InícioAMÉRICA DO SULCuiabá, MT: o que fazer, onde ficar e dicas

Cuiabá, MT: o que fazer, onde ficar e dicas

Cuiabá, capital do Mato Grosso, é considerada por muitos uma cidade de passagem para quem visita a Chapada dos Guimarães, Pantanal ou Nobres.

Mas saiba que a cidade tem alguns pontos turísticos interessantes e merece 2 dias de visita para conferir esses atrativos.

Confira o que fazer em Cuiabá, onde se hospedar, onde comer e algumas dicas úteis para sua viagem.

cuiaba mt
Centro histórico de Cuiabá, Mato Grosso, tombado como patrimônio brasileiro

Conheça as principais atrações para visitar em Cuiabá e, em seguida, veja mais informações sobre cada uma.

  1. Orla do Porto
  2. Centro Geodésico da América do Sul
  3. Museu do Morro da Caixa D’água
  4. Centro Histórico de Cuiabá
  5. Beco do Candeeiro
  6. Igreja do Rosário e São Benedito
  7. Santuário de Nossa Senhora do Bom Despacho
  8. Parque Mãe Bonifácia

Veja também:

CUIABÁ, MT: O QUE FAZER

Orla do Porto

A Orla do Porto é um dos lugares mais interessantes para visitar na capital mato-grossense. Fica às margens do rio Cuiabá. Inclusive, há um mirante para observar o rio.

E por seus mais de mil metros de extensão estão algumas construções históricas e alguns bares e restaurantes para provar os pratos locais e, principalmente, os peixes do Pantanal.

Algumas opções são:

Orgulho Cuiabano

Lacerda Peixes e Grill

Seu Francisco

Jacá Pier Bar, entre outros bares e restaurantes

>> Voltar ao índice.

orla do porto cuiaba mt
Orla do Porto, com vista para o rio Cuiabá, oferece alguns bares e restaurantes

Centro Geodésico da América do Sul

Esse monumento em Cuiabá marca o ponto central da América do Sul, e por isso é considerado o “coração” do continente.

O Obelisco com cerca de 20 metros de altura fica na Praça Moreira Cabral. Não tem muito o que fazer no local, mas como é um ponto próximo da atração seguinte, vale dar uma passadinha.

  • Rua Barão de Melgaço, Centro Norte.

>> Voltar ao índice.

centro geodesico cuiaba mt
Eu senti uma sensação de desequilíbrio diferente no Centro Geodésico de Cuiabá (risos)

Museu do Morro da Caixa D’água

Esse museu gratuito fica em um reservatório de água construído no século 19, que recebia águas do rio Cuiabá e abastecia a cidade.

O acervo conta com peças que compuseram a própria caixa d’água, além de fotos que contam a história da cidade.

Interessante também é observar a enorme ximbuva, a árvore usada pelos ribeirinhos para a produção de viola-de-cocho.

  • Rua Comandante Cosa, s/n, Centro Sul.
  • Funcionamento: todos os dias, das 8h às 17h.

>> Voltar ao índice.

o que fazer em cuiaba mt
Museu do Morro da Caixa D’água fica próximo ao centro geodésico

Centro Histórico

O Centro Histórico de Cuiabá é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). São mais de 400 imóveis antigos, coloridos, e distribuídos por ruas estreitas.

A dica é circular a pé por ali e parar em alguns pontos de interesse:

– Museu de Imagem e Som de Cuiabá (entrada gratuita);

– Igreja Nosso Senhor dos Passos;

> Voltar ao índice.

cuiaba mt
Centro Histórico de Cuiabá
cuiaba mt
Museu da Imagem e Som de Cuiabá tem entrada gratuita

Beco do Candeeiro

A Rua 27 de Dezembro, conhecida como Beco do Candeeiro, é um dos pontos mais antigos de Cuiabá.

O local está ligado a um acontecimento triste, a chacina de três adolescentes da década de 90, mas foi revitalizado e vale a visita.

Na viela estão diversas lojinhas de artesanato local e bares.

Todas às quintas, às 19h, acontece a encenação Luz Candeeiro, com grupo de siriri e espetáculo de luz e som. A entrada no evento é gratuita.

>> Voltar ao índice.

cuiaba mt
Beco do Candeeiro foi revitalizado recentemente e tem várias lojinhas de artesanato
o que fazer em cuiaba
Passe nas lojas de artesanato do Beco do Candeeiro, no centro histórico de Cuiabá

Igreja do Rosário e São Benedito

Uma das poucas igrejas dedicadas a dois santos, é nela que a cidade de Cuiabá nasceu.

A construção em arquitetura barroca foi construída sobre a mais produtiva mina de ouro da região e é um dos cartões-postais da capital mato-grossense.

  • Praça do Rosário, Centro.
  • Funcionamento: de terça a sexta, das 15h às 17h.

>> Voltar ao índice.

cuiaba mt
Essa igreja de Cuiabá é uma das mais antigas da região

Santuário de Nossa Senhora do Bom Despacho

A igreja está no alto do Morro do Seminário e é uma das primeiras de Cuiabá. Entretanto, o prédio atual com características neogóticas é do início do século 20.

Ao lado do Santuário, visite o Museu de Arte Sacra (R$ 4), que funciona de segunda a sexta, das 13h às 18h.

  • Praça do Seminário, s/n, Dom Aquino.

>> Voltar ao índice.

cuiaba mt
Santuário de Nossa Senhora do Bom Despacho, e Museu de Arte Sacra de Cuiabá

Parque Mãe Bonifácia

Quer conhecer espécies vegetais e animais típicas do Cerrado? Esse é o ponto turístico de Cuiabá perfeito para isso!

Tem ótima estrutura, com banheiros e estacionamento amplo, além de cinco trilhas e cinco postos com equipamentos de ginástica, praça cívica, entre outros.

O ponto alto é o mirante, com uma vista muito bacana da região.

Não esqueça de conferir a história de Mãe Bonifácia: negra, africana, símbolo de resistência, conhecedora das plantas e ervas medicinais.

  • Avenida Miguel Sutil, Duque de Caxias.

>> Voltar ao índice.

>> Outros dois parques em Cuiabá são o Parque Tia Nair e o Parque das Águas.

Outras atrações:

  • SESC Arsenal
parque cuiaba mt
Vista do mirante do Parque Mãe Bonifácia em Cuiabá

Como planejar sua viagem à Cuiabá

Quando ir

A melhor época para visitar Cuiabá é durante o período seco, entre abril e setembro. Faz calor na região o ano inteiro e nessa época, além de menos chances de chuva, as temperaturas estarão um pouco mais amenas.

No entanto, em outros períodos, as chuvas rápidas não atrapalham a visita à Cuiabá.

Como chegar

Como o estado do Mato Grosso é grande e a capital está bem no interior, a forma mais rápida de chegar em Cuiabá é através do Aeroporto Internacional de Cuiabá – Marechal Rondon (CGB).

O Aeroporto de Cuiabá fica em Várzea Grande, município vizinho a cerca de 8km da região central da capital.

O aeroporto recebe voos de diversas partes do país. Confira promoções de passagem aérea para Cuiabá nos sites Skyscanner e Passagens Promo.

As capitais mais próximas são:

  • Campo Grande (Mato Grosso do Sul), a 700km
  • Goiânia (Goiás), a 850km
  • Brasília (Distrito Federal, a 1050km

De ônibus:

De São Paulo, as viações que fazem o trajeto até Cuiabá São a Andorinha e a Gontijo.

De Campo Grande, viação Eucatur. E de Brasília, a viação Expresso São Luiz.

>> Voltar ao índice.

Como sair do aeroporto

De táxi ou Uber.

A Cooperativa de Táxi Térreo fica em frente ao desembarque e funciona 24h. O telefone é (65) 9 9617-8111. O Uber também funciona no aeroporto.

De transfer:

Confira os preços e disponibilidade de transfer ida/volta do aeroporto para os hotéis em Cuiabá na Civitatis.

De carro:

Nós visitamos o destino de carro, o que era fundamental para conciliar com Nobres e Bom Jardim. Achamos bem tranquilo dirigir por lá com ajuda do Waze e das placas informativas da cidade.

Se precisar alugar um carro para visitar Cuiabá e cidades da região, a gente recomenda que você utilize esse buscador que compara preços de diversas locadoras, facilitando a busca pela melhor opção. Ele permite pagamento parcelado e sempre tem promoções.

>> Voltar ao índice.

rio cuiaba mt
Vista do rio Cuiabá a partir do mirante na Orla do Porto

Onde se hospedar

A rede hoteleira de Cuiabá está muito ligada ao turismo de negócios e por isso, os preços ficam mais elevados durante a semana.

A maior concentração de hotéis está localizada no Centro Sul e no Centro Norte, principalmente nos arredores da Avenida Fernando Correa da Costa.

E foi exatamente onde a gente ficou, no Hotel Nacional Inn.

  • O Nacional Inn não impressiona, mas também não desagrada. Está entre os melhores dali e tem academia, piscina e restaurante.
  • Outra opção é o Amazon Plaza Hotel, com as mesmas comodidades e decoração indiana.
  • Quem procura um albergue vai gostar do Dom Bosco Hostel, que tem ótima avaliação e quartos compartilhados.
  • Em estilo mais moderno, o Hotel D’Luca é um 4 estrelas muito bem-avaliado.
  • Pertinho do Parque Mãe Bonifácia, o Hotel Gran Odara é um 5 estrelas com uma das melhores notas na Booking.
  • Se procura um hotel simples, um dos mais econômicos com boa avaliação é o Hotel Tapajós.
  • Veja mais ofertas de hospedagem em Cuiabá.

>> Voltar ao índice.

Onde comer: 5 dicas de restaurantes em Cuiabá

Conheça alguns restaurantes que nos recomendaram na cidade:

  • Lélis Peixaria: imperdível para quem quer saborear peixes do pantanal, no sistema de rodízio.
  • Acácia Cozinha de Família: excelente comida caseira brasileira e local, em ambiente acolhedor.
  • Choppão: para quem quer petiscar e tomar chope gelado, esse é bem tradicional.
  • Restaurante Regionalíssimo: tradicional e considerado um dos melhores para saborear os pratos típicos de Cuiabá.
  • Flor Negra: cozinha contemporânea eleita uma das melhores da cidade, e para ficar perfeito, uma excelente carta de vinhos.

O que comer

Em primeiro lugar, experimente os peixes regionais que estarão presentes em todos os cardápios, desde pratos simples, elaborados, petiscos… são eles: pintado, pacu, piraputanga, piranha, dourado, entre outros.

Um dos pratos que você verá em todos os lugares é o Maria Isabel, arroz branco com carne seca bem temperada. É encontrado desde as versões mais simples às mais requintadas.

Outro tradicionalíssimo é o Mojica de Pintado, um caldo suculento feito com o peixe pintado, mandioca e temperos.

Experimente a Galinhada, que em Cuiabá, leva pequi no preparo, a fruta amarela típica do cerrado.

Prove o bolinho de arroz, o bolo doce mais tradicional da baixada cuiabana, feito do mesmo modo há anos.

Entre as sobremesas, experimente o furrundu, feito com mamão ralado, gengibre, cravo, rapadura e canela.

Mas a culinária regional é saborosíssima e você ainda vai se surpreender com diversas outras opções. Conta pra gente aqui nos comentários qual o prato que você mais gostou!

>> Voltar ao índice.

Leia também:

O que fazer em Nobres, MT

Para finalizar, você sabia que entre os Patrimônios Imateriais Brasileiros no Mato Grosso está o modo de fazer da Viola-de-Cocho, o instrumento típico da região? Você verá um pessoalmente, ou pelo menos fotos do instrumento durante sua viagem.

Viu como Cuiabá merece 2 dias de visita? Esse destino localizado entre o Pantanal e o cerrado pode te encantar.

Espero que nossas dicas de Cuiabá te ajudem. Boa viagem!

por Camila Coubelle



Vida sem Paredeshttps://vidasemparedes.com.br/
Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa. Aqui você encontra muitas dicas, roteiros, guias de destinos incríveis pelo mundo. A gente divide nossas experiências para inspirar as suas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.