Visitando o Museu de Arte Precolombino em Santiago

 

Eu poderia ficar horas e horas olhando as formas, as cores, os grafismos e o mistério de cada peça do Museu de Arte Precolombino, no centro histórico de Santiago, capital do Chile. Pertinho da Plaza de Armas, esse museu conta com duas grandes exposições permanentes e algumas temporárias, com um vasto acervo sobre os povos que habitaram o continente sul-americano antes da colonização, tudo divido por regiões.

Confira o que a gente viu no museu, como funciona a visita e aproveite as dicas!

Museu de Arte Precolombino em Santiago

Museu de Arte Precolombino em Santiago

 

Atrações em Santiago: Museu de Arte Precolombino

 

Em um prédio em estilo neoclássico de 1805, o Museo Chileno de Arte Precolombino existe desde 1981 para conectar as pessoas e o mundo com as raízes indígenas do Chile e das Américas.

Não abre àss segundas, mas tem entrada liberada no primeiro domingo de cada mês. A visita dura pelos menos 2 horas, mas se quiser ler todas as informações com calma, pode levar bem mais tempo.

O espaço tem duas grandes exposições permanentes e as bilheterias aceitam apenas pesos chilenos. Também há uma biblioteca especializada, uma loja e um café (que fecha às 17h). No site, ainda é possível fazer download de audioguias em português, inglês, francês ou espanhol para usar durante a visita. Aos sábados também há visitas guiadas em espanhol às 10h.

 

Museu de Arte Precolombino em Santiago Museu de Arte Precolombino em Santiago

 

Exposições do Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana

 

Na exposição “América Precolombina en el Arte” encontramos objetos das áreas Mesoamérica (México, Guatemala, Honduras, El Salvador e parte da Nicarágua), Caribe (Caribe e Antilhas), Intermedia, Andes Centrais (Peru e Bolívia), Andes do Sul (Chile e Argentina) e Amazônia.

São muitas e muitas peças como adornos corporais, esculturas relacionadas a cerimônias religiosas, instrumentos de bronze, cerâmicas, tecidos, inúmeras e curiosas garrafas, e muitos outros, sempre com informações explicativas sobre a cultura dos povos que desenvolveram os objetos, como os Olmeca, Veracruz, Zapotecas, Mayas, Toltecas, Inkas, Aymaras, Mapuches, Quechuas, Wari, Manta, Marajoaras e muitos outros.

E a exposição “Chile antes de Chile” trata dos povos que habitaram o território chileno milhares de anos atrás. O acervo segue uma linha do tempo e está dividido por regiões, do norte ao sul. Podemos perceber claramente as diferenças e semelhanças entre os objetos de cada povo. Isso porque os povos do norte, por exemplo, eram coletores e desenvolveram a agricultura, enquanto os povos da Ilha de Páscoa construíram grandes altares e esculturas de pedra.

Museu de Arte Precolombino em Santiago

Múmias

Museu de Arte Precolombino em Santiago

Múmia criança

Museu de Arte Precolombino em Santiago

Essa peça é sensacional! Trata-te de um sistema de gerenciamento de comunicação cuja explicação você não pode deixar de ler!

Museu de Arte Precolombino em Santiago Museu de Arte Precolombino em Santiago Museu de Arte Precolombino em Santiago Museu de Arte Precolombino em Santiago Museu de Arte Precolombino em Santiago

Museu de Arte Precolombino em Santiago

Joias e adereços (clique para ver em tamanho maior)

Museu de Arte Precolombino em Santiago

(clique para ver em tamanho maior)



Por que vale a pena visitar a atração?

 

O acervo é enorme e conta com itens relacionados à arquitetura, artes, escultura, agricultura, astronomia, matemática, rituais e religiosidade, cultura, comportamento, política e outros assuntos.

É curioso ver a variedade de chapéus, gorros e tiaras que demonstram um sistema complexo de distinções relacionadas à origem étnica, status social e poder político. Isso mesmo: as pessoas eram diferenciadas pelo que usavam na cabeça.

Os objetos relacionados à Ilha de Páscoa também são sensacionais. Mas no geral, o acervo inteiro é extremamente interessante, e mesmo para quem quer só olhar, tenha a certeza de que as peças têm muita beleza.

Você verá objetos únicos, como a “La Kena”, a flauta mais antiga dos Andes, e a peça intitulada “Coztic Teocuitlazoyanacolchtli”, da cultura Aztena, que é rara, visto que muitos dos objetos de ouro desses povos foram fundidos pelos colonizadores.

S E R V I Ç O

Museu de Arte Precolombino

  • Rua Bandera 361, centro, Santiago, Chile
  • +56 2 2928 1500 | informaciones@museoprecolombino.cl
  • http://www.precolombino.cl/
  • Facebook | Instagram | Twitter
  • Ingressos: 6.000 para brasileiros – aceita meia entrada para estudantes, e crianças menores de 10 anos não pagam.
  • Funcionamento: terça a domingo, das 10h às 18h, com entrada até as 17h30

 

Organize sua viagem aqui no vida sem paredes
Reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura, com opções de cancelamento gratuito e pagamento no check-in através da Booking.com
Precisa alugar um carro? Compare os preços das principais locadoras, pague em reais sem IOF e parcele em até 12x sem juros no cartão ou garanta 5% de desconto no boleto à vista no Rentcars.com
Faça uma cotação de seguro viagem, compare os preços de várias seguradoras e pague em até 12x ou com desconto no boleto bancário no Seguros Promo. Use nosso cupom de desconto e viaje tranquilo: VIDASEMPAREDES5
Ao reservar com um de nossos parceiros através dos nossos links citados acima, recebemos uma comissão. Você garante os melhores serviços e preços, não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3
 
Visitando o Museu de Arte Precolombino em Santiago
Data da viagem: fevereiro de 2018

por Camila Coubelle

As dicas te ajudaram?

 Pra não perder nenhuma informação ou roteiro, fale com a gente no FACEBOOK, INSTAGRAM, PINTEREST ou YOUTUBE

Sobre Vida sem Paredes

Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa.
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *