Início AMÉRICA DO SUL Jardim Botânico do Rio de Janeiro: dicas para visitar o parque

Jardim Botânico do Rio de Janeiro: dicas para visitar o parque

Ouso dizer que o Jardim Botânico do Rio de Janeiro é um daqueles lugares que parecem um oásis em uma grande cidade. Até o ar lá dentro é diferente!

O fato é que é um dos pontos turísticos mais visitados do Rio e daqueles programas que combinam com todo tipo de viajante.

Nesse post nós listamos tudo que você precisa saber sobre a visita ao Jardim Botânico do Rio de Janeiro, com algumas dicas que você não vai querer perder. Boa leitura!

jardim botanico
O corredor das palmeiras imperiais é um ponto icônico do Jardim Botânio

jardim botanico
Jardim Botânico tem diversos circuitos temáticos e a recomendação é de pelo menos uma manhã inteira para a visita

Jardim Botânico, RJ: por que visitar?

O Jardim Botânico é para quem quer fazer uma caminhada tranquila, e para quem quer ver ou conhecer algumas espécies botânicas nacionais e internacionais.

São mais de 500 mil metros quadrados de área cultivada aberta à visitação, com mais de 3 mil espécies diferentes de plantas de várias partes do mundo. As palmeiras imperiais são as mais famosas de lá, mas a micro orquídea me encantou na mesma proporção.

O Jardim Botânico do Rio foi idealizado por Dom João VI em 1808 e é hoje Patrimônio Nacional do Iphan. Sem mencionar que é um dos mais importantes centros de pesquisa mundiais nas áreas de botânica e conservação da biodiversidade.

Para se ter uma ideia, ele já foi visitado por diversas pessoas ilustres, até Albert Einstein.

Além da flora riquíssima, tem espaços culturais interessantes, e oferece uma vista do Cristo Redentor como em nenhum outro lugar do Rio de Janeiro.

Por falar nisso, o Cristo Redentor e o Parque Lage são duas atrações para conciliar com o Jardim Botânico. É muito fácil se locomover entre os três pontos de táxi ou Uber. Se programar seu roteiro assim, sugiro almoçar no Parque Lage, que tem mesas ao ar livre e um clima bem agradável.


>> IMPERDÍVEL: Roteiro completo no Rio de Janeiro, com melhores pontos turísticos <<


Qual o valor da entrada do Jardim Botânico RJ?

O ingresso custa R$ 15 (jun/2020), apenas em dinheiro ou débito. Estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia apresentando a devida documentação. E crianças abaixo de 5 anos não pagam.

O parque funciona às segundas, de 12h às 18h, e de terça a domingo, das 8h às 18h.

A entrada principal fica na Rua Jardim Botânico, 1008. Confira as demais entradas e outras informações no site.

jardim botanico rj
Centro de Visitantes, onde é possível acessar informações interativas sobre as espécies do parque

Como chegar no Jardim Botânico

A estação de metrô mais próxima é a de Botafogo. De lá é possível pegar o ônibus de integração que passa em uma das entradas do Jardim Botânico.

Além disso, todas as linhas de ônibus que passam pelo Jockey têm ponto na Rua Jardim Botânico nº 1008.

Mas a melhor opção para quem está hospedado na Zona Sul do Rio é pegar um Uber. A estimativa de Copacabana ao Jardim Botânico é de R$ 14 a R$ 18, em condições normais de trânsito.


>> Reserve aqui sua hospedagem no Rio com o melhor preço <<


O que fazer no Jardim Botânico do Rio de Janeiro: circuitos

O parque tem diferentes circuitos temáticos, cada um cheio de atrações e com tempo estimado de visita de 2 horas. Ou seja, é impossível visitar tudo em um mesmo dia. O ideal é dedicar um turno inteiro, manhã ou tarde, e conhecer o essencial.

  1. Trilha Histórica, com 79 pontos de interesse, entre espécies botânicas, monumentos artísticos e arquitetônicos
  2. Trilha das Árvores Nobres, que tem espécies como o jatobá e a sumaúma
  3. Trilha das plantas ameaçadas de extinção, onde o destaque é o famoso pau-brasil
  4. Trilha evolutiva, com 14 espécies que exemplificam a adaptação das plantas desde milhões de anos
  5. Trilha Amazônica
  6. Trilha Africana
  7. Trilha Indígena
  8. Trilha das Artes

A melhor sugestão de roteiro no Jardim Botânico é se deixar levar. Isso mesmo, é circular livremente, deixando-se surpreender.

Mas antes de começar, ainda no centro de visitantes, vale a pena anotar alguns pontos imperdíveis no mapa, para não passar despercebido.

Por falar nisso, o parque tem um aplicativo gratuito, disponível para Android e iOS com mapa e indicações de pontos de interesse, sempre com informações sobre as espécies.

jardim botanico do rio de janeiro
Passe pelo Lago Frei Leandro para ver a vitória-régia. A “árvore do viajante” fica próxima.

Jardim Botânico: como é a visita

Antes de visitar o Jardim Botânico de fato, você passará pelo centro de visitantes, que fica em um prédio do século XVI. Lá estão informações, história do parque e uma exposição interativa sobre as atrações.

Ao lado, está a lojinha administrada pela Associação de Amigos do Jardim Botânico. É aqui que você pode comprar lembrancinhas ou outros itens interessantes.

Também por ali estão o Museu do Meio Ambiente, que recebe algumas exposições interessantes, e o Ateliê Mestre Valentim.

Depois de passar pelas catracas, as alamedas vão conduzindo a visita em meio a espécies surpreendentes, e outras no mínimo curiosas, como a “árvore do viajante” (Ravenala madagascariensis).

São muitos canteiros, pontes, lago, cascata, fontes, tudo bem sinalizado, sem falar nas estufas. Alguns pontos que eu adorei conhecer foram o Orquidário, o Bromeliário, e o Cactário.

Mas impressionante mesmo é a sumaúma, árvore amazônica gigante, que eu já tive a chance de ver na floresta, nos arredores de Manaus.

Entre os mais fotografados do Jardim Botânico estão os corredores de palmeiras imperiais, o Chafariz das Musas e o Jardim Japonês. Outro ponto interessante dentro do parque são as ruínas da antiga fábrica de pólvora, que foi uma das motivações para a sua construção. O outro motivo foi aclimatar espécies nativas de outras partes do mundo.

Ah, não deixe de conferir as espécies raras da Mata Atlântica!

Enfim, como eu disse antes, pegue um mapa no centro de visitantes, escolha os pontos que você considera imperdíveis, e fora eles, circule livremente, encantando-se pelos diversos ângulos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

jardim botanico rj
Sumaúma, a gigante árvore amazônica

jardim botanico
Algumas estufas, como o Bremeliário, o Orquidário e o Cactário, são as mais interessantes do parque
o que fazer no jardim botanico rj
É preciso usar uma lupa para ver as mini orquídeas <3

jardim botanico do rio de janeiro
Do Chafariz das Musas temos uma bela visão do Cristo Redentor

>> INGRESSO trem do Cristo Redentor + city tour <<


Dicas para o passeio:

– Use tênis confortáveis e repelente.

– Os carrinhos elétricos funcionam de segunda a domingo, com saídas a cada 30 minutos.

– Há parquinho infantil, bebedouros e banheiros.

– Consulte o site do Jardim Botânico e a página no Facebook para conferir a programação especial, principalmente a do Espaço Tom Jobim.

Leia também:

O que fazer no Boulevard Olímpico, RJ

Praias do Rio de Janeiro que você precisa conhecer

Museu do Amanhã, Rio de Janeiro

Trilha Transcarioca: maior percurso do Rio

O que fazer no Rio de Janeiro: o guia

Confira mais fotos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro lá no nosso Instagram @blogvidasemparedes

por Camila Coubelle

Resolva sua viagem aqui
OFERTAS DE HOSPEDAGEM no mundo inteiro com reserva rápida e segura, opções de cancelamento gratuito e pagamento só no check-in com a Booking.com.
ALUGUEL DE CARRO em até 10x no cartão, sem IOF, ou com 5% de desconto no boleto. Compare preços das locadoras no buscador Rentcars.com.
COTAÇÃO DE SEGURO VIAGEM em até 12x ou com desconto no boleto. Compare preços de várias seguradoras no Seguros Promo, já com nosso cupom de desconto VIDASEMPAREDES5 aplicado.
VOCÊ GANHOU R$350 em créditos de viagem para usar na primeira reserva no Airbnb.
PASSAGEM AÉREA em promoção e até 12x no Viajanet, ou com até 25% OFF e 6x no Passagens Promo.
CHIP DE INTERNET com plano de dados para mais de 100 países e conexão ilimitada com a EasySim4U ou a Viaje Conectado.
INGRESSO antecipado para atrações, eventos, passeios e transfer no mundo inteiro com melhor preço, comodidade e segurança com a GetYourGuide ou a TourOn.
Ao reservar com nossos parceiros nos links citados acima, recebemos uma pequena comissão. Você garante os melhores serviços e preços, não paga a mais por isso e ainda ajuda a gente a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3



As dicas do vida sem paredes te ajudaram?

Então fale com a gente no FACEBOOK, no INSTAGRAM, no PINTEREST ou no YOUTUBE.
Vida sem Paredeshttps://vidasemparedes.com.br/
Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa. Aqui você encontra muitas dicas, roteiros, guias de destinos incríveis pelo mundo. A gente divide nossas experiências para inspirar as suas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.