Como é o city tour em Valparaíso, Chile

 

É possível conhecer muito sobre história e cultura em um simples city tour em Valparaíso, circulando a pé mesmo. A cidade, cheia de contrastes, cerca o visitante de informações cruzadas e você acaba não sabendo o significado dos grafittis, dos cerros ou a importância do porto e seus navios para o Chile. Por isso, fazer o city tour é uma experiência super válida e nós vamos te contar o porquê.

Quando chegamos em Valparaíso, não sabíamos por onde começar o passeio. Cada passo nos levava para ruas que não entendíamos o significado. Depois de um dia batendo perna sem rumo, decidimos fazer um city tour chamado Tour for Tips. E foi a melhor coisa que fizemos.

O esquema do Tour for Tips já está no nome. Eles fazem o city tour a pé e o visitante paga o valor que achar justo, como uma gorjeta. O lance é que, como eles querem agradar e fazer valer o passeio, acabam dando um show de conhecimento e mostram o melhor da cidade, destacando o contexto histórico e cultural de cada lugar e ainda dando dicas para quem vai continuar batendo perna depois do tour.

Saiba como é o city tour em Valparaíso, como encontrar os guias e o que levar para o passeio.

City tour em Valparaíso, Chile

Porto e cerros de Valparaíso

City tour em Valparaíso, Chile

O trolebuses, ônibus elétrico que circula no centro histórico

 

Onde encontrar um city tour em Valparaíso (free walking tour)?

 

A galera do Tour For Tips está sempre a postos para receber os turistas na Plaza Sotomayor, no centro de Valparaíso, em frente ao porto. São dois horários por dia, às 10h da manhã e às 15h. O ideal é chegar com uns 10 minutos de antecedência para encontrar o grupo.

Ah, mas como eu vou saber que aquele grupo é do Tour for Tips? É fácil! Os guias estão sempre vestidos com camisas listradas de branco e vermelho, como as do Wally, do desenho animado. Encontrou esse pessoal, é só chegar.

City tour em Valparaíso, Chile

Plaza Sotomayor, onde começa o City tour em Valparaíso

City tour em Valparaíso, Chile

Os “Wallys” da Tour for Tips

 

Leia também: O que fazer em Valparaíso, Chile

 

Como funciona o tour a pé

 

Os tours da manhã e da tarde são diferentes. Portanto, se você tiver mais tempo em Valparaíso, é interessante acompanhar os dois passeios. Enquanto o da manhã apresenta um contexto histórico de Valpo, o da tarde explora a cultura e a arte que são a principal característica da cidade.

Nós fomos no city tour da manhã. Encontramos os wallys e fomos divididos em dois grupos: os que falam inglês e os que falam e/ou entendem espanhol. Não se preocupe, quem não fala espanhol consegue acompanhar o tour numa boa. Os guias são preparados e falam bem devagar.

Esse tour começa na zona portuária de Valparaíso. Conhecemos o bar mais antigo do Porto, descobrimos por que a cidade é tão importante para o Chile e entendemos melhor a enorme diferença entre a parte plana e os cerros. Em seguida pegamos um ônibus – 400 pesos chilenos (R$2,00 fev/2018) – e subimos para um dos cerros, onde o guia nos dá uma aula sobre o Chile e sobre a história por trás dos grafittis. Inclusive conhecemos os dois primeiros painéis grafitados por mulheres!

O free walking tour dura 3 horas e, durante todo o tempo, o guia mistura informações com dicas de onde ir e o que fazer na cidade. Conhecemos lugares que normalmente não são visitados nos bate-e-volta em Valparaíso, e o mais interessante é que os pontos visitados são intimamente ligados à história da cidade. Esse é o jeito mais fácil de entender a caótica Valparaíso.

No final, vamos até a sede da Tour For Tips, conhecemos uma bebida típica da região e nos despedimos do guia (é nessa hora que deixamos as gorjetas).

Na minha opinião, o city tour valeu super a pena. Depois do passeio, começamos a ver Valparaíso com outros olhos e nos apaixonamos pela cidade. Algo que achei que seria impossível quando chegamos.

Uma dica para quem vai visitar Valparaíso e Viña del Mar, é conciliar os city tours nas duas cidades. Em Viña, a equipe do Tour For Tips se encontra nos mesmos horários, no famoso Relógio das Flores. O grupo ainda atende em Santiago e em San Pedro de Atacama.

City tour em Valparaíso, Chile

Bar mais antigo de Valparaíso, próximo ao porto

City tour em Valparaíso, Chile

Um dos primeiros painéis grafitados por mulheres

City tour em Valparaíso, Chile

O tour pega um ônibus que passa pela avenida que liga a parte baixa aos cerros

City tour em Valparaíso, Chile

Parque Cultural Cerro Carcel, antigo presídio onde estiveram muitos dos presos políticos da ditadura

City tour em Valparaíso, Chile

Muitas casas tem suas fachadas cobertas por grafittis

City tour em Valparaíso, Chile

Grupo da Tour for Tips passeando pelos grafittis de Valparaíso

City tour em Valparaíso, Chile

Mais um grafitti feito por uma mulher

City tour em Valparaíso, Chile

O tour termina na sede da Tour for Tips, perto da Plaza Sotomayor

 

Dicas para o city tour em Valparaíso

 

  • Tome um café da manhã reforçado. O tour dura 3 horas e não há pausas para comer;
  • Se for no verão, leve bastante água;
  • Use roupas e calçados confortáveis, pois você irá andar bastante;
  • Leve dinheiro trocado e algumas moedas. O ônibus que pegamos para o cerro é por nossa conta;
  • Tire muitas fotos, mas não dê bobeira. Os locais nos orientam e não exibir muito os aparelhos eletrônicos por risco de furtos;
  • Faça perguntas. Quanto mais informações tiver da cidade, melhor.
  • Divirta-se!

 

Como chegar a Valparaíso

 

Há vários ônibus que levam a Valparaíso, a partir de Santiago, saindo do Terminal Alameda. As principais empresas com viagens nesse trecho são a Pullman e a Turbus. Não é preciso reservar passagem com antecedência, pois a cada 15 ou 30 minutos têm um ônibus saindo com destino a Valpo ou Viña del Mar. Os preços variam entre 3.200 e 7.000 pesos chilenos (em torno de R$ 16,00 e R$ 32,00), de acordo com o horário e o dia da semana.




 

Onde se hospedar

 

Como é muito turística, Valparaíso tem uma vasta oferta de hotéis e hostels. Se quiser ficar em um local com boa vista da baía, o Cerro Concepcion é uma boa dica. Lá há alguns bons hotéis e hostels, e há vários restaurantes ao redor. É uma região turística e mais segura.

Acho que o melhor trecho para se hospedar e circular a noite, onde têm variedade de bares e restaurantes, além de vários serviços, é desde o começo da Avenida Ecuador, subindo rua acima. Nós optamos por um Airbnb por ali e conseguimos ótimos preços. Clique aqui e ganhe R$100,00 de bônus na sua primeira reserva.

Já perto do porto a melhor opção é o Ibis.

 

 

Organize sua viagem aqui no vida sem paredes
Reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura, com opções de cancelamento gratuito e pagamento no check-in através da Booking.com
Precisa alugar um carro? Compare os preços das principais locadoras, pague em reais sem IOF e parcele em até 12x sem juros no cartão ou garanta 5% de desconto no boleto à vista no Rentcars.com
Faça uma cotação de seguro viagem, compare os preços de várias seguradoras e pague em até 12x ou com desconto no boleto bancário no Seguros Promo. Use nosso cupom de desconto e viaje tranquilo: VIDASEMPAREDES5
Ao reservar com um de nossos parceiros através dos nossos links citados acima, recebemos uma pequena comissão. Você garante os melhores serviços e preços e não paga nada a mais por isso. E ainda ajuda o blog a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3

 

Como é o city tour em Valparaíso, Chile
Data da viagem: fevereiro de 2018

por Nange Sá

As dicas te ajudaram?

 Pra não perder nenhuma informação ou roteiro, fale com a gente no FACEBOOK, INSTAGRAM, PINTEREST ou YOUTUBE

Sobre Vida sem Paredes

Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa.
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *