• Pacotes para Trilha Inca Machupicchu e Trilha Salkantay

Atrações turísticas em São João del-Rei

 

 

A histórica São João del-Rei é mais uma daquelas cidades de Minas Gerais que nos levam por uma viagem de volta ao tempo. Com suas imponentes igrejas em estilos barroco e rococó, casarões antigos e pontes de pedra, a cidade é imperdível para quem aprecia o charme do interior. Além disso, São João é uma cidade universitária que atrai estudantes do país inteiro até a UFSJ, faz parte do Circuito Turístico Trilha dos Inconfidentes e do Caminho Velho da Estrada Real.

A lado da charmosa Tiradentes, próxima à Juiz de Fora e Barbacena e a cerca de 190 quilômetros da capital Belo Horizonte, a cidade tem excelente infraestrutura e oferece diversos eventos religiosos e culturais ao longo do ano. É possível conhecer o centro histórico a pé e algumas atrações ficam fechadas aos domingos.

Conheça alguns dos principais pontos turísticos de São João del-Rei, onde ficam (veja o mapa abaixo) e saiba onde se hospedar na cidade. Há um mapa de atrações no Centro Histórico para ajudar na sua orientação e placas com informações em português e inglês em todos os pontos de interesse.

Centro Histórico

 

Atrações em São João del-Rei

 

  1. Igreja São Francisco de Assis

 

Com obras de Aleijadinho, é uma das mais tradicionais da cidade. Encanta com seu jardim florido e seus sete altares em madeira que contrastam com o adro cercado com mármore branco. Observe a porta em pedra-sabão atribuída à Aleijadinho.

  • Praça Frei Orlando, s/n

A praça é linda!

 

  1. Catedral Basílica Nossa Senhora do Pilar

 

A construção de 1704 tem a maior superfície pintada do barroco mineiro, com os quatro evangelistas. Seu interior todo adornado com talhas douradas impressiona pela beleza, juntamente com seus seis altares cheios de arabescos e detalhes. É tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e vale muito a visita.

  • Rua Getúlio Vargas, s/n, centro

 

  1. Igreja Nossa Senhora do Carmo

 

Um belíssimo exemplar barroco repleto de entalhes. Seu interior se diferencia dos demais pela predominância do branco. Chama a atenção o belo medalhão de Nossa Senhora do Carmo na porta.

  • Praça Dr. Augusto das Chagas Viegas, s/n

 

  1. Igreja Nossa Senhora das Mercês

 

A construção de 1853 ocupa o local da antiga capela de mesmo nome, erguida em 1751. Destaca-se lá no alto e pode ser avistada de vários pontos, mas a dica é subir seus degraus para ver São João do alto. Está ao lado do Cruzeiro das Mercês e perto da casa mais antiga da cidade.

  • Praça Barão de Itambé, s/n

 

  1. Igreja Nossa Senhora do Rosário

 

Uma igreja mais simples, mas igualmente bela, bem no centro. Seu interior é ornado por talha em estilo rococó. Quando visitá-la, repare no altar-mor e na réplica da gruta em Lourdes da França que fica logo na entrada.

  • Praça Embaixador Gastão da Cunha, s/n

 

  1. Museu Regional São João del-Rei

 

O melhor lugar para viajar pela história da região. O casarão em si, no centro da cidade, já chama a atenção. A arquitetura e a atmosfera do lugar, juntamente com um grande acervo dos séculos XVIII e XIX encanta em cada um dos seus 3 andares. Vemos móveis, utensílios, pinturas, imagens religiosas, um órgão de tubos e até meios de transporte.

  • Rua Marechal Deodoro, 12, centro
  • Funcionamento: diariamente das 9h às 18h | Gratuito

 

  1. Museu de Arte Sacra

 

O acervo de objetos e livros litúrgicos ainda conta com uma obra de Aleijadinho. O local é pequeno, mas tem um grande valor histórico e cultural.

  • Rua Embaixador Gastão da Cunha, 8, centro
  • Funcionamento: segunda a sexta do meio dia às 17h e sábados e feriados das 9h às 13h

 

  1. Memorial Tancredo Neves

 

O memorial em um casarão do século XIX conta a história do político natural da cidade. É muito bem organizado e informativo. Ao lado, há uma estátua de Tancredo sentado em um banquinho.

  • Rua Padre José Maria Xavier, 7, centro
  • Funcionamento: quarta a sexta das 13h às 17h e fins de semana e feriados das 9h às 17h30

 

  1. Museu da Força Expedicionária Brasileira (FEB)

 

Um lugar interessante para quem se interessa pelas histórias da Força Expedicionária Brasileira, seu papel na 2ª Guerra Mundial e seus heróis anônimos.

  • Hermílio Alves, s/n, centro
  • Funcionamento: segunda a domingo das 8h às 11h30 e das 13h30 às 16h

 

  1. Museu Ferroviário e Passeio de Maria-Fumaça

 

A viagem de 12 quilômetros até Tiradentes oferece uma vista espetacular da Serra de São José e sai da antiga estação da Ferrovia Oeste de Minas, onde está um museu com equipamentos, peças, painéis didáticos e fotografias que contam a história ferroviária local. Destaca-se a coleção de 12 locomotivas a vapor, carros e vagões. A dica é chegar um pouco antes da partida para visitar o museu.

  • Avenida Hermílio Alves, 366, centro
  • Funcionamento do Museu: terça a domingo das 9h às 11h e das 13h às 17h
  • Horários Maria Fumaça: quarta a sexta às 9h, 11h, 13h e 16h | sábados às 9h, 13h, 14h e 16h | domingos às 9h e 13h

Maria-Fumaça

 

  1. Casa de Bárbara Heliodora – Museu Tomé Portes Del Rei

 

O sobrado em estilo colonial do século XVIII foi morada da poetisa e tem um acervo de volumes clássicos da literatura e edições de época, fotografias, utensílios, pinacoteca etc. Pena que só funciona durante a semana, agora que é sede da Secretaria de Turismo e do Museu Tomé Portes Del Rei.

  • Praça Frei Orlando, 90, centro
  • Funcionamento: segunda a sexta das 8h às 17h

 

  1. Ponte da Cadeia e Ponte do Rosário

 

Ambas são pontos turísticos clássicos e símbolos de São João del-Rei. As construções em pedra têm beleza e grandiosidade arquitetônicos e habitam as histórias e imaginário local. De uma ponte se avista a outra.

  • Artur Bernardes, 132, centro

 

  1. Casarões e sobrados

 

Avistamos casarões e sobrados em todo o centro histórico de São João, mas alguns deles se destacam. São eles: a Casa do Monsenhor Gustavo, a Casa do Barão de São João del-Rei, o Solar dos Neves e o Solar dos Lustosas, e a Casa mais antiga de São João del-Rei.

 

  1. Os Passos

 

Os Passos da Paixão de Cristo são pequenas capelas de origem medieval construídas na cidade no século XVIII. Eles simbolizam os episódios do caminho de Jesus Cristo rumo ao calvário e são abertos ao público apenas durante eventos religiosos, muito tradicionais na cidade.

 

  1. Os sinos

 

São João del-Rei é conhecida como a “Terra onde os sinos falam” pois eles ainda são ouvidos de dia e de noite com tantas variedades de toques. Os sinos ainda seguem a tradição de serem nomeados. Fique atento e tente diferenciá-los durante a sua visita à cidade.

 

  1. Gruta Casa de Pedra

 

A gruta com vários salões, galerias e labirintos é interessante para observar estalagmites e estalactites. São 400 metros de extensão e a visita dura cerca de 1 hora. O lugar foi cenário para o romance Maurício, de Bernardo Guimarães, e está em uma Área de Proteção (APP). O passeio é pago e precisa ser agendado (32 98813-9894).

Saiba mais detalhes do passeio: Gruta Casa de Pedra 

  • Rodovia São João del-Rei-Tiradentes, Km 250. Pegue a BR-265 sentido Barbacena. Há placa indicativa.
  • Funcionamento: sábados, domingos e feriados às 10h, 12h, 14h e 16h | dias de semana, só com agendamento
  • R$ 20,00 por pessoa (junho de 2017)

Um dos salões da gruta

Chafariz da Legalidade | Monumento aos Expedicionários e Ig. de São Gonçalo Garcia

 

Dicas:

 

  • Consulte o Centro de Atendimento ao Turista (CAT) no Terminal Rodoviário Octávio de Almeida, 1º andar, ou verifique informações no Solar dos Lustosas.
  • Há alguns restaurantes no centro histórico ótimos para experimentar a gastronomia mineira.
  • Circule a pé pelo centro histórico.
  • Leve dinheiro trocado para pagar as entradas de algumas igrejas e museus.
  • Há várias lojinhas de artesanato e lembrancinhas para levar para casa no centro histórico.

 

Como Chegar

 

Os aeroportos mais próximos da cidade são os de Belo Horizonte e o Aeroporto Regional da Zona da Mata – Presidente Itamar Franco.

De carro a partir de Belo Horizonte, basta seguir pela BR-040 até Congonhas e virar à direita na BR-383 até São João del-Rei. Quem vem do Rio de Janeiro deve seguir pela BR-040 sentido Belo Horizonte até Barbacena e depois pela BR-265. De São Paulo, o acesso é pela BR-381 até Lavras e em seguida, pela BR-265.

 

Se precisar alugar um carro para visitar São João del-Rei, escolha o ponto de partida e compare os preços de todas as locadoras através desse link.

 

De ônibus, o destino deve ser São João del-Rei, através da Viação Sandra a partir de BH, Viação Paraibuna a partir do RJ, Viação Gardênia para quem vem de SP, e Transur para quem vem de Juiz de Fora.
 

Onde se hospedar

 

São João del-Rei tem uma ótima oferta de hospedagens, com hotéis simples e mais sofisticados, pousadas em casarões, hostels e chalés. Só encontramos um camping lá.

>> Veja as opções de hospedagem e reserve na Booking.com através desse link. (Ao reservar através de nossos links você ajuda o blog vida sem paredes a continuar compartilhando dicas de viagem sem pagar a mais por isso. Obrigada!)


>> Faça uma cotação do seu seguro viagem através desse link e aproveite com tranquilidade. Use nosso CUPOM DE DESCONTO EXCLUSIVO e ganhe 5% de desconto no seu seguro.

Cupom: VIDASEMPAREDES5


São João del-Rei – MG: cerca de 90 mil habitantes | cerca de 900 metros de altitude
Data da viagem: junho de 2017

por Camila Coubelle

Sobre Vida sem Paredes

Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa.
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *