Início AMÉRICA DO SUL O que fazer em Puerto Iguazú, cidade das cataratas argentinas

O que fazer em Puerto Iguazú, cidade das cataratas argentinas

Puerto Iguazú é a simpática cidade da província de Misiones, na Argentina, que faz fronteira com o Brasil e é muito conhecida pelas cataratas argentinas. Fica a cerca de 18 quilômetros da região das Cataratas do Iguaçu, na área da Tríplice Fronteira, juntamente com Foz do Iguaçu, no Brasil, e Ciudad del Este, no Paraguai, separadas apenas pelos Rios Iguaçu e Paraná, respectivamente.

A cidade é uma alternativa a mais de passeio para quem visita Foz do Iguaçu. É fácil chegar, se comunicar e ainda oferece algumas atrações como cassinos e compras na Duty Free Shop.

Conheça as atrações de Puerto Iguazú, confira as dicas, o que fazer na cidade, como chegar, com que dinheiro pagar e tudo mais!

O que fazer em Puerto Iguazú: dicas de atrações
O que fazer em Puerto Iguazú: Parque Nacional

Você sabia?

Além das cataratas, Puerto Iguazú é uma ótima pedida para comprar excelentes vinhos argentinos a preços mais amigáveis, bem como produtos locais como doce de leite, azeites, azeitonas e os deliciosos alfajores. E claro, para saborear as carnes nobres de uma parrilla argentina.

A maioria dos estabelecimentos aceita reais, mas saiba que há casas de câmbio na Av. das Cataratas, em Foz, a caminho de Puerto Iguazú.

Como chegar em Puerto Iguazú

Estando em Foz do Iguaçu, o acesso é por meio da Ponte Internacional Tancredo Neves, que une a rodovia BR-469 em Foz do Iguaçu, à RN 12, em Puerto Iguazú, na Argentina. É muito fácil circular de táxi, ônibus ou transfers. A viagem leva cerca de meia hora.

ATENÇÃO: A cidade de Puerto Iguazú cobra uma taxa de visitação de 50 pesos argentinos (cerca de R$ 5 – ago/2019) por pessoa, que deve ser paga em pesos no controle de acesso ao cruzar a fronteira com a Argentina.

As empresas de ônibus que fazem o trajeto são a Viação Itaipu, Crucero del Norte e Rio Uruguai (antiga Tres Fronteras), com horários de ida a partir das 7h da manhã. A viação Itaipu tem ônibus de meia em meia hora, e as outras duas, de hora em hora.

De ônibus nós usamos as linhas executiva da Crucero del Norte (R$10) e circular da Itaipu (R$5). Ambas passam na Avenida das Cataratas e no Parque Nacional de Foz do Iguaçu a cada 30 ou 60 minutos, dependendo da viação.

Quem sai do centro pode pegar o ônibus na rua ao lado do Terminal de Transporte Urbano, na Avenida Mem de Sá (procure pela placa ou informe-se por ali).

Mas saiba que o último horário que sai do Terminal de Puerto Iguazú é às 20h30. Então, se quiser aproveitar a noite dos hermanos, a volta deverá ser de táxi ou transfer.

Uma opção muita usada é o transfer. É possível contratar o serviço de transfer para as cataratas argentinas, um city tour em Puerto Iguazú, e uma noite na Argentina.

De táxi, os preços giram em torno de R$ 80 a R$ 100 na ida a partir de Foz (não fomos de táxi). A corrida dos hermanos é negociável e mais barata e nos custou R$ 50 e R$ 60 (nov/2017) nos dois dias que voltamos de noite de Puerto Iguazú para Foz do Iguaçu, a partir de diferentes pontos da cidade.

Se você estiver de carro alugado, lembre-se de tirar o seguro Carta Verde, que  é obrigatório para cruzar a fronteira do Brasil e Argentina de carro. Solicite em Foz do Iguaçu mesmo, no escritório que fica no caminho para a Argentina, na Avenida Mercosul, 101.

Precisa alugar um carro? Compare os preços das principais locadoras, pague em reais sem IOF e parcele sem juros no cartão, ou garanta 5% de desconto no boleto à vista no Rentcars.com.

>> IMPERDÍVEL <<

Salto de paraquedas e passeio de helicóptero em Foz do Iguaçu

Cruzando a fronteira para Puerto Iguazú

Para cruzar a fronteira, é preciso estar com o RG em mãos (em bom estado de conservação e com menos de 10 anos de expedição). Na ida, o ônibus para e todos os passageiros descem e atravessam a pé. É preciso passar pelo escritório da imigração e entrar no ônibus novamente lá na frente. Isso leva só 5 minutos.

Se você for só para a Duty Free nem precisa esperar o ônibus, pode ir a pé, pois são poucos metros.

Onde se hospedar em Puerto Iguazú

Puerto Iguazú tem boa oferta de hospedagem, com hotéis dos mais simples aos sofisticados, camping, resorts, pousadas, tanto no centro quanto na Ruta 12.

Confira todas as opções, fotos e preços e reserve sua hospedagem em Puerto Iguazú ou em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura, com opções de cancelamento gratuito e pagamento no check-in através da Booking.com.

Entretanto, a maioria dos brasileiros que visita Puerto Iguazu prefere ficar em Foz, cidade vizinha. Confira nosso artigo completo sobre Foz do Iguaçu, ou confira ofertas de hospedagem em Foz.

Quantos dias para visitar Puerto Iguzú?
 

Dia 1: Parque Nacional Iguazu

Dia 2:  Marco das Três Fronteiras + Dutty Free + La Ferinha + Vinotecas + Restaurante

OBS.: as atrações do dia 2 também podem ser visitadas à noite, depois de ter passado o dia inteiro em Foz, divida em 2 ou 3 noites. Se quiser conhecer todas as atrações do Parque Nacional, dedique dois dias, pois ele é muito grande.

O que fazer em Puerto Iguazú, cidade argentina das cataratas

Apesar dos seus poucos mais de 80 mil habitantes, achamos que Puerto Iguazú tem uma cara de cidadezinha pequena. E detalhe: a cidade funciona “melhor” à noite, período em que tem mais estabelecimentos abertos e muito mais visitantes.

Tanto que muitos dos City Tours em Puerto Iguazú oferecidos pelas agências de Foz com são noturnos.

>> As agências em Foz do Iguaçu oferecem translado para os pontos turísticos de Puerto Iguazú.

1. Parque Nacional Iguazú

É claro que a gente abre a lista de atrações em Puerto Iguazú com o principal ponto turístico de lá. O Parque Nacional Iguazú existe desde 1934. Foi criado para conservar as Cataratas do Iguaçu, um dos monumentos naturais mais extraordinários do planeta. Tanto que são Património Mundial da UNESCO, desde 1984, e uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza, desde 2011.

Com um clima que favorece uma biodiversidade única, são 67 mil hectares de mata salpicada por mais de 270 quedas, além de várias trilhas, circuitos e pontes, que facilitam a visita. Entre tantas atrações dentro do parque, destaca-se a Garganta do Diabo, que é difícil encontrar palavras para descrever.

Eu acho que o parque nacional dos hermanos tem mais atrativos e impressiona mais que o Parque Nacional do Iguaçu, no lado brasileiro.

O acesso a partir de Puerto Iguazú é pela Ruta Nº12. São 17 quilômetros do centro e é fácil chegar de ônibus, táxi ou transfer. O parque funciona das 8h às 18h, tem guarda-volumes, caixas eletrônicos, restaurantes, lanchonetes e ótima infraestrutura.

>> Leia também: Tudo sobre o Parque Nacional Iguazú

  • Ingresso: 640 pesos (cerca de R$ 55 – ago/2019)
  • Importante: a bilheteria não aceita reais, o pagamento só pode ser feito em pesos. Uma dica é comprar o ingresso antecipado no site oficial, evitando filas. Ou melhor ainda, reservar o Tour Completo com transporte + ingresso + guia, parcelado em até 12x, e assim, não ter que se preocupar com nada.
O que fazer em Puerto Iguazú: dicas de atrações
A Garganta do Diabo

O que fazer em Puerto Iguazú: dicas de atrações
Um dos cartões-postais das cataratas

O que fazer em Puerto Iguazú: dicas de atrações
Entrada do Parque Nacional Iguazú

2. La Feirinha de Puerto Iguazú

Feiras locais são a melhor forma de conhecer produtos típicos, tradições e cultura do lugar. A gente adora feiras e não ia perder a chance de visitar essa. A feirinha do centro de Puerto Iguazú é simples e pequena, mas tradicional e cheia de turistas brasileiros e do mundo todo.

Doce de leite, embutidos, queijos e vinhos vemos aos montes nas barraquinhas. O que ninguém deixa de comprar é o alfajor. A caixa da marca La Recoleta com 12 unidades custa R$ 22, mas chorando um pouquinho você consegue levar por R$ 20.

Azeitonas e azeites têm em todas as barracas, e você pode provar. As azeitonas são especiais e curtidas no alho, chimichurri ou pimenta. E por falar em chimichurri, também vale a pena comprar lá! Os azeites são vendidos até em garrafas de 5 litros, a R$ 50.

A feira começa por volta das 16h, hora boa para beber uma cerveja argentina com algumas empanadas. Isso mesmo, tem praça de alimentação com delícias locais.

>> Leia também: Visitando a Feirinha de Puerto Iguaú

  • Onde? Av. Brasil, Puerto Iguazú, Misiónes, Argentina
O que fazer em Puerto Iguazú: dicas de atrações
As azeitonas deliciosas da Feirinha de Puerto Iguazú

O que fazer em Puerto Iguazú: dicas de atrações
La Feirinha

3. Marco das Três Fronteiras (Hito Tres Fronteras)

O local é visitado por representar a Tríplice Fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai. Lá há a Praça do Marco, um obelisco e mirante com vista para os rios e as terras tupiniquins e guaranis.

O barato é ver o pôr do sol de lá, por volta das 19h, ou assistir ao espetáculo de sons, luzes e águas, que dura cerca de 10 minutos e acontece diariamente às 20h, 21h e 22h.

A atração conta com feira de artesanato local, banheiros pagos, parquinho e tem sempre táxis e ônibus circulando por ali.

Para chegar, além dos táxis, há uma linha de ônibus que passa no centro, com nome “Marco das Três Fronteiras” que leva até lá (R$ 5 – nov/2017).

  • Onde? Final da Avenida Costanera
O que fazer em Puerto Iguazú: dicas de atrações
À direita, o Marco das Três Fronteiras do lado brasileiro. À esquerda, o paraguaio.

O que fazer em Puerto Iguazú: dicas de atrações
Monumento no Marco das Três Fronteiras

4. Compras na Duty Free Shop

A loja conhecida mundialmente fica a poucos metros da fronteira com Brasil e é quase um parque de diversões. Chegamos lá por volta das 18h e quando vimos, já passava das 21h. A gente se distraiu e muito com os setores da loja – bebidas, comidas, roupas, eletrônicos, perfumaria e cosméticos, artigos de viagem, decoração e brinquedos.

Algumas coisas valem a pena, outras não, e sempre tem produtos em promoção.

Lembre-se: a Duty Free Shop de Puerto Iguazú funciona das 10h às 21h (horário da Argentina, que é 1h a menos durante nosso horário de verão), os caixas aceitam pagamento em reais, pesos argentinos, dólares e cartões de débito ou crédito, e você só pode cruzar a fronteira com no máximo U$ 300, em compras.

>> Leia também: Como são as compras no Duty Free de Puerto Iguazú

  • Onde? Ruta Nacional 12 – km 1.645,5 | site
O que fazer em Puerto Iguazú: dicas de atrações
Fachada iluminada

O que fazer em Puerto Iguazú: dicas de atrações
Não é permitido fotografar do lado de dentro, então… não temos muitas fotos para mostrar.

5. Bar de Gelo (Ice Bar)

Essa é uma atração muito visitada em Puerto Iguazú. O bar todo feito de gelo oferece um casaco especial para você não congelar a -10º. E durante os 30 minutos os garçons servem rodadas de bebidas destiladas, como vodka, whisky, drinks, etc. É open bar no polo norte!

Fica na estrada para as cataratas, abre diariamente, das 14h às 00h e funciona também como um bar “normal”. Nós não conseguimos entrar porque não estavam passando cartão no dia e nosso dinheiro em espécie não dava. Custa 450 pesos argentinos (ago/2019) ou R$ 60 e dá para comprar o ingresso em agências ou hotéis de Foz do Iguaçu, ou reservar pelo antecipadamente o tour com ingresso + transporte.

  • Onde? Ruta 12 km 5 | site
O que fazer em Puerto Iguazú: dicas de atrações
Entrada do Ice Bar

6. Cassinos

Ao contrário do Brasil, os jogos de azar são liberados no país vizinho e Puerto Iguazú tem alguns cassinos disputados pelos visitantes, com seus drinks, máquinas, shows e pela atmosfera, claro. O Iguazu Grand Resort Spa & Casino, na Ruta 12, é o mais luxuoso deles, mas há outras opções.

Lembre-se: ande sempre com seu documento de identidade com menos de 10 anos de expedição.

7. Restaurantes e Parrilla Argetina

Tradicional por seus deliciosos cortes nobres, a Argentina é salpicada de restaurantes especializados em carnes assadas na brasa. Logo que se entrada em Puerto Iguazú, na Avenida Victoria Aguirre há vários restaurantes, incluindo o tradicional El Quincho del Tio Querido, onde também tem show de tango.

Outras opções são o AQVA Restaurant, Il, La Rueda 1975, La Rueda, Fratello, De La Fonte, La Toscana Trattoria (para quem quer aliar o bife de chorizo argentino à gastronomia italiana), e vários outros.

As especialidades são a parrillada argentina, o bife de chorizo argentino (nosso contrafilé), baby beef e todos têm ótimas cartas de vinhos.

>> Leia também: Carnes e show de tango no Restaurante El Quincho del Tío Querido

O que fazer em Puerto Iguazú: dicas de atrações
Bife de Chorizo Argentino no El Quinho del Tío Querido

O que fazer em Puerto Iguazú: dicas de atrações
A carta de vinhos é excelente

8. Vinotecas

Outra coisa que se vê aos montes em Puerto Iguazú são as vinotecas, lojas especializadas em vinhos, com garrafas de vinícolas de todos os cantos e terroirs do país, e de outras partes do mundo.

Os preços são ótimos, a partir de R$ 15 e tem aquela promoçãozinha para caixas fechadas.

A La Vinoteca de Don Jorge e a Vinoteca Caminos Wine Boutique são as principais, mas há opções em cada esquina, e algumas oferecem degustação.

Viu como tem muito o que fazer em Puerto Iguazú? Coloque no roteiro!

por Camila Coubelle

 

Resolva sua viagem aqui
OFERTAS DE HOSPEDAGEM no mundo inteiro com reserva rápida e segura, opções de cancelamento gratuito e pagamento só no check-in com a Booking.com.
ALUGUEL DE CARRO em até 10x no cartão, sem IOF, ou com 5% de desconto no boleto. Compare preços das locadoras no buscador Rentcars.com.
COTAÇÃO DE SEGURO VIAGEM em até 12x ou com desconto no boleto. Compare preços de várias seguradoras no Seguros Promo, já com nosso cupom de desconto VIDASEMPAREDES5 aplicado.
VOCÊ GANHOU R$350 em créditos de viagem para usar na primeira reserva no Airbnb.
PASSAGEM AÉREA em promoção e até 12x no Viajanet, ou com até 25% OFF e 6x no Passagens Promo.
CHIP DE INTERNET com plano de dados para mais de 100 países e conexão ilimitada com a EasySim4U ou a Viaje Conectado.
INGRESSO antecipado para atrações, eventos, passeios e transfer no mundo inteiro com melhor preço, comodidade e segurança com a GetYourGuide ou a TourOn.
Ao reservar com nossos parceiros nos links citados acima, recebemos uma pequena comissão. Você garante os melhores serviços e preços, não paga a mais por isso e ainda ajuda a gente a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3



As dicas do vida sem paredes te ajudaram?

Então fale com a gente no FACEBOOK, no INSTAGRAM, no PINTEREST ou no YOUTUBE.
Vida sem Paredeshttps://vidasemparedes.com.br/
Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa. Aqui você encontra muitas dicas, roteiros, guias de destinos incríveis pelo mundo. A gente divide nossas experiências para inspirar as suas.

19 COMENTÁRIOS

  1. olá, vcs sabem se tem algum onibus do paraguai para Puerto? vou estar em foz, mas em um dos dias gostaria de ir de manha pro paraguai e a tarde para Puerto

    • Oi Jessica. Infelizmente, não sei dizer se existe esse ônibus direto, mas como é preciso passar dentro do Brasil para ir de Ciudad del Este para Puerto Iguazú, se não houver ônibus, será tranquilo pegar as 2 linhas, parando no terminal do centro de Foz do Iguaçu. Abraços e aproveite!

  2. Olá Fernanda!
    Os dias 1 e 2 estão legais, mas o dia 3 ficaria bem corrido…. o parque do lado argentino é maior que o do lado brasileiro e seria mais complicado de conciliar com o o Paraguai. Nós ficamos um dia inteiro no parque argentino e ainda faltou coisa. Eu trocaria os parques, por exemplo, dia 2, manhã no Paraguai, e tarde no Parque das Aves Parque das Cataratas, e dia 3 inteiro para o Parque das Cataratas da Argentina.

    Abraços

  3. Olás meninas!
    Vocês acham que um roteiro assim, funcionaria:
    dia 1: a tarde: Itaipu e divisa 3 países / noite: algum passeio na argentina (churrascaria, restaurante do gelo, noite de tango….) dia 2: cataratas lado brasileiro parque das aves / noite: argentina ou passeio em foz dia 3: paraguai de manha tarde Cataratas lado argentino / noite: jantar dia 4: retorno

    Agradeço desde já e parabéns pelo blog!

  4. Parabéns pelo blog, muito bom de se ler, ótimas dicas. Apenas uma correção, a cota permitida para entrar no Brasil (via terrestre) é de apenas 300 dólares, e não 500 como descrito no blog.

  5. Oi Dianne! Obrigada pelo carinho, e que bom saber que estamos ajudando!
    Acho que uns 5 dias você consegue conhecer tudo.
    Precisa de um dia inteiro no Parque Iguazú (AR), já o Parque Iguaçu (BR), um turno dá. Aí vai depender dos seus interesses, por exemplo, eu fui só um turno (tarde) no Paraguai, mas se você pretende comprar muita coisa lá, pode precisar de mais tempo, e as lojas fecham cedo. Passei um dia em Itaipu, fazendo mais de um passeio lá dentro (são 8 no total), com uma passadinha no Templo Budista, que é perto. Meu roteiro foi assim:
    Dia 1: chegada de manha, tarde no Paraguai
    Dia 2: Parque das Aves, Parque Iguaçu; por volta das 15h30 fui para Puerto Iguazú – Feirinha, Marco das 3 Fronteiras, Dutty Free
    Dia 3: dia no Parque Iguazú, noite no Bar de Gelo, Restaurante El Quincho
    Dia 4: Templo Budista, Usina de Itaipu
    Dia 5: Museu de Cera de manhã, viagem de volta

    Qualquer dúvida, pode perguntar!
    Abraços

  6. Boa noite, Camila!
    Você acha que são necessários quantos dias, no mínimo, para conhecer a Tríplice Fronteira (Foz, Ciudade del Leste e Puerto Iguazú)?
    Obrigada e parabéns pelo Blog (comecei pesquisando sobre Capitólio e já estou aqui rs)!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.