas também é dá para reservar com antecedência no TourOn, com opções de parcelamento no cartão.

De táxi ou Uber

A empresa CoopCon Serviço de Táxi aceita cartão e cobra R$ 100 (mar/2020) até a Ponta Negra. O balcão fica no saguão de desembarque e funciona 24h.

Já a estimativa do Uber para o trajeto aeroporto/Ponta Negra vai de R$ 66 a R$ 93. Entretanto, vários amigos já relataram ter dificuldade em chamar um motorista no aeroporto.

De ônibus

A Linha R da empresa Trampolim da Vitória custa R$ 4,20 (mar/2020), passa no aeroporto e vai até o Shopping Midway Mall, onde é possível fazer integração com outras linhas que vão até a Ponta Negra. Confira os horários aqui.

De carro alugado

Quem decide alugar carro pode contar com o Google Maps, que funciona muito bem por lá. São duas opções de trajeto, passando por Macaíba, que tem trânsito menos congestionado, ou pela Ponte Newton Navarro e pela Via Costeira, beirando o litoral.

Vale a pena alugar carro?

Depende. Se a intenção conciliar Natal com outras cidades dos litorais Norte e Sul, vale a pena sim. Se o visitante pretende conhecer apenas Natal, e fazer um ou outro passeio bate-volta, não recomendo a locação. Os passeios buscam e levam no hotel, então o carro ficaria parado.

Nós alugamos um carro durante toda a viagem para percorrer a Rota do Sol, que vai da Ponta Negra até a Praia de Pipa. Esse trajeto corresponde ao passeio Litoral Sul e nós preferimos ter mais liberdade de parar nos mirantes e ficar uns dias em Pipa. Além disso, visitamos São Miguel do Gostoso, Perobas e os Parrachos de Maracajaú por conta própria. Nesse caso, valeu a pena.

Nós usamos o buscador online RentCars para encontrar o melhor serviço e preço entre as locadoras disponíveis.

ponte natal
A Ponte Newton Navarro dá acesso à Via Costeira e à Ponta Negra

Como chegar em Natal de ônibus ou carro

João Pessoa, na Paraíba, é a capital mais próxima de Natal, e as empresas de ônibus que ligam as duas cidades são a viação Progresso e a viação Nordeste, sendo que esta última também faz a rota a partir de Juazeiro do Norte (CE).

A Progresso também liga Recife (PE) a Natal. A viação Gontijo vai de Maceió (AL) e Salvador (BA) até a capital potiguar, e a Expresso Guanabara ou Nordeste leva os passageiros vindos de Fortaleza (CE).

A Rodoviária de Natal fica a 12km da Ponta Negra.

Quem viaja de carro usa a BR-101 a partir de João Pessoa e Recife, e a BR-304 a partir de Fortaleza.

O QUE FAZER EM NATAL: PRAIAS E PONTOS TURÍSTICOS

Natal, RN, tem praias incríveis e muitos passeios para os litorais norte e sul.

> Praias de Natal: Ponta Negra

A Ponta Negra é o principal balneário de Natal e um dos cartões-postais da cidade. A praia é extensa, com cerca de 4km e em alguns pontos existe uma barreira de pedras, para evitar a erosão.

Em outros pontos há decks de madeira, letreiro da cidade, e, no canto direito, o Morro do Careca, um dos pontos mais famosos. O mar é mais calmo, com poucas ondas justamente nesse canto do morro.

A praia tem barracas ao longo de toda a sua extensão e a maioria cobra uma consumação mínima em torno de R$ 50 para usar cadeiras e guarda-sol.

ponta negra natal
A Ponta Negra tem 4km de extensão, e no canto direito onde está o Morro do Careca, o mar é mais calmo.
morro do careca natal
Morro do Careca, no canto direito da praia de Ponta Negra, onde o mar é mais calmo.

Passeio nas piscinas naturais de Alagamar

Essa praia fica atrás do Morro do Careca, em território da Aeronáutica. O passeio de lancha, conhecido como “Jangalancha”, dura cerca de 1 hora e vai até as piscinas naturais, sem ondas e rasinhas, conhecidas pelos peixinhos e tartarugas.

O embarque e desembarque é feito ali perto do Morro do Careca e o preço é R$ 65 (mar/2020) por pessoa, com opção de pagamento no cartão. A reserva é feita na lojinha próxima ao ponto de embarque, na orla.

Outras praias de Natal

A praia do Forte, onde está o Forte dos Três Reis Magos (atualmente fechado para reforma), a praia dos Artistas, a praia de Miami, a praia da Redinha e praia do Meio são outras opções em Natal, mas costumam estar impróprias para banho.

Confira o boletim de balneabilidade.

> Passeio de buggy Litoral Norte: dunas de Genipabu

O tour nas dunas de Genipabu é praticamente um passeio obrigatório em Natal, pois o conjunto de dunas móveis e fixas é realmente incrível.

O tour custa em média R$ 150, dura 6 horas e o buggy pega e leva no hotel, percorrendo toda a Via Costeira, passando pela ponte Newton Navarro e por diversos mirantes, dunas e lagoas.

O roteiro é o mesmo e segue a seguinte ordem de atrações:

  • Mirante da Lagoa de Genipabu (não pode entrar)
  • Praia de Genipabu (a ponta direita é a do clique famoso)
  • Dunas fixas de Genipabu
  • Balsa para atravessar o Rio Ceará-Mirim (R$ 40 pagos a parte – set/2020)
  • Dunas e Lagoa de Pitangui (SUP, caiaque, redes, tirolesa, música ao vivo, mas bastante cheia)
  • Dunas Douradas
  • Dunas móveis de Jacumã (onde o bugueiro faz manobras “com emoção”)
  • Lagoa do Rio Pratagi (opcional, peça para ficar mais tempo aqui, diminuindo o tempo da lagoa anterior, pois é um lugar muito agradável, vazio, com redes dentro d’água e caipirinha de seriguela deliciosa por R$ 15!)
  • Lagoa Jacumã (atividades de aventura: sky-bunda, aero-bunda [a tirolesa portiguar], e kamikaze, pagos a parte, R$ 15 cada – set/2020)
  • Praia de Porto Mirim ou Jacumã (para banho de mar e almoço pago a parte)

Como contratar o tour de buggy

O tour pode ser contratado no seu hotel, nas agências da Ponta Negra, ou antecipadamente no TourOn, onde dá para parcelar. Não confunda com o tour a Genipabu, que vai de van até a praia. Nessa opção, será preciso contratar um buggy a parte para levar nas dunas, e o passeio completo é muito mais legal.

buggy natal
A Lagoa Pitangui é um oásis em meios às dunas de Genipabu
passeio lagoas natal
O Rio Pratagy é um dos paraísos do Litoral Norte

> Parrachos de Maracajaú: o melhor mergulho em Natal

Esse é outro atrativo procuradíssimo em Natal. Os parrachos são piscinas naturais formadas no meio do oceano, nesse caso a 7km.

A praia de Maracajaú (município de Maxaranguape) fica a cerca de 75km da Ponta Negra, é rústica e cercada de coqueiros. Lá, as lanchas ou catamarãs levam até uma plataforma flutuante que é ponto de apoio para o mergulho de snorkel ou cilindro, sempre durante a maré baixa. As plataformas têm bar e tudo!

As agências vendem o pacote com transporte de van e o passeio de lancha incluso, é possível reservar com antecedência aqui. Nesse caso, o tour dura o dia todo e o restante do tempo é aproveitado na praia de Maracajaú.

No entanto, quem está de carro pode ir por conta própria ou passar na ida ou volta de São Miguel do Gostoso, Touros ou outras cidades do litoral Norte. Nesse caso, compre só o ingresso para a embarcação nas operadoras como a Maracajaú Diver e a Parrachos Praia Clube (onde nós compramos).

parrachos natal
Os passeios nos parrachos contam com plataformas flutuantes de apoio.
mergulho natal
O mergulho de snorkel nos parrachos é um dos programas imperdíveis em Natal.

Parrachos de Perobas

Uma alternativa também muito procurada, a praia de Perobas fica a 90km da Ponta Negra, no município de Touros. Ela rústica e vazia, com algumas barracas legais, como o Restaurante do Vozinho, que nós conhecemos a caminho de Gostoso.

Os parrachos de Perobas são mais rasinhos e transparentes, com menos vida marinha. Reserve o passeio com antecedência aqui.

> Passeio de buggy Litoral Sul: Rota do Sol e Praia da Pipa

Esse tour percorre a Rota do Sol e passa por várias praias, como a dos Búzios e a de Pirangi, com parada no Maior Cajueiro do Mundo (R$ 8 – set2020).

Outras praias visitadas são a Barra de Tabatinga e a Camurupim, além das Lagoas de Arituba e Guaraíras. Nessa última, é preciso atravessar de balsa (R$ 60 – set/2020) para Tibau do Sul, onde o passeio segue até a Praia de Pipa. Fazem paradas nos mirantes das praias de Cacimbinhas, Golfinhos e Chapadão, já em Pipa. O passeio custa R$ 150 e acontece de 9h às 16h.

Se você é do tipo que não gosta de passeio corrido, saiba que Pipa merece mais tempo e dá pena passar em praias tão bonitas e não entrar no mar. Nós preferimos alugar um carro para percorrer o trajeto com calma, parando nos diversos mirantes e nas praias, que são muito bonitas.

Em Pirangi, onde fica o cajueiro, também há passeios de lanchas para os Parrachos de Pirangi (R$ 55). Enfim, vale a pena dedicar um dia para a Rota do Sol e ficar pelo menos uma noite em uma das praias mais bonitas do Brasil. Confira nosso guia completo para visitar a Praia de Pipa.

Se não puder ficar uns dias em Pipa, prefira esse passeio de van, que vai pela rodovia, pula as praias do litoral sul, mas dedica mais tempo a Pipa.

praia de pipa
Mirante da Cacimbinhas na Praia de Pipa
cajueiro pirangi
Cajueiro de Pirangi, na Rota do Sol, é o maior do mundo

> Centro Histórico e Mercado da Redinha

Algumas atrações interessantes do Centro Histórico de Natal são o Museu Câmara Cascudo, o Museu Café Filho, a Igreja do Galo (Ig. de Santo Antônio), o Beco da Lama, o bairro da Ribeira, onde a cidade “começou”, e o Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte.

A Praia do Forte e Forte dos Três Reis Magos, que é o marco de fundação da cidade de Natal, em 1599, são dois pontos importantes, mas o forte está fechado para reforma (mar/2020).

Os dois lugares que eu considero imperdíveis são o Centro de Turismo de Natal, que tem artesanato local, castanhas, rendas e obras de artesãos nordestinos, tudo com preço bacana; e o Mercado da Redinha, na praia de mesmo nome. Ali tem barracas e restaurantes de pescadores, e vale uma parada para comer ginga com tapioca. Ginga é um peixinho pequeno que parece o lambari (de Minas), ou o pititinga (da Bahia), uma iguaria potiguar.

Eu aconselho não visitar esses pontos por conta própria, mas sim com essa experiência do Airbnb, que tivemos a sorte de encontrar. O passeio inclui transporte e guia, passa por diversos pontos da cidade (no turno da manhã), e é capaz de cobrir tudo que importa com conforto e segurança. Se for sua primeira reserva na plataforma, cadastre-se aqui e ganhe desconto.

O que fazer em Natal à noite: 

O forró tradicional mais procurado por quem visita Natal é “Forró com Turista”, que acontece há mais de 30 anos, todas as quintas, no Centro de Turismo. O evento tem repentista, professores de dança, muita interação, trio de forró e muito xote, xaxado e baião. Como o local fica distante da Ponta Negra, uma opção é contratar o passeio para lá nesse link.

E para um forró pé de serra, vá na Feirinha de Artesanato de Ponta Negra nas noites de sexta e sábado. Ou no Rastapé Casa de Forró.

Onde comer em Natal

As especialidades de Natal são camarão, caranguejo e frutos do mar em geral. Aliás, para quem não sabe, “potiguar” significa “comedor de camarão” na língua indígena local.

A vida noturna na Ponta Negra acontece na Av. Engenheiro Roberto Freire, e não na orla. Lá – ou nos arredores – estão diversos bares e restaurantes, incluindo dois famosos: Camarões e Mangai.

Além deles, uma opção legal para comer comida nordestina é o Tábua de Carne. O Taverna Pub Medieval é para quem quer curtir uma noite com cervejas artesanais, drinks e show.

Nós fomos em um lugar muuuito legal com amigos que moram em Natal, e apesar de ficar a 10km da Ponta Negra, não poderia deixar de recomendar.

O Meu Barraco Boteco Bistrô tem os melhores drinks e comidinhas, em um ambiente descolado e com música boa. Não é turístico, fica escondido e foi uma grata surpresa que só poderíamos descobrir através de quem mora lá. Se tiver a oportunidade, chame um Uber e não perca!

o que fazer em natal rn
Carne de sol na nata, com queijo coalho, feijão de corda e crispy de mandioca é uma das delícias do Meu Barraco Boteco Bistrô
Camarao natal
Camarão é um dos carros-chefe de Natal, são muitos restaurantes especializados no prato.

O que fazer no Rio Grande do Norte e no Nordeste:

O que fazer em São Miguel do Gostoso (RN)

Guia completo para a Praia de Pipa

O que fazer em Porto de Galinhas (PE)

Roteiro em Praia do Forte, Bahia

E aí, curtiu nossas dicas de Natal? Conta pra gente nos comentários, e recomende esse artigo para quem tem vontade de conhecer.

por Camila Coubelle

Resolva sua viagem aqui
OFERTAS DE HOSPEDAGEM no mundo inteiro com reserva rápida e segura, opções de cancelamento gratuito e pagamento só no check-in com a Booking.com.
ALUGUEL DE CARRO em até 10x no cartão, sem IOF, ou com 5% de desconto no boleto. Compare preços das locadoras no buscador Rentcars.com.
COTAÇÃO DE SEGURO VIAGEM em até 12x ou com desconto no boleto. Compare preços de várias seguradoras no Seguros Promo, já com nosso cupom de desconto VIDASEMPAREDES5 aplicado.
VOCÊ GANHOU R$350 em créditos de viagem para usar na primeira reserva no Airbnb.
PASSAGEM AÉREA em promoção e até 12x no Viajanet, ou com até 25% OFF e 6x no Passagens Promo.
CHIP DE INTERNET com plano de dados para mais de 100 países e conexão ilimitada com a EasySim4U ou a Viaje Conectado.
INGRESSO antecipado para atrações, eventos, passeios e transfer no mundo inteiro com melhor preço, comodidade e segurança com a GetYourGuide ou a TourOn.
Ao reservar com nossos parceiros nos links citados acima, recebemos uma pequena comissão. Você garante os melhores serviços e preços, não paga a mais por isso e ainda ajuda a gente a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3



As dicas do vida sem paredes te ajudaram?

Então fale com a gente no FACEBOOK, no INSTAGRAM, no PINTEREST ou no YOUTUBE.
Vida sem Paredeshttps://vidasemparedes.com.br/
Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa. Aqui você encontra muitas dicas, roteiros, guias de destinos incríveis pelo mundo. A gente divide nossas experiências para inspirar as suas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.