Início MÃO NA RODA

MÃO NA RODA

7 tipos de viagem no Brasil de acordo com seu perfil

Como se já não fosse ma-ra-vi-lho-so viajar, ainda temos vários tipos de viagem para vivenciar de acordo com o...

3 destinos místicos para renovar as energias

Um banho revigorante de cachoeira, um lugar que inspira tranquilidade... alguns destinos místicos são perfeitos para quem quer se...

8 destinos de inverno em Minas Gerais

Tem lugares que combinam perfeitamente com o friozinho, e nessa época, os destinos de inverno em Minas Gerais ficam...

4 lugares para acampar no fim de ano

Acampar no fim de ano pode ser uma decisão que você já tomou desde o início do ano, mas...

Passeios em Foz do Iguaçu: os 6 melhores que você precisa fazer

Se engana quem pensa que a viagem termina depois das cataratas. Existem diversos passeios em Foz do Iguaçu capazes...

6 aplicativos de transporte para economizar em viagens

Os aplicativos de transporte são uma das formas mais simples de economizar em suas viagens. Quem planeja viajar sempre...

Melhores aplicativos de foto para ter no celular: montagem e edição

Utilizar aplicativos de foto para personalizar imagens e criar visuais incríveis nas redes sociais são uma tendência. Afinal, quem...

8 cidades para visitar em um mochilão na Bolívia

Organizar um roteiro de mochilão na Bolívia envolve escolhas difíceis. Quais cidades priorizar? Quais atrações vou gostar mais? O...

Salar de Uyuni: guia completo para visitar o deserto de sal na Bolívia

O Salar de Uyuni, na Bolívia, é o maior deserto de sal do mundo. É aquele tipo de lugar...

7 cidades para conhecer no sul de Minas Gerais

“Minas Gerais é um estado de espírito”, é o que dizem por aí. E de fato, as cidades do sul de Minas Gerais são...

4 cidades históricas do Rio de Janeiro

Da praia à serra, da badalação à calma do interior, as cidades históricas do Rio fazem desse estado tão...

10 razões para visitar São Thomé das Letras

São Thomé das Letras é um lugar mágico, não só pela tradição mística, pelas pedras “energizantes”, ou pelo visual, mas também porque lá a gente se sente abduzido para um universo paralelo, cheio de belezas e pessoas realmente felizes. Vale o passeio, vale voltar sempre.