Cataratas do Iguaçu: dicas e guia completo (lado Brasil)

 

Aposto que sempre que você procura informações ou dicas sobre as Cataratas do Iguaçu, a primeira coisa que encontra é que é Patrimônio Natural da Humanidade segundo a Unesco. Que é uma das 7 Novas Maravilhas da Natureza, e uma das mais importantes reservas de Mata Atlântica do Brasil. A verdade é que é muito difícil definir em palavras esse monumento tão grandioso, mesmo para quem é bom com as palavras!

As Cataratas do Iguaçu são daqueles destinos indispensáveis ao redor do mundo e reúnem o mais incrível complexo de quedas d’água do Brasil – quiçá, do planeta. Ficam na região da Tríplice Fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai, na cidade de Foz do Iguaçu, Paraná. O Parque Nacional do Iguaçu é um dos mais visitados e só em 2017 foram 1,7 milhões de pessoas do mundo todo.

Conheça os pontos de interesse dentro do Parque Nacional do Iguaçu, como é a Trilha das Cataratas e os outros passeios pagos à parte dentro do parque. Veja como é o transporte, o que levar, por que comprar ingresso antecipado, onde comer e roteiro de atrações dentro do parque para aproveitar ao máximo esse lugar espetacular.

Cataratas do Iguaçu: dicas e guia completo do lado Brasil

Na Garganta do Diabo

 

Parque Nacional do Iguaçu

 

O Parque Nacional do Iguaçu é o destino mais procurado de Foz do Iguaçu. Ele existe desde 1939 e abriga as Cataratas Iguaçu, formadas pelo gigante rio de mesmo nome. Aliás, em tupi-guarani, seu nome significa água grande. Ao passarem pelo desnível do terreno, suas águas formam mais de 270 quedas que chegam a até 80 metros de altura, alcançando uma largura total de 2.780 metros. Tudo isso, antes de se juntar ao rio Paraná, para ser mais gigante ainda mundo afora.

O parque fica a cerca de 15 quilômetros do centro de Foz do Iguaçu, com acesso pela Avenida das Cataratas. O ingresso custa R$ 36,00 para brasileiros (nov/2017) e pode ser comprado antes, pela internet. A vantagem é evitar as filas que se formam durante a manhã.

A atração é muito bem estruturada, com estacionamento, um centro de visitantes com lanchonete, lojinha, banheiros, caixas eletrônicos e casas de câmbio, além de balcão de informações turísticas e compra de outros passeios dentro do parque e que são pagos à parte.

Cataratas do Iguaçu: dicas e guia completo do lado Brasil

Entrada do Parque Nacional do Iguaçu

Cataratas do Iguaçu: dicas e guia completo do lado Brasil

Os mirante das Trilha das Cataratas oferecem um visual panorâmico

 

Circulando dentro do parque

 

Ao comprar o ingresso, você tem direito a usar o ônibus panorâmico que circula o tempo todo entre as estações dentro do Parque Nacional do Iguaçu.

O ponto de embarque é na Estação Centro de Visitantes, logo após a entrada no parque. Ele passa pelas paradas da Trilha do Poço Preto, do Macuco Safari e da Trilha das Bananeiras, da Trilha das Cataratas, e segue até a Estação do Espaço Porto Canoas.

Não se preocupe, as paradas são anunciadas em português, espanhol e inglês e você saberá onde descer.

O ônibus leva cerca de 15 minutos até a parada da Trilha das Cataratas, onde tem banheiros e lanchonete. Em frente está o Hotel das Cataratas.

Cataratas do Iguaçu: dicas e guia completo do Parque Nacional do Iguaçu

Ônibus panorâmico do Parque Nacional do Iguaçu

Cataratas do Iguaçu: dicas e guia completo do Parque Nacional do Iguaçu

Mapa: divulgação | clique para ver em tamanho maior onde estão as estações

 

A trilha das Cataratas do Iguaçu: a atração principal dentro do parque

 

A Trilha das Cataratas, que tem 1,2 quilômetros de extensão, pode ser percorrida em cerca de 1h30 e é a atração mais procurada dentro do parque. O circuito é estruturado em passarelas de concreto ou metálicas, alternadas com escadas, com descidas e trechos planos. A cada passo, um mirante de contemplação diferente, com visual espetacular. Quanto mais descemos, mais a visão panorâmica fica hipnotizante!

Os cinco principais saltos no lado brasileiro avistados dos mirantes são Floriano, Deodoro e Benjamin Constant, Santa Maria e União. Os demais ficam no lado argentino como o San Martin e o Bossetti, mas podem ser vistos também do lado brasileiro. O mais espetacular deles é a Garganta do Diabo, uma profunda e misteriosa fenda gigante. Esse pode ser visto de perto pelos dois lados das Cataratas do Iguaçu – no brasileiro e no argentino.

Durante a trilha avistamos algumas espécies da fauna e da flora únicas dali. Ao final, encontramos o Salto Floriano, um dos mais espetaculares, ponto de uma foto clássica.

Nesse local há banheiros, fotógrafos que podem fazer sua foto e revelar na hora, e loja. Ainda tem um elevador para facilitar o acesso a pessoas com deficiência, gestantes, idosos e etc.

É aqui que fica o acesso para a Garganta do Diabo, a mais deslumbrante das quedas, com aproximadamente 85 metros de altura. Nessa passarela é impossível não se molhar, por causa das gotículas, mas é maravilhoso experimentar essa comunhão com as águas e a energia ímpar do lugar!

Cataratas do Iguaçu: Mirantes da Trilha das Cataratas

Mirantes da Trilha das Cataratas

 

Cataratas do Iguaçu: Mirantes da Trilha das Cataratas

Cataratas do Iguaçu: Mirantes da Trilha das Cataratas

Cataratas do Iguaçu: Mirantes da Trilha das Cataratas

Passarela de acesso à Garganta do Diabo

Cataratas do Iguaçu: Garganta do Diabo

Cataratas do Iguaçu: Garganta do Diabo

Cataratas do Iguaçu: Salto Floriano

Foto clássica do Salto Floriano

Cataratas do Iguaçu: Salto Floriano

Cataratas do Iguaçu: Salto Floriano

 

Outros atrativos no Parque Nacional do Iguaçu

 

Macuco Safari

Um passeio que vai além! Você não só observa as quedas, mas vai de bote até as Cataratas do Iguaçu. O banho é energia pura e a aventura injeta aquela adrenalina na gente.

Essa atração é paga a parte e aceitam cartão. Para chegar no ponto de embarque, tem um tour com veículo + caminhada de 600 metros em meio a mata (opcional). Você pode fazer o Macuco só selva, com cachoeirismo, com passeio de barco, enfim, são várias possibilidades.

Horários: 9h às 17h30 – Saída a cada 15 minutos | Duração: cerca de 2 horas

 

Trilha do Poço Preto

Esse circuito combina uma trilha de 9 quilômetros que pode ser feita a pé ou de bike + navegação na parte superior do Rio Iguaçu. Prato cheio para quem quer apreciar melhor a flora e a fauna do parque.

Horários: 9h30, 12h e 14h | Duração: 4 horas

 

Trilha das Bananeiras

Essa trilha ecológica de 1,6 quilômetros pode ser feira a pé ou de jipe e termina com um passeio de barco a motor pelo Rio Iguaçu.

Horários: 10h30, 13h e 15h | Duração: 2 horas e 30 minutos

 

> Ainda há rafting, floating, voo de helicóptero e passeios saindo do Porto Canoas.

 

> A dica é: faça o passeio extra antes, almoce ou lanche no parque e faça a trilha das cataratas por último. Nós percebemos que ela vai ficando mais vazia no decorrer do dia, pois a maior parte das pessoas chega cedo. Ainda dá para conciliar o com o Parque das Aves, que é super legal, fica a 300 metros e pode ser a primeira parada do seu dia!

 

Onde comer no Parque Nacional?

 

O Espaço Porto Canoas fica no final da Trilha das Cataratas e conta com ambulatório, Loja de Lembranças com produtos oficiais das Cataratas do Iguaçu, Telefonia, fotos digitais e acesso à internet. Além de Praça de Alimentação com lanchonete, confeitaria e o famoso Restaurante Porto Canoas. Ele tem um deck com vista para as cataratas, e oferece buffet livre a R$ 69,00 (nov/2017).

Também é possível ir direto para a estação do Espaço Porto Canoas no ônibus panorâmico.

Nas lanchonetes o cardápio conta com salgados, lanches e pratos executivos.

Parque Nacional do Iguaçu: Espaço Porto Canoas

Espaço Porto Canoas

Parque Nacional do Iguaçu: Espaço Porto Canoas

Deck do Restaurante Porto Canoas

 

Dicas para visitar as o Parque Nacional do Iguaçu

 

  1. Use roupas e calçados apropriados para a caminhada.
  2. Não esqueça de se hidratar. Vale a pena levar uma garrafinha para encher.
  3. Use o protetor solar.
  4. Leve um repelente.
  5. Se não quiser se molhar muito, leve capa de chuva.
  6. Respeite as normas do parque.
  7. Cuide do seu lixo.
  8. Cuidado com os quatis! Eu vi um retirar um pacote de biscoito de dentro da bolsa de uma senhora distraída. E não os alimente!
  9. Preserve o parque e não retire plantas ou animais do lugar.
  10. Se esquecer de levar protetor solar, repelente e capa, saiba que é possível comprar nas lojas de lembranças do Parque.
  11. Perto dos banheiros na estação de embarque do centro de visitantes há o Museu Interativo no Centro de Visitantes.
  12. Na saída do Parque Nacional do Iguaçu há ônibus para Puerto Iguazú, a cidade argentina das cataratas, a menos de meia hora de viagem.

 

Melhor época para visitar as Cataratas do Iguaçu

 

A vazão média anual do rio Iguaçu na área das Cataratas do Iguaçu é de 1.413m/s, mas em outubro apresenta um volume d’água em torno de 2.506m/s, e em abril, de 1.326 m/s. Ou seja, se quiser ver as quedas com muito volume, outubro é uma boa época. E em todo o período mais chuvoso do ano também, de setembro a fevereiro.

Dizem que em julho, período menos chuvoso, as quedas ficam mais definidas, com menos volume, mas igualmente bonitas. A verdade é que são dois cenários diferentes, um em cada período.

Na época de férias, julho, e de dezembro a fevereiro, é altíssima temporada na cidade, quando todas as atrações ficam mais cheias.

 

S E R V I Ç O

Parque Nacional do Iguaçu

  • Rodovia BR 469 – KM 22,5 Parque Nacional do Iguaçu – Paraná
  • Contato: 55 (45) 3521-8383 | parnaiguacu@icmbio.gov.br | site
  • Funcionamento: diariamente, das 9h às 17h
  • Ingressos para brasileiros: R$ 36,00 (nov/2017) | ingressos

 

Leia também: O que fazer em Foz do Iguaçu: melhores atrações




 

Como chegar no Parque Nacional do Iguaçu

 

– De ônibus: Linha 120 a partir do centro, do Terminal de Transporte Urbano, da Av. das Cataratas

– De transfers oferecidos por agências (consulte seu hotel ou hostel, pois possível reservar na recepção mesmo)

– De táxi: Sinditaxi: +55 (45) 3524-6016 e Coopertaxi: +55 (45) 3524-6464

 

Foz do Iguaçu tem um bom sistema de transporte urbano e dá para chegar em todas as atrações de ônibus, inclusive nas Cataratas do Iguaçu. Também é possível fazer “conexão” no terminal, sem ter que pagar uma nova passagem, que aliás, custa R$ 3,55 (maio/2018).

Informe-se na sua hospedagem, consulte o escritório do terminal ou o site da prefeitura, que tem todas as linhas, horários e itinerários.

 

Onde se hospedar em Foz do Iguaçu

 

Foz do Iguaçu é uma das cidades com a maior rede de hospedagem do Brasil. Tem opção em cada esquina e de acordo com o perfil de todo mundo.

Nós escolhemos, pelo custo-benefício e pela localização, o Hostel Poesia. Ele é superconfortável, bonito, baratinho e fica a 900 metros da Avenida das Cataratas. Isso, juntamente com o ponto de ônibus em frente, nos permitiu uma mobilidade muito boa para usar transporte público para todas as atrações.

Fizemos um post detalhado contando como são os quartos, o café da manhã, o cinema e o bar próprios e outros detalhes de lá:

Poesia: melhor dica de hostel em Foz do Iguaçu

Conferir preços e fotos do Hostel Poesia na Booking.com

 

Organize sua viagem
OFERTAS DE HOSPEDAGEM no mundo inteiro de maneira rápida e segura, com opções de cancelamento gratuito e pagamento no check-in na Booking.com
ALUGUEL DE CARRO em até 12x sem juros no cartão sem IOF ou com 5% de desconto no boleto. Compare preços das locadoras no Rentcars.com
COTAÇÃO DE SEGURO VIAGEM em até 12x ou com desconto no boleto. Compare preços de várias seguradoras no Seguros Promo. Use nosso cupom de desconto: VIDASEMPAREDES5
VOCÊ GANHOU R$130 em créditos de viagem para usar na primeira reserva no Airbnb
CHIP DE INTERNET com plano de dados para 140 países e conexão ilimitada. Garanta frete grátis com o cupom RBBVGRATIS e viaje conectado com a EasySim4U
INGRESSO antecipado para atrações e eventos no mundo inteiro com melhor preço, comodidade e segurança com a Get Your Guide
Ao reservar com nossos parceiros nos links citados acima, recebemos uma pequena comissão. Você garante os melhores serviços e preços, não paga a mais por isso e ainda ajuda a gente a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3

Cataratas do Iguaçu: dicas para visitar o Parque Nacional (Brasil)
Data da viagem: novembro de 2017

 
por Camila Coubelle

 

span>

As dicas te ajudaram?

 Pra não perder nenhuma informação ou roteiro, fale com a gente no FACEBOOK, INSTAGRAM, PINTEREST ou YOUTUBE

Sobre Vida sem Paredes

Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa.
Adicionar a favoritos link permanente.

10 Comments

  1. Oh lugar maravilhoso!!!!!
    realmente é bom passar repelente e usar capa, eu não pude ir no finalzinho da plataforma pq tava com short claro e sem capa!
    E os quatis tentaram roubar minha bolsa hahaha

  2. Já tinha lido posts sobre as cataratas mas nunca um tão completo. Não fazia ideia que o parque era tão grande e precisava de andar de autocarro (ônibus) para chegar aos principais pontos. Que lindo!

  3. As Cataratas do Iguaçu são lindas, o passeio todo pelas trilhas é maravilhoso, tenho muita vontade de voltar, até porque quando fui não estava com muita vazão.

    • Já a gente quer voltar em uma época com menos vazão, pq nem conseguimos ir na Isla San Martin por causa dos nível elevado das águas. São duas paisagens completamente diferentes dependendo da vazão!

  4. Eu amei demais conhecer foz e as cataratas! ótimo post 🙂

  5. As cataratas são magníficas. Me senti tão próxima a natureza. Não tinha me atentado aos diferentes nomes das trilhas. Sempre bom saber! Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *