O que fazer em Punta del Diablo, paraíso dos surfistas no Uruguai

Atualizado em

Punta del Diablo é uma pequena cidade no litoral do Uruguai, a 290 quilômetros da capital Montevidéu, e a apenas 45 quilômetros da fronteira com o sul do Brasil.

A pequena vila de pescadores faz divisa com o Parque Nacional de Santa Tereza e tem uma atmosfera despojada, estilo pé na areia, com muitas cabanas de madeira, bares descolados e três praias que atraem surfistas e viajantes que curtem uma vibe meio hippie. E bastam dois dias para conhecer a vila e as praias, de onde se pode avistar espécies como a baleia franca austral, doninhas e tartarugas marinhas.

Confira o que fazer em Punta del Diablo, que ganhou esse nome por causa dos diversos navios que encalharam lá. Descubra onde se hospedar, como chegar e algumas dicas para visitar esse balneário cheio de personalidade no Uruguai

Punta del Diablo
Punta del Diablo é o paraíso dos surfistas no Uruguai
Playa de los Pescadores
Praia dos Pescadores, a mais central

Como chegar em Punta del Diablo, no Uruguai

Três empresas de ônibus do Uruguai – Rutas del Sol, COT e Cynza – oferecem juntas cerca de 15 horários por dia de Montevidéu a Punta del Diablo. A viagem dura entre 3h30 e 4h30 (dependendo do horário), custa 693 pesos uruguaios (cerca de R$80,00 – mar/2019) e os ônibus saem do terminal Tres Cruces.

Partindo de Chuí/Chuy (para quem está no sul do Brasil), há mais de 20 horários por dia com as mesmas empresas. A passagem custa 112 pesos uruguaios (cerca de R$13,00 – mar/2019) e a viagem dura cerca de 1 hora. Os escritórios das três empresas ficam na mesma rua (Leonardo Oliveira) que cruza a Av. Brasil no Chuí, que está a 260 quilômetros de Pelotas e a 500 de Porto Alegre. A viação Planalto oferece alguns horários de ônibus de PoA ao Chuí, em uma viagem que dura cerca de 8 horas.

A dica é conferir os horários na época da sua visita no site oficial do Turismo em Rocha.

Os ônibus que vêm de Montevidéu entram na cidade até perto da praia, já os que partem do Chuy passam na entrada durante a alta temporada, deixando os passageiros no terminal que fica a 5 quilômetros do centro. Os táxis cobram entre 150 e 200 pesos nesse trajeto e as vans custam 30 pesos (mar/2019).

Quem vem de carro, tanto a partir de Montevidéu, quanto do Chuy, usa a Ruta 9 até Rocha, e pega a saída para Punta del Diablo na altura do Km 298. As estradas são boas e há placas para quem vem de ambos os sentidos.

Quando precisar alugar um carro, a gente recomenda que você use esse buscador de locadoras, que compara serviços e preços, ajudando a encontrar a melhor opção. Dá para reservar direto no site, com parcelamento sem juros, sem IOF e com pagamento só na retirada.

D I C A:

Alguns lugares aceitam cartão de crédito ou pagamento em reais, porém, o câmbio é pior. Eu levei pesos trocados em uma das várias casas de câmbio do Chuy, com cotação de 1 real = 8,5 pesos.

Punta del Diablo Uruguai
Só as avenidas principais são asfaltadas, e o restante é de areia

Onde se hospedar em Punta del Diablo

A cidade não é grande, mas se quiser percorrer tudo a pé, a melhor opção é se hospedar perto do centrinho, que fica no entorno da Praia dos Pescadores. É por ali que estão muitos bares e restaurantes. Confira as ofertas de hospedagem em Punta del Diablo, e veja algumas opções abaixo.

Uma dica incrível é o Complejo Viejo Blanco, que tem preços ótimos, vista para o mar, café da manhã e localização estratégica. Outras duas opções com preço atraente, bem avaliadas e localização excelente são o El Diablo y el Mar e o Brisas del Rivero.

Se você procura uma hospedagem 3 estrelas com preço excelente, confira o Hosteria Del Pescador, que fica a 2 quilômetros da praia. Com muito conforto, piscina, bar, terraço com vista para o mar e café da manhã elogiadíssimo, o Unique Hotel & Suites é outra opção com localização perto da praia.

Na praia La Viuda, uma opção 4 estrelas e mais próxima do centro é o Marisma Apart Hotel & Suites.

Se você gosta de albergues, confira o El Diablo Tranquilo Playa Suites Hostel, pertinho da praia, com quartos tanto privativos quanto compartilhados.

Ainda há uma infinidade de cabanas disponíveis para locação no Airbnb. Eu fiquei em uma hospedagem nesse estilo, chamada Vía Verde, a 20 minutos do centro, mas em um local extraordinário em frente à praia Grande. Aproveite nosso voucher de R$130,00 de desconto para usar na sua primeira reserva no Airbnb.

Atrações em Punta del Diablo:

Mapa Punta del Diablo
É possível conhecer todas as praias caminhando pela orla (Clique para ver maior)

1. Playa de Los Pescadores

É a praia mais central e mais emblemática de Punta del Diablo, com seus barcos coloridos de pesca artesanal. Do seu lado direito está a Feira de Artesanato, à esquerda está a Praia Rivero, separada por algumas pedras, e na ruazinha em frente estão vários bares e escolas de surf.

O mar é agitado, mas tem cantinhos sossegados perto das pedras.

Praia dos Pescadores
Praia dos Pescadores é central e badalada
Praia dos Pescadores
A Av. dos Pescadores em frente a praia tem bares, restaurantes e escolinhas de surf

2. Playa del Rivero

Essa praia, que mais parece uma pequena baía, é separada da anterior por algumas pedras e também tem mar agitado. Suas areias de cor escura emolduram um cenário muito bonito, procurando principalmente por famílias.
A praia é bastante badalada, tem várias barraquinhas com drinks e escolas de surf, e durante a temporada de verão, postos salva-vidas.

Playa del Rivero
A Playa del Rivero também é bem central, ao lado da dos Pescadores

3. Playa La Viuda

Essa praia começa a poucos minutos de caminhada desde a praia dos Pescadores, mas tem um ar de isolamento, pois não tem barracas como as outras. Além disso, as dunas entre o mar e as ruas do bairro em frente contribuem para o ar deserto que ela tem.

A praia é muito extensa, e do lado oposto está El Faro de La Viuda, que não é aberto à visitação.

Playa La Viuda
A Playa La Viuda é cercada de dunas

4. Playa Grande, no Parque Nacional de Santa Teresa

Com poucos minutos de caminhada pela areia, cruzando o Cerro del Rivero no canto esquerdo da Praia del Rivero, chega-se à praia Grande, que faz parte do Parque Nacional de Santa Teresa, vizinho de Punta. Como o nome diz, a praia é extensa, e tem uma beleza singular, e é totalmente isolada e cercada por um bosque. Também é possível chegar de carro por ruas mais afastadas do centro, que cortam a Av. Central, mas o mesmo só vai até certo ponto, sendo necessário caminhar um trecho a pé. A primeira opção é o melhor caminho para quem está hospedado no centro.

Playa Grande Uruguai
Playa Grande, selvagem e deserta

5. Feira de Artesanato

Ponto com diversas lojinhas de artesanato local, em frente à praia dos Pescadores. Saborear uma empanada é um programa típico de quem passeia por ali no fim de tarde.

6. Laguna Negra

Com águas que formam um espelho, essa é a maior lagoa costeira do Uruguai, e tem prainhas de areia branca, cercadas por vegetação e pássaros locais. Apesar da cor negra, por causa da falta de refração da luz, a água é limpa e boa para banho.

Lá existe um albergue com serviços de alimentação e passeios de barco.

A entrada fica a cerca de 8 quilômetros do centro de Punta del Diablo, na altura do KM 302, no trevo do Parque Nacional de Santa Teresa, do lado oposto à entrada do parque. Há placa indicando a estrada de terra que leva até a borda da lagoa.
Se estiver sem carro, é possível pegar o ônibus para Chuí, descer no trevo e caminhar por essa estrada.

Laguna Negra
Passeio fora do centro de Punta del Diablo

O que comer e onde comer

Tem muitos pratos com frutos do mar e peixes frescos, buñuelo de algas (bolinho de algas), as famosas pizzas uruguaias e empanadas em todas as esquinas. E em todos os lugares, a cerveja uruguaia Patricia para acompanhar!

Na Av. de Los Pescadores estão muitos bares e restaurantes, incluindo dois famosos – Mirjo e Lo de Olga, que servem porções e pratos à la carte, e funcionam durante o ano todo.
O Resto Pub 70 é para quem procura um cardápio variado, com massas, carnes, e pratos locais. Outros lugares legais são a Pizzeria Corleone, em frente à praia dos Pescadores, o Arrai Beach Bar, com vista para o mar, e o Panes Y Peces, bastante procurados na praia del Rivero.

Dicas para visitar:

  • Brasileiros não precisam de visto ou passaporte para visitar o Uruguai. Basta o RG em bom estado e com menos de 10 anos de expedição.
    Não esqueça o agasalho, pois pode ventar bastante, mesmo no verão.
  • Não é obrigatório ter Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela.
  • Há dois centros de informações turísticas em Punta del Diablo, no terminal de ônibus e na rua Bulevar San Martín s/n, no centro.
  • O caixa eletrônico ATM fica no Paseo del Rivero, um “shopping” com restaurantes, parquinho, cafeteria e lojas no centro, perto da praia, que funciona apenas na alta temporada (de dezembro a março).

Melhor época para visitar:

A alta temporada de Punta del Diablo é no verão, quando a cidade fica cheia. Janeiro e fevereiro são meses de lotação máxima e é preciso reservar hospedagem com antecedência. Dois períodos para quem quer menos tumulto são início de dezembro e início de março, quando o ritmo do turismo é menor.

O inverno é marcado pela presença constante do vento (que também pode aparecer no verão). Por isso, a vila recebe menos visitantes durante o inverno. Tanto que os horários de ônibus ficam mais escassos na estação fria, e alguns hotéis e restaurantes ficam fechados nesta temporada.

Nos arredores:

 

A região do Rocha tem diversas outras cidadezinhas pequenas que são balneários procuradíssimos. Cabo Polônio, a 62 quilômetros, é uma delas. A pequena vila de pescadores não tem ruas, mas tem uma incrível reserva de animais marinhos, como lobos, leões e elefantes-marinhos.

La Pedrera e La Paloma são outras opções e uma boa dica é alugar um carro em Pelotas ou Montevidéu (clique aqui para fazer uma cotação) para visitar com mobilidade a costa uruguaia. 

 

Punta del Diablo ainda é desconhecida para muitos brasileiros, mas vale a pena incluir no seu roteiro de viagem ao Uruguai!

 

por Camila Coubelle

Data da viagem: março de 2019

Resolva sua viagem aqui
OFERTAS DE HOSPEDAGEM no mundo inteiro com reserva rápida e segura, opções de cancelamento gratuito e pagamento só no check-in com a Booking.com.
ALUGUEL DE CARRO em até 10x sem juros no cartão sem IOF ou com 5% de desconto no boleto. Compare preços das locadoras no buscador Rentcars.com.
COTAÇÃO DE SEGURO VIAGEM em até 12x ou com desconto no boleto. Compare preços de várias seguradoras no Seguros Promo, já com nosso cupom de desconto VIDASEMPAREDES5 aplicado.
VOCÊ GANHOU R$130 em créditos de viagem para usar na primeira reserva no Airbnb.
PASSAGEM AÉREA em promoção e até 12x sem juros no Viajanet, ou com até 25% OFF e 6x sem juros no Passagens Promo.
CHIP DE INTERNET com plano de dados para mais de 100 países e conexão ilimitada com a EasySim4U ou a Viaje Conectado.
INGRESSO antecipado para atrações, eventos, passeios e transfer no mundo inteiro com melhor preço, comodidade e segurança com a GetYourGuide ou a TourOn.
Ao reservar com nossos parceiros nos links citados acima, recebemos uma pequena comissão. Você garante os melhores serviços e preços, não paga a mais por isso e ainda ajuda a gente a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3



As dicas do vida sem paredes te ajudaram?

Então fale com a gente no FACEBOOK, no INSTAGRAM, no PINTEREST ou no YOUTUBE.
Compartilhe com os amigos!

Vida sem Paredes

Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa. Aqui você encontra muitas dicas, roteiros, guias de destinos incríveis pelo mundo. A gente divide nossas experiências para inspirar as suas.

Um comentário em “O que fazer em Punta del Diablo, paraíso dos surfistas no Uruguai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.