• Pacotes para Trilha Inca Machupicchu e Trilha Salkantay

Carimbando o Passaporte Cultural Rio

O Passaporte Cultural do Rio de Janeiro é aquele tipo de iniciativa que estimula a gente a visitar os atrativos culturais da cidade maravilhosa e colecionar lembranças. Acho que daqui um tempo, quando eu encontrar meu Passaporte Cultural guardado, abrir suas páginas e olhar aquele carimbo meio borrado, vou trazer de volta à memória o momento de cada um deles.

Vida sem Paredes - Passaporte Cultural RJ (8)

Quando eu cheguei ao Quiosque da Cinelândia para retirar meu Passaporte Cultural tinha uma pequena fila, com pessoas de todas as idades e até um bebê no colo da mãe. Todos ali buscavam o desconto, a gratuidade, ou simplesmente a recordação, como eu. A cada museu, espetáculo, show ou evento nos espaços do Rio de Janeiro até setembro de 2016, mais um carimbinho para o acervo. Um incentivo lúdico ou uma coleção de memórias, como eu gosto de chamar, o legal é reunir o maior número possível.

E foi assim que começou o dia. Com o Passaporte Cultural em mãos, parti para o MAR – Museu de Arte do Rio, onde obteria meu primeiro carimbo.

Do mirante no 6º andar, já o primeiro “carimbo” na minha memória: uma vista linda do vizinho Museu do Amanhã, da Praça Mauá e da Baía de Guanabara ao fundo, emoldurando o vai e vem de pessoas de várias partes do Brasil do jeito mais carioca possível. Descendo as escadas, as exposições com seus jogos de formas que prendem a atenção vão revelando histórias interessantes.

Vida sem Paredes - Passaporte Cultural RJ (2)

MAR – Museu de Arte do Rio

Vida sem Paredes - Passaporte Cultural RJ (1)

MAR – Museu de Arte do Rio

O segundo carimbo, no Museu do Amanhã, rendeu ainda mais história pra contar. Ainda na fila para retirar o Passaporte Cultural, acabei abordada pelo pessoal da TV NBR que ia fazer uma matéria sobre o assunto. Logo depois do almoço, entrei no Museu do Amanhã sob o registro divertido das câmeras, acompanhada pela repórter Carolina e pela assessora de imprensa do Museu, a Juliana.

Passaporte Cultural RJ

Museu do Amanhã

Vida sem Paredes - Passaporte Cultural RJ (4)

Museu do Amanhã

Enquanto eu registrava as imagens do museu na memória, eles registravam as imagens dessa turista que se impressiona facilmente com cores e movimento. E isso o Museu do Amanhã tem de sobra. Tudo se mexe, muda de cor, e a gente pode mexer ou só observar. A palavra é INTERATIVIDADE. Vamos combinar, né? Assim, fica tudo mais atrativo e leve. Quando dei por mim já era fim de tarde.

Hora de ver o pôr do sol colorindo as águas do mar de laranja. Por ali, ainda muita gente, crianças correndo, músicos de rua e um brinde ou outro, finalizando o dia, ou dando início à curtição da noite.

Vida sem Paredes - Passaporte Cultural RJ (5)

Praça Mauá

No dia seguinte, um oposto extremo: depois do Museu do Amanhã, o último inaugurado no Rio de Janeiro, o destino era o museu mais antigo do Rio e do Brasil, o Museu Nacional, inaugurado em 1818. Um lugar para se perder, literalmente, em seu acervo de história natural e antropológica que o coloca na posição de maior da América Latina. Não adianta, ao visitar pela primeira vez, você vai se perder entre os inúmeros salões interligados de uma forma meio labiríntica que te conduz entre séculos. De múmias a dinossauros, muita coisa interessante para se ver e ler.

Vida sem Paredes - Passaporte Cultural RJ (7)

Museu Nacional

Vida sem Paredes - Passaporte Cultural RJ (6)

Museu Nacional

 

Como conseguir seu Passaporte Cultural:

Basta fazer o cadastro no site e retirar em um dos dois quiosques, um na Cinelândia, em frente à estação do Metrô, outro no Terminal Alvorada na Barra da Tijuca, ou no Centro Cultural Banco do Brasil, no centro do Rio. Mas também é possível receber pelos Correios.

O Passaporte Cultural é gratuito para brasileiros e válido até o final de setembro desse ano. Ele dá direito a descontos ou gratuidade em espetáculos, exposições, shows e eventos que se espalharão pelos teatros, museus, centros culturais, lonas, arenas e bibliotecas do Rio de Janeiro, inclusive em alguns serviços, como o metrô. Com o meu Passaporte, eu comprei dois tíquetes do metrô por R$ 7,00 no sábado (sem o Passaporte seria R$ 8,20), e consegui desconto nas entradas dos museus. No site do Passaporte Cultural é possível conferir a programação e os endereços de todas as atrações.

 

Museu Nacional

  • Quinta da Boa Vista, São Cristóvão
  • Diariamente de 10h às 17h (entrada até às 16h) e de 12h às 17h às segundas
  • R$ 6,00 inteira / R$ 3,00 meia
  • museunacional.ufrj.br

MAR – Museu de Arte do Rio

  • Praça Mauá, 5, Centro
  • Terça a domingo de 10h às 17h (entrada gratuita às terças)
  • R$ 10,00 inteira / R$ 5,00 meia (confira todos os públicos que têm direito à meia entrada ou gratuidade no site)
  • museudeartedorio.org.br

Museu do Amanhã

  • Praça Mauá, 1, Centro
  • Terça a domingo de 10h às 18h (sujeito à lotação: confira a respeito no site)
  • R$ 10,00 inteira / R$ 5,00 meia (confira todos os públicos que têm direito à meia entrada ou gratuidade no site)
  • museudoamanha.org.br

Curta a nossa página e acompanhe nossas dicas de viagem:

 

Em breve, a gente conta mais sobre outros carimbos do Passaporte Cultural do Rio de Janeiro aqui no Vida sem Paredes. Acompanhe!

Enquanto isso, confira nosso relato ilustrado do trecho que fizemos da Trilha Transcarioca, também no Rio.

Ah, e deixo um agradecimento especial para a galera do Caveiras da Montanha, que me deu a dica do passaporte. Valeu!

 

E você? Também coleciona carimbos? Conta pra gente nos comentários!

 

Quando: Maio de 2016

Por Camila Coubelle

Sobre Vida sem Paredes

Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa.
Adicionar a favoritos link permanente.

Um Comentário

  1. Pingback:8 motivos para visitar o Museu do Amanhã | Vida sem Paredes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *