Início AMÉRICA DO SUL Museu do Holocausto de Curitiba: saiba como visitar

Museu do Holocausto de Curitiba: saiba como visitar

Com um acervo em homenagem às vítimas do nazismo, o Museu do Holocausto de Curitiba é o único do gênero no Brasil e uma das mais importantes fontes de pesquisa e memória sobre o genocídio.

Mais do que mostrar as atrocidades sofridas pelos judeus na Segunda Guerra Mundial, o museu traz ao visitante reflexões sobre o ocorrido, através de histórias dos sobreviventes, imagens da época, vídeos e documentos.

Nós visitamos o Museu do Holocausto e ficamos impressionadas com o tamanho do acervo e como as histórias são contadas. É realmente uma visita imperdível para quem se interessa pelo tema e, principalmente, para jovens e estudantes, que precisam reconhecer os horrores da guerra para que eles não voltem a acontecer.

Neste artigo nós vamos te ajudar a programar uma visita ao Museu do Holocausto de Curitiba. Leia até o final e veja como chegar e com o que conciliar o passeio, ou navegue pelo post:

  1. Museu do Holocausto: história
  2. Acervo
  3. Por que visitar
  4. Preço e funcionamento
  5. Como chegar
museu do holocausto curitiba
Área externa do Museu do Holocausto, único ponto que pode ser fotografado

 

Museu do Holocausto de Curitiba
Museu do Holocausto de Curitiba é o único do gênero no Brasil | Crédito: Maringas Maciel/ Museu do Holocausto de Curitiba

>> Confira passagens aérea em oferta na MaxMilhas e no Passagens Promo <<


Museu do Holocausto de Curitiba: um breve histórico

Antes de falarmos sobre o Museu, é válido entender o que foi o holocausto e como se deram as mortes de milhões de judeus na Europa entre os anos 30 e 40.

Também conhecido como Shoá (em Hebraico), o holocausto foi o assassinato em massa de mais de seis milhões de judeus e outros povos durante a Segunda Guerra Mundial, sob a liderança de Adolf Hittler e do Partido Nazista alemão.

A causa sustentada pelos nazistas era de que estas pessoas não eram arianas (brancos puros) e, então, deveriam ser exterminadas. Os judeus eram tirados de suas casas e levados a campos de concentração, onde eram executados de várias formas, mas a mais conhecida foi o envenenamento em câmaras de gás.

Hoje, existem no mundo vários museus que contam os capítulos desse triste período e traz à tona histórias de sobreviventes. É o caso do Museu do Holocausto de Curitiba, o único sobre o tema no Brasil.

Fundado em 2011, o museu de Curitiba se tornou uma importante ferramenta na luta contra o ódio, a intolerância e o racismo, por mostrar em suas exposições relatos e informações sobre este período tão obscuro de nossa história.

O prédio do museu está localizado no complexo da nova sinagoga Beit Yaacov e ao lado do Centro Israelita do Paraná.


>> Leia também: o que fazer em Curitiba <<


Como é o acervo do Museu do Holocausto de Curitiba

Com uma exposição permanente e interativa, o Museu do Holocausto tem uma função extremamente educativa. Ao transmitir as informações de forma didática e em uma linguagem tecnológica impactante, o espaço mostra os acontecimentos da guerra através de histórias sobre aqueles que pereceram sob o comando de Hitler, e também de pessoas que sobreviveram aos campos de concentração. Algumas, inclusive, migraram para o Brasil.

São 56 objetos expostos e cerca de 300 fotos e vídeos. Há cartazes de propagandas nazistas, depoimentos em áudio, peças de roupas e outros artigos doados por outros museus no mundo e por pessoas que tiveram suas vidas ligadas ao holocausto.

Como o museu recebe doações de documentos e fotos até hoje, nem tudo está em exposição. Parte do acervo pode ser visto digitalmente no final da visita ou em exposições temporárias.

Museu do Holocausto de Curitiba
O acervo transmite as informações de forma didática e em uma linguagem tecnológica impactante | Crédito: Maringas Maciel/ Museu do Holocausto de Curitiba

 

Museu do Holocausto de Curitiba
No acervo há cartazes de propagandas nazistas, depoimentos em áudio, peças de roupas e outros artigos | Crédito: Maringas Maciel/ Museu do Holocausto de Curitiba

Por que visitar o Museu do Holocausto?

O que faz do Museu do Holocausto de Curitiba uma visita de extrema importância é a maneira como os fatos são contados. A ideia é que o visitante saia da exposição sensibilizado e refletindo sobre o mundo em que vivemos, sobre as questões sociais que envolvem o nosso país e, principalmente, sobre as relações humanas, preconceito e intolerância.

O que vale a pena no Museu do Holocausto é enxergar aqueles indivíduos que sofreram todo tipo de abuso no passado de uma forma mais próxima e sentir empatia por essas dores. Isso nos torna mais resilientes e mais humanos. E esta é uma das propostas do museu.

Museu do Holocausto de Curitiba
A visita ao museu é impactante e nos leva a refletir | Crédito: Maringas Maciel/ Museu do Holocausto de Curitiba

>> dicas infalíveis para fazer o passeio de trem Curitiba x Morretes <<


Museu do Holocausto em Curitiba: valor e funcionamento

A visita ao Museu é gratuita, mas é preciso ser agendada com, no mínimo, dois dias de antecedência pelo site. As visitas guiadas também são de graça e acontecem aos domingos.

 

Funcionamento

  • Segunda, terça e quarta: de 8h30 às 11h30 e de 14h30 às 17h30
  • Sexta: 8h30 às 11h30
  • Domingo: 9h às 12h
  • Quinta e sábado: fechado

Observações

– A visita é permitida apenas para maiores de 12 anos.

– O Museu conta com rampas e elevadores para o acesso de pessoas com mobilidade reduzida e disponibiliza cadeira de rodas, se solicitada com antecedência.

– Para entrar, o visitante deve apresentar o mesmo documento utilizado no agendamento online.

– Na entrada é preciso passar por um detector de metais.

– Não é permitido tirar fotos ou filmar dentro do Museu. As fotos deste artigo foram cedidas pela diretoria do Museu.

Como chegar no Museu do Holocausto

O museu fica na Rua Cel. Agostinho Macedo, 248, no bairro Bom Retiro. De transporte público, as linhas que param nas proximidades são:

  • Ônibus – 180 ÁGUA VERDE / ABRANCHES
  • Ônibus – 182 ABRANCHES
  • Ônibus – A06 CTBA / TAMANDARÉ (MINÉRIOS)
  • Ônibus – L71 CTBA / RIO BRANCO DO SUL

No entanto, a melhor maneira de chegar é de táxi ou carro por aplicativo. Para se ter uma ideia, a corrida de Uber do Largo da Ordem até o Museu do Holocausto custa menos de R$ 5. Saindo do Jardim Botânico de Curitiba, a trajeto sai por menos de R$ 12.

 

Se precisar de um carro para visitar Curitiba, faça um comparativo entre as locadoras no Rentcars.com. Você pode encontrar várias ofertas e ainda pagar em até 12x. Vale a pena se você estiver com um grupo de até 5 pessoas e for visitar cidades próximas como Prudentópolis e o Parque Estadual de Vila Velha.


>> RESERVE aqui seu City Tour em Curitiba <<


 

Passeios para conciliar:

O tour no Museu do Holocausto Curitiba dura pelo menos duas horas (ou mais se quiser ver tudo com calma) e ainda é possível fazer vários passeios em Curitiba antes ou depois da visita. O museu fica próximo ao centro cívico e é fácil de chegar no Bosque do Papa e no Museu Oscar Niemeyer.

A Ópera de Arame está a menos de 10 minutos de carro e alguns parques de Curitiba, como o Bosque Alemão e o Parque Tanguá, são ótimos passeios para conciliar.

Veja também as nossas indicações de restaurantes em Curitiba para fazer um intervalinho entre as atrações.

Outras atrações no Sul do Brasil

Vale dos Vinhedos (RS): guia completo para visitar a região

Roteiro completo em Foz do Iguaçu, Paraná

O que fazer em Florianópolis, Santa Catarina

O Museu do Holocausto de Curitiba é um dos importantes mecanismos que temos hoje em dia para conhecer mais sobre o passado da humanidade e tentar evitar que erros aconteçam novamente. Coloque já no seu roteiro pela capital do Paraná.

por Nange Sá

Resolva sua viagem aqui
OFERTAS DE HOSPEDAGEM no mundo inteiro com reserva rápida e segura, opções de cancelamento gratuito e pagamento só no check-in com a Booking.com.
ALUGUEL DE CARRO em até 10x no cartão, sem IOF, ou com 5% de desconto no boleto. Compare preços das locadoras no buscador Rentcars.com.
COTAÇÃO DE SEGURO VIAGEM em até 12x ou com desconto no boleto. Compare preços de várias seguradoras no Seguros Promo, já com nosso cupom de desconto VIDASEMPAREDES5 aplicado.
VOCÊ GANHOU R$350 em créditos de viagem para usar na primeira reserva no Airbnb.
PASSAGEM AÉREA em promoção e até 12x no Viajanet, ou com até 25% OFF e 6x no Passagens Promo.
CHIP DE INTERNET com plano de dados para mais de 100 países e conexão ilimitada com a EasySim4U ou a Viaje Conectado.
INGRESSO antecipado para atrações, eventos, passeios e transfer no mundo inteiro com melhor preço, comodidade e segurança com a GetYourGuide ou a TourOn.
Ao reservar com nossos parceiros nos links citados acima, recebemos uma pequena comissão. Você garante os melhores serviços e preços, não paga a mais por isso e ainda ajuda a gente a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3



As dicas do vida sem paredes te ajudaram?

Então fale com a gente no FACEBOOK, no INSTAGRAM, no PINTEREST ou no YOUTUBE.
Vida sem Paredeshttps://vidasemparedes.com.br/
Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa. Aqui você encontra muitas dicas, roteiros, guias de destinos incríveis pelo mundo. A gente divide nossas experiências para inspirar as suas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.