O que levar para o Monte Roraima

 

 

Preparamos uma lista de itens para acabar com as suas dúvidas sobre o que levar para o Monte Roraima. A montanha em forma de tepui, formação rochosa semelhante a uma mesa, fica na Gran Savana, mas compreende Brasil, Venezuela e Guiana. É um ponto totalmente inóspito do planeta e guarda milhares de segredos.

Um trekking pelo Monte Roraima exige, além de preparo físico e responsabilidade, um planejamento sério, com muita organização nos preparativos. Esse post é voltado para quem pretende contratar um guia, sem o pacote de acampamento e alimentação. Mas independente do grupo e do formato da expedição, vale a pena dar uma olhada no que você não pode esquecer de jeito nenhum.

o que levar para o Monte Roraima - vida sem paredes

 

Leia também: 30 atrações incríveis no Monte Roraima

 

O que levar para o Monte Roraima

 

As roupas para dormir e caminhar e alguns equipamentos são gerais. Isto é, essas dicas valem para todos os grupos e formatos de trekking no Monte Roraima. Independente se você vai com agências ou só com guias (obrigatório).

Já os itens de alimentação valem apenas para quem não optar por contratar o pacote de alimentação oferecido tanto pelas agências quanto pelos guias. Quanto aos equipamentos para acampar, a nossa lista é voltada para quem vai levar os próprios itens e ficar responsável por montar e desmontar o acampamento. Mas também é possível contratar o pacote com acampamento incluído. Nesse caso, verifique com o guia ou agência o que você precisa levar.

 

Monte Roraima: o que levar para dormir

 

  • 1 conjunto segunda pele (blusa e calça)
  • 1 calça de lã
  • 2 fleeces
  • 2 meias
  • 1 balaclava
  • 1 touca
  • 1 luva
  • 1 saco de dormir com extremo de 5°
  • 1 cobertor de emergência
  • Roupa íntima
  • 1 chinelo

 

Monte Roraima: o que levar para o trekking

 

  • 1 calça de microfibra
  • 1 calça legging (extra)
  • 1 blusa com proteção solar manga longa
  • 1 corta vento impermeável
  • 2 blusas dry fit manga curta
  • 1 top
  • 1 biquíni
  • 1 body
  • 1 luva
  • 1 boné
  • 5 meias
  • 1 bota
  • 1 capa de chuva




Higiene:

 

  • 1 toalha de microfibra
  • Sabão biodegradável
  • Papel higiênico
  • 2 pacotes de lenço umedecido
  • Álcool gel

 

Cozinha:

 

  • 1 panela que sirva como prato
  • 1 pano de prato
  • 1 fogareiro
  • 1 ou 2 botijões de gás (depende do que você vai preparar)
  • 1 faca
  • 1 colher
  • Sabão biodegradável

 

Acampamento:

 

  • 1 barraca
  • 1 isolante
  • 1 lona fina para forrar o chão
  • Cadeados
o que levar para o Monte Roraima: acampamento

Hotel Quati

 

Itens na mochila de ataque:

 

  • Carteira e documentos
  • Celular, câmera fotográfica, cabos, pilhas, bateria portátil (embalados em bolsa estanque)
  • Óculos de sol
  • Nécessaire (Lenços umedecidos / Álcool gel)
  • Protetor solar e labial
  • Manteiga de cacau
  • Bolsa de água de 2L
  • Clor-in
  • Fita adesiva
  • Lanche de trilha
  • Caneta e caderninho de anotações
  • Lanterna
  • Fósforo, apito, cordeletes
  • Kit de primeiros socorros
  • Bastão de caminhada
  • Sacolas plásticas
  • Garrafinha

 

Alimentação:

 

Meu grupo optou em levar toda a comida individualmente ao invés de contratar um pacote de alimentação. Isso possibilitou atender às preferências de cada um. A vantagem de contratar o pacote é não ter que carregar tudo e não precisar preparar nada.

No nosso caso, a gente mesmo cozinhava todas as refeições. Mas quanto ao transporte, contamos com a ajuda de 2 porteadores. Cada ajudante leva até 15 quilos, e como éramos 6 pessoas, cada um “despachou” 5 quilos de comida, para um trekking de 8 dias. No meu caso foi suficiente, e eu só levei alguns sanduíches para o primeiro dia. Parece pouco, mas a alimentação era planejada e foi mais que suficiente. Deu até para compartilhar com nossos amigos porteadores!

 

Outras informações:

 

  1. Levei tudo em 1 mochila cargueira 55L.
  2. Sacolas plásticas, pregadores, cordeletes ajudam muito.
  3. Verifique com seu guia ou agência a necessidade de levar outros equipamentos.
  4. Se quiser tomar banho após o último dia de trekking, leve um par de roupas extras e deixe no hotel em Santa Elena de Uairén. Não pagamos nada por isso, mas para tomar banho é preciso pagar 1 diária de algum quarto. O mais barato disponível era 70 bolívares (março de 2017)
  5. Confira como contratar o trekking no Monte Roraima com os guias e montar uma expedição de acordo com as suas expectativas. Listamos documentos, como reservar hospedagem, transfers e tudo que você precisa saber para que a aventura seja memorável.

 

Como chegar

 

Embora a trilha comece na Venezuela, o melhor destino para quem pretende ir é Boa Vista, capital de Roraima. De lá, é possível seguir para Pacaraima, última cidade brasileira antes de atravessar a fronteira para a Venezuela. Depois dos trâmites na aduana, é preciso seguir para Santa Helena de Uairén, cidade-base de onde saem os transportes para o início da trilha, na comunidade indígena de Paraitepuy. Confira o item 10 desse artigo aqui no vida sem paredes e veja as opções para chegar em Santa Elena.

 


 

Organize sua viagem aqui no vida sem paredes

Reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura, com opções de cancelamento gratuito e pagamento no check-in através da Booking.com

Precisa alugar um carro? Compare os preços das principais locadoras, pague em reais sem IOF e parcele em até 12x sem juros no cartão ou garanta 5% de desconto no boleto à vista no Rentcars.com

Faça uma cotação de seguro viagem, compare os preços de várias seguradoras e pague em até 12x ou com desconto no boleto bancário no Seguros Promo. Use nosso cupom de desconto e viaje tranquilo: VIDASEMPAREDES5

Ao reservar com um de nossos parceiros através dos nossos links citados acima, recebemos uma pequena comissão. Você garante os melhores serviços e preços, não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3

 

O que levar para o Monte Roraima
por Camila Coubelle

Sobre Vida sem Paredes

Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *