Vila de Trindade (RJ): como chegar nas praias, dicas e roteiros

Atualizado em

Trindade é um dos cartões-postais de Paraty, cidade no litoral sul do Rio de Janeiro, localizada na região conhecida como Costa Verde. A vila de pescadores é destino certo de mochileiros e surfistas, que dão ao lugar um clima bem “roots” e legal para curtir um fim de semana ou alguns dias de férias.

O vilarejo está a 24 quilômetros de Paraty e faz parte da Área de Proteção Ambiental do Cairuçu. As praias são bem preservadas e algumas delas não têm suporte de bares ou barracas. O visual e as águas cristalinas são o chamariz e o charme de Trindade.

Para curtir o melhor da região, nós organizamos um guia com todas as praias de Trindade, como chegar em cada uma delas e dicas de onde se hospedar na vila. Confira!

Como é a vila de Trindade

A vila de trindade é bem pequena e é possível (e recomendado) explorar o centrinho a pé. Muitos fazem bate-volta a partir de Paraty, o que é um programa muito legal também, já que dá para caminhar pelas praias mais próximas e conhecer um pouco de cada.

É na Rua Principal que está a maioria dos restaurantes, bares, lanchonetes, estacionamentos (muitos!) e algumas pousadas. Se você pretende passar alguns dias em Trindade, escolha uma hospedagem com estacionamento gratuito, pois não há espaço para estacionar nas ruas e alguns estacionamentos cobram um valor elevado pelo pernoite.

Como nem todas as praias têm estrutura de barracas, você também pode optar por levar lanches e bebidas em coolers, comprando tudo nos mercadinhos da vila. Isto, desde que não deixe seu lixo na praia, né?

A maioria dos estabelecimentos aceita cartão de crédito e débito, mas é bom levar algum dinheiro por segurança. Não há caixas eletrônicos ou bancos em Trindade e o posto de gasolina mais próximo está a 11km.

Trindade
Chegada na vila de Trindade

Como chegar em Trindade

Paraty está praticamente no meio do caminho entre São Paulo, a 264km, e Rio de Janeiro, a 260km, e os aeroportos de ambas as capitais recebem voos diários de várias partes do Brasil. A partir do aeroporto de desembarque você pode optar por seguir até Paraty e Trindade de carro ou de ônibus.

 

De carro: Partindo de São Paulo, basta seguir pela Via Dutra (BR-116) até Guaratinguetá, pegando a BR-459 em seguida. Outra alternativa é ir pela Rio-Santos (BR-101), que é mais demorada, mas tem uma linda vista da costa. Quem sai do Rio de Janeiro, faz todo o caminho pela BR-101.

O trajeto de Paraty para Trindade é pela Rio-Santos. A estrada é asfaltada, bem sinalizada e com um longo trecho de serra.

Se precisar alugar um carro a gente recomenda esse comparador de preços online. Com ele fica mais fácil encontrar o melhor preço e o melhor serviço entre as locadoras, ainda dá para parcelar e sempre tem promoções.

 

De transfer: Confira as opções de transfer a partir dos aeroportos Galeão e Santos Dumont, no Rio de Janeiro (ida e volta), e Guarulhos, em São Paulo (ida e volta).

 

De ônibus: Quem sai do Rio de Janeiro deve utilizar as linhas de ônibus da Viação Costa Verde, com vários horários por dia a partir da Rodoviária Novo Rio. A viagem tem duração de cerca de 4h30. Já quem sai de São Paulo faz o trajeto pela Viação Reunidas, também em vários horários e com duração de 6 horas.
Saindo de Juiz de Fora, Minas Gerais, é preciso seguir até Angra dos Reis pela Viação Útil e, no terminal rodoviário, pegar um ônibus (Viação Costa Verde) até Paraty. As saídas do terminal de Angra são a cada 30 minutos.

De Paraty, o ônibus urbano sai do terminal rodoviário, no centro da cidade. A tarifa para Trindade é de R$ 5,00 (jul/2019) e o trajeto dura cerca de 45 minutos. Consulte horários das linhas de ônibus em Paraty e Trindade.

mapa Trindade rj
Clique para ver melhor o mapa de praias da região

Onde se hospedar em Trindade

A vila de Trindade é pequena e bastante rústica. As opções de hospedagem são simples, porém aconchegantes e a poucos metros das praias.

 

Pousada Cachadaço, por exemplo, tem quartos para famílias e fica no centro da vila. A Pousada Filhos da Terra tem estacionamento gratuito, salão de jogos e está bem perto das praias.

Na Rua Principal está a Pousada Dois Irmãos, que oferece piscina e quartos com vista para um jardim. A Pousada Cabeça do Índio conta com serviço de quarto e tem portaria 24h.

Se você é da vibe dos hostels, vai encontrar boas opções em Trindade. Como o Ti Hostel Trindade, com quarto compartilhado misto, área comum e bom custo-benefício. Já o Samblumba Hostel Trindade, oferece balcão de turismo, tem cozinha compartilhada, serviço de câmbio para estrangeiros e quartos privativos ou compartilhados.

Confira as ofertas de hospedagem em Trindade, e reserve de maneira rápida e segura. Veja, inclusive, algumas opções com cancelamento gratuito e pagamento no check-in.

Melhor época para visitar

O verão, entre dezembro e março, é alta temporada na região e Trindade fica LO-TA-DA no réveillon e no carnaval. Mas é no verão, no entanto, que as chuvas são mais frequentes e podem atrapalhar um pouco a viagem.

Por estar cercada por serras, os meses de outono e inverno são mais frios e, consequentemente, tudo está um pouco mais vazio – e até mais barato.

Se quiser fugir da muvuca e ainda pegar um calorzinho em Trindade, o ideal é ir na primavera, nos meses de setembro e outubro.

Quantos dicas ficar em Trindade

A decisão de quantos dias ficar em Trindade vai depender do tipo de viagem que você curte. Se quiser apenas conhecer as praias, 2 dias são suficientes, um para as praias do centro e outro para a Praia do Sono. Mas se quer ficar um pouco nas praias que são mais legais e aproveitar também o centrinho, é legal dedicar de 3 a 4 dias. Em um bate-volta saindo de Paraty também é possível curtir um pouco da vibe de Trindade e visitar algumas atrações. Confira nossas sugestões de roteiro:

 

2 DIAS:

DIA 1 – Manhã: Praia do Cepilho (almoce no quiosque da praia) + Praia do Rancho e Praia do Meio (só de passagem) / Tarde: Praia do Caixa D’aço e Piscina Natural do Caixa D’aço

DIA 2 – Praia do Sono (indo pela trilha e voltando de barco ou ida e volta de barco)

 

DE 3 A 4 DIAS:

DIA 1 – Praia do Sono + Praia de Antigos e Antiguinhos (indo pela trilha e voltando de barco ou ida e volta de barco)

DIA 2 – Praia do Cepilho + passeio pelo centrinho + Praia do Rancho

DIA 3 – Praia do Meio + Praia do Caixa D’aço e Piscina Natural do Caixa D’aço

DIA 4 – Jeep Tour nas cachoeiras

Praias de Trindade: como chegar

Praia Brava

A praia fica no caminho para Trindade. Do lado esquerdo da pista há um pequeno estacionamento, onde se deve deixar o carro e descer por uma trilha de cerca de 15 minutos. Como o próprio nome sugere, a praia é brava e de ondas fortes, a visitação é bem menos movimentada e menos comercial.

Praia do Cepilho

Antes de chegar à vila, ainda na estrada, somos recepcionados pela linda praia do Cepilho. Há estacionamento e um quiosque do lado esquerdo da pista.

Apesar de linda, a praia não é indicada para crianças e idosos por causa da forte correnteza. Tem uma barraca na beira da praia com vista ótima, bom atendimento e cervejas artesanais.

Praia do Cepilho
Praia do Cepilho é mais vazia e afastada do centro da vila

Praia do Rancho

Essa praia fica bem perto do ponto de ônibus para quem chega na vila. Dá para acessá-la tanto pelo estacionamento (de R$ 20,00 a R$ 30,00 a diária – abril de 2017), quanto pela estradinha bem ao lado. A praia é cheia de quiosques e barzinhos com música ao vivo e areia fica tomada por cadeiras das barracas. É a praia mais central e mais movimentada de Trindade, sempre cheia. Algumas barracas cobram valor mínimo de consumo para o uso de mesas e espreguiçadeiras (em torno de R$ 100,00 por pessoa), outras cobram apenas 10% pelo consumo de comida e bebida.

Com poucas ondas, é ideal para a prática de stand up padle.

Praia do Rancho
Praia do Rancho é cheia e central

Praia de Fora

Assim como a vizinha Praia do Rancho, tem água calminha, boa para mergulho e com estrutura de bares e restaurantes.

Praia do Meio

O ônibus que sai de Paraty para bem na entrada da trilha para a Praia do Meio, também chamada de Praia dos Codós, que fica dentro da vila (para quem vai de carro é possível usar o mesmo estacionamento da praia do Rancho).

A trilha, na verdade, nem poderia ser considerada assim: é só um caminho leve para entrar na praia. O lugar é uma pequena baía de águas calmas e de azul bem clarinho.

Não existe nenhum bar ou quiosque por ali, apenas alguns vendedores ambulantes. Geralmente os turistas levam comidas e bebidas em coolers e passam o dia todo na praia.

Praia do Meio
Praia do Meio é super movimentada

Praia e Piscina Natural do Caixa D’aço

No finalzinho da praia do Meio está a entrada para a trilha que leva ao Caixa D’aço. Basta seguir pela trilha, que tem uma subida forte, mas não é muito extensa.  São cerca de 15 minutos caminhando para chegar até a praia Caixa D’aço. Mas atenção: não é recomendado fazer a trilha se tiver chovido muito.

A areia na praia do Caixa D’aço é clarinha e água muito gelada, sendo que, em alguns trechos, a correnteza é bastante forte.

Seguindo pela praia, chega-se à Piscina Natural do Caixa D’aço. A trilha que leva até lá é bem tranquila, gastando cerca de 10 minutos, ou nem isso. A piscina é cercada por imensas rochas que evitam a quebra das ondas e onde é possível nadar tranquilamente. Se você gosta de mergulhar, leve um snorkel.

Alguns barqueiros oferecem o tour para a Piscina Natural a partir da Praia do Meio de da Praia do Caixa D’aço. O trajeto é rápido e custa R$ 15 por pessoa, ou R$ 30 ida e volta (jul/2019).

Embarcações na Praia do Caixa D’aço
Piscina natural do CaixaDaco
Piscinas naturais do Caixa D’aço

Praia do Sono

Considerada uma das praias mais bonitas de Trindade, é facilmente acessada por barco ou por trilha.

Saindo de ônibus de Paraty é preciso pegar a linha 1040, que sai direto da rodoviária rumo ao condomínio Laranjeiras, onde começa trilha e onde é possível pegar embarcações para a Praia do Sono. O motorista do ônibus costuma indicar onde descer para seguir de barco ou pela trilha.

Se for de carro, siga normalmente para Trindade, mas entre a esquerda no finalzinho da serra – há placas indicando para o condomínio. Há alguns estacionamentos na Vila Oratório, que dá acesso à praia, mas também é possível deixar o carro na rua. Na alta temporada é cobrada uma taxa de R$ 15 a R$ 20, mesmo estacionando na rua.

 

Como chegar na Praia do Sono pela trilha

A trilha para a praia do Sono tem cerca de 3 quilômetros de extensão e nós gastamos 40 minutos para percorrer a estrada sem grandes dificuldades. Quem não tem o hábito de caminhar pode se programar para chegar em até 1h30.

Antes dos últimos metros de trilha já dá para ver a praia de cima. Lugar perfeito para um registro fotográfico, já que a praia é realmente belíssima.

 

Como chegar na Praia do Sono de barco

A partir da entrada da trilha, um Kombi pega os passageiros que queiram fazer a travessia de barco – já que não se pode passar pelo Condomínio Laranjeiras a pé – desembarcando no ponto de onde saem os barquinhos.

Cada trajeto de barco (ida ou volta) custa R$ 30,00 (jul/19), pago somente em dinheiro. Na alta temporada é preciso reservar o horário de volta com os barqueiros na tenda da associação, que fica montada na areia da Praia do Sono.

Chegando de volta no condomínio, é preciso pegar novamente a Kombi que leva para o lado de fora da guarita (esse trajeto de Kombi não tem custo).

 

Cerca de 60 famílias caiçaras vivem na Praia do Sono. Eles se sustentam do turismo sazonal e da pesca. É nas casas desses moradores que estão os bares, restaurantes e campings da Praia do Sono. Se sua intenção for se hospedar por lá, leve sua barraca e aproveite o clima rústico do lugar. O ideal é buscar os campings do meio para o final da praia, já que os primeiros costumam encher muito rápido.

A Praia do Sono faz parte da Reserva Ecológica da Juatinga, uma unidade de conservação de proteção integral do estado do Rio de Janeiro e que abriga importantes ecossistemas da Mata Atlântica. Por isso, é muito importante que os visitantes cuidem para não poluir e não deixar lixo na praia. Respeite a natureza!

>> Leia também: Dicas para a trilha da praia do Sono

praia do sono rj
Foto no fim da trilha da Praia do Sono – Trindade (RJ)
trilha para a Praia do Sono
Início da trilha para a Praia do Sono

Praia de Antigos e Antiguinhos

A trilha para a Praia de Antigos e Antiguinhos começa no final da Praia do Sono. O acesso é íngreme, mas super possível de se fazer (leve um tênis ou uma bota de caminhada).

Para mim, essa é a praia mais bonita de Trindade, talvez por ser menos visitada e mais deserta. Não há bares, barracas ou qualquer estrutura turística. Se a ideia for passar o dia em Antigos ou Antiguinhos, leve água e lanches, mas não esqueça de levar seu lixo de volta.

Praia de Antigos
Praia de Antigos, vizinha da praia do Sono em Trindade

Cachoeiras

Além das praias, Trindade ainda tem várias cachoeiras, acessíveis por trilha e em passeios privados de jeep. A cachu mais procurada é a Pedra que Engole, onde os mais corajosos se jogam para dentro da formação rochosa e saem do outro lado da cachoeira. Além dessa, ainda é possível se aventurar na cachoeira do Escorrega, Poço das Duas Paredes, Cachoeira do Poço Fundo e Cachoeira da Praia Brava.

Agende aqui o seu passeio de Jeep pelas cachoeiras de Trindade.

Dicas para visitar Trindade

– A vila de Trindade é rústica e, tanto os hotéis, quanto os restaurantes são mais simples. Vá preparado (a) para curtir o clima despretensioso do lugar.

– Não esqueça do boné ou chapéu e do protetor solar.

– Se estiver de carro, deixe-o em um estacionamento e circule a pé. A vila é pequena e o trânsito de automóveis fica insuportável em determinadas épocas.

– Não deixe lixo nas praias.

Telefones Úteis em Trindade:

Telefone Comunitário da Praia do Sono: (24) 3373-1904

Informações turísticas: (24) 3371-1897 | 3371-1222

Associação Cairuçu: (24) 3371-4881

 

Outras atrações em Paraty:

O que fazer em Paraty

Passeios em Paraty: melhores roteiros de barco

Como funciona o passeio de escuna em Paraty

 

Gostou das nossas dicas sobre Trindade? Então deixe um comentário e conte pra gente quais são seus planos de uma viagem para lá.

 

por Nange Sá

Resolva sua viagem aqui
OFERTAS DE HOSPEDAGEM no mundo inteiro com reserva rápida e segura, opções de cancelamento gratuito e pagamento só no check-in com a Booking.com.
ALUGUEL DE CARRO em até 10x sem juros no cartão sem IOF ou com 5% de desconto no boleto. Compare preços das locadoras no buscador Rentcars.com.
COTAÇÃO DE SEGURO VIAGEM em até 12x ou com desconto no boleto. Compare preços de várias seguradoras no Seguros Promo, já com nosso cupom de desconto VIDASEMPAREDES5 aplicado.
VOCÊ GANHOU R$130 em créditos de viagem para usar na primeira reserva no Airbnb.
PASSAGEM AÉREA em promoção e até 12x sem juros no Viajanet, ou com até 25% OFF e 6x sem juros no Passagens Promo.
CHIP DE INTERNET com plano de dados para mais de 100 países e conexão ilimitada com a EasySim4U ou a Viaje Conectado.
INGRESSO antecipado para atrações, eventos, passeios e transfer no mundo inteiro com melhor preço, comodidade e segurança com a GetYourGuide ou a TourOn.
Ao reservar com nossos parceiros nos links citados acima, recebemos uma pequena comissão. Você garante os melhores serviços e preços, não paga a mais por isso e ainda ajuda a gente a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3



As dicas do vida sem paredes te ajudaram?

Então fale com a gente no FACEBOOK, no INSTAGRAM, no PINTEREST ou no YOUTUBE.
Compartilhe com os amigos!

Vida sem Paredes

Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa. Aqui você encontra muitas dicas, roteiros, guias de destinos incríveis pelo mundo. A gente divide nossas experiências para inspirar as suas.

Um comentário em “Vila de Trindade (RJ): como chegar nas praias, dicas e roteiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.