• Pacotes para Trilha Inca Machupicchu e Trilha Salkantay

Quanto custa um mochilão Bolívia-Peru?

 

Em abril de 2016 saímos para um mochilão Bolívia-Peru: foram 25 dias, 9 cidades, muitas atrações, lugares inesquecíveis, um monte de amigos e um tantão de história pra contar.

Durante a viagem, anotamos todos os nossos gastos e agora, organizamos esse resumo para ajudar você a planejar sua viagem.

Economizamos em valor de hospedagem durante viagens noturnas longas, pechinchamos bastante em passeios e passagens de ônibus, mas compramos um monte de coisas, comemos bem e ficamos em ótimos hostels, na maioria das vezes, em quartos duplos.

[ IMPORTANTE ]

É importante lembrar que você deve usar esse resumo de gastos apenas para uma estimativa, visto que os valores podem mudar. Porém, também é importante mencionar que eu pesquisei valores de alimentação, hospedagem e passeios 6 MESES antes do nosso mochilão, quando compramos as passagens, apenas para ter uma noção de quanto levar. Quando fomos, os valores que encontramos tinham POUQUÍSSIMA OU NENHUMA DIFERENÇA dos valores que pesquisamos. Bateu quase tudo. Então, anote!




 

Gastos mochilão Bolívia-Peru em abril de 2016:

 

+ IMPORTANTE: Quando viajamos o real estava muito desvalorizado e pegamos uma cotação bem alta das moedas locais da Bolívia e do Peru. Faça a conversão dos valores totais em bolivianos (BOB) e soles (PEN) de acordo com a cotação da época da sua viagem.

Vida sem Paredes - gastos mochilão Bolívia-Peru

 

[ OBSERVAÇÕES ]

Os gastos com táxi foram computados em valor individual, mas o valor total era dividido por nós duas. Exemplo: quando aparece 5 bolivianos no valor com táxi significa que o trajeto custou 10 bolivianos. Caso você viaje sozinho, deve considerar cada gasto com táxi multiplicado por 2. Caso viaje em duas pessoas como nós, vai sair o mesmo valor da tabela. Caso viaje com três pessoas ou mais, vai sair mais barato.

>> Agora é com você!

Se você tem uma noção básica de Excel e quiser fazer uma estimativa personalizando algum gasto (por exemplo, excluindo os gastos com souvenires que computamos), baixe a nossa tabela no Excel (clique no link abaixo) e altere os dados.

>> Vida sem Paredes – gastos mochilão Bolívia-Peru

 

Leia mais: conheça aqui todos os hostels em que a gente se hospedou.

 


 

Organize sua viagem aqui no vida sem paredes

Reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura, com opções de cancelamento gratuito e pagamento no check-in através da Booking.com

Precisa alugar um carro? Compare os preços das principais locadoras, pague em reais sem IOF e parcele em até 12x sem juros no cartão ou garanta 5% de desconto no boleto à vista no Rentcars.com

Faça uma cotação de seguro viagem, compare os preços de várias seguradoras e pague em até 12x ou com desconto no boleto bancário no Seguros Promo. Use nosso cupom de desconto e viaje tranquilo: VIDASEMPAREDES5

Ao reservar com um de nossos parceiros através dos nossos links citados acima, recebemos uma pequena comissão. Você garante os melhores serviços e preços, não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3

 

Restou alguma dúvida? Deixe um comentário! E se você gostou desse post, compartilhe com os amigos que ainda querem fazer um mochilão Bolívia-Peru!

por Camila Coubelle e Nange Sá

Sobre Vida sem Paredes

Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa.
Adicionar a favoritos link permanente.

10 Comments

  1. Olá, amei a planilha mas ficou uma dúvida, o passeio pro Salar e a trilha no Peru,o valor que você colocou é pra uma pessoa ou esse valor é pra duas pessoas também?

    • Olá! Obrigada! Ambos os valores são para uma pessoa: 580 bolivianos para 3 dias de tour no salar com tudo incluído, e 575 soles para a trilha Salkantay com tudo incluído, menos o ingresso para Machu Picchu. Qualquer dúvida, pode perguntar! Abraços!

  2. Olá, tudo bem?

    Como vocês levaram dinheiro para Bolívia e Peru? Real/dólar e fizeram câmbio por lá? Ou já levaram a moeda deles daqui do Brasil?

    Grato,

    • Oi Edgar! Levamos uma parte em reais e trocamos lá, e uma parte deixamos em uma conta e sacamos lá com um cartão internacional. E levamos alguns poucos dólares apenas por precaução. Se voltasse hoje de novo, eu levaria tudo em reais, rs. Abraços

  3. Pingback:Pratos típicos para comer na Bolívia | vida sem paredes

  4. Pingback:Como é a comida típica peruana | vida sem paredes

  5. Olá! Obrigado pelo post. Tá incrível!
    Você poderia me dizer qual foi a agência de turismo que fizeram a trilha Salkantai? Porque estou pesquisando os valores aqui… está de 400 dólares… será que já aumentou isso tudo??

    Abraço!

  6. Bom dia meninas,

    Primeiramente quero deixar meus elogios a tamanha organização que vcs tem ao montar suas viagens. Cheguei a pensar um dia que eu era organizado, mas to longe do nível HARD de vcs, rsrs. Parabéns!

    Tenho algumas duvidas:

    1 – Vcs fecharam o Salar o Uyuni com Agencia Expediciones Huracan, certo? No passeio tem pôr do sol? Vcs acharam que eles cumpriram o papel direitinho? Vcs fariam o passeio com eles novamente?

    2 – Quando são feitas compras de passagens de ônibus pela internet, quais são as surpresas pagas quando vem a fatura do cartão de credito? IOF?

    Obrigado por ajudar tantas pessoas a fazer as suas viagens.
    Sucesso pra vcs sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *