Atrações turísticas em Rio Branco

Sim, o Acre existe e a capital, Rio Branco, oferece atrações diferentes de tudo que você já viu! Brincadeiras à parte, é preciso reconhecer sim que o Estado está realmente longe. Daí a brincadeira e os comentários nas fotos que postei quando estava lá. Justamente por estar longe, o lugar oferece a chance de nos apresentar tanta diversidade cultural.

Bem no coração da Amazônia, Rio Branco é porta de entrada para a floresta tropical. O visitante encontra contato com a natureza e pode vivenciar o turismo sócio-ambiental, e conhecer belezas naturais únicas, o modo de vida dos ribeirinhos, comunidades indígenas, flora e fauna amazônica. Além disso, a capital oferece um tour cultural que conta a história da região e sua cultura. Confira o roteiro com dicas de atrações para conhecer em dois dias em Rio Branco. Veja onde se hospedar e algumas dicas úteis.

Vida sem Paredes - Rio Branco (1)

Bandeira do Acre às margens do Rio Acre

Biblioteca e Catedral Nª Srª de Nazaré – Rio Branco

 

Confira dicas do que fazer em Rio Branco:

 

A gameleira

 

É o bairro histórico que ainda conserva casarões antigos na orla do Rio Acre. Como o hotel ficava por ali, foi o primeiro lugar turístico que visitei. A dica é conferir as placas pregadas nas fachadas, que trazem as datas em que os casarões foram construídos e um pouco de suas histórias. E o passeio na beirada do rio vale muito a pena. Tem umas escadarias para sentar e apreciar e um ou outro quiosque no calçadão.

Vida sem Paredes - Rio Branco (12)

Vida sem Paredes - Rio Branco (11)

 

Passarela Joaquim Falcão Macedo

 

É o maior símbolo de Rio Branco. No fim de tarde é quando as pessoas começam a aparecer só para ficar ali, olhando, conversando ou fotografando. A construção inaugurada em 2006 fica ainda mais bonita à noite, quando é iluminada. Atravessando para o lado de lá, já estamos no Mercado Velho.

 

Vida sem Paredes - Rio Branco (5)

 

Novo Mercado Velho

 

É isso mesmo! Novo e Velho! Velho sempre foi seu nome, por causa da tradição do mercado popular, e o Novo veio depois da revitalização. É o ponto boêmio onde as pessoas se encontram – também no fim de tarde – para um chopp gelado e um quibe de arroz. É o lugar ideal para conhecer e comprar o artesanato local, cheio de madeiras e sementes diversas. É também o lugar onde você encontra muitos produtos e remédios naturais, diretamente extraídos da floresta e da sabedoria indígena.

 

Vida sem Paredes - Rio Branco (3)

Vida sem Paredes - Rio Branco (4)

 

Praça da Revolução

 

Depois do Mercado Velho, andando mais um pouco, logo se avista a praça principal de Rio Branco, com suas barracas que ficam rodeadas – adivinhem quando? – no fim de tarde!

 

Vida sem Paredes - Rio Branco (10)

Vida sem Paredes - Rio Branco (16)

 

Palácio Rio Branco

 

Com entrada gratuita e uma exposição permanente, a antiga sede do Governo é uma das mais importantes construções de Rio Branco. Pelas salas e andares do imponente prédio inspirado nas construções europeias da época, vamos conhecendo a história da formação do Estado, das suas dezesseis etnias indígenas, da Revolução Acreana, da história da borracha e do ambientalista Chico Mendes.

E detalhe: uma funcionária super gentil acompanhou a visita e explicou com riqueza de detalhes muito da interessante história do Acre.

Tem, inclusive, fotos dos geoglifos, as grandes figuras geométricas no solo, como as linhas de Nazca do Peru. Embora bem menos famosos que os do Peru, existem mais de 300 geoglifos descobertos por ali, que atraem e muito a atenção de estudiosos nacionais e internacionais, e das pessoas de modo geral. Recomendo muito! Nos fundos do palácio há o Memorial dos Autonomistas, que dá continuidade à história, mas é bem menor.

Vida sem Paredes - Rio Branco (9)

Vida sem Paredes - Rio Branco (6)

 

Museu da Borracha

 

É bem pertinho da Praça da Revolução (confira no mapa de atrações turísticas que há na praça).  O ciclo da borracha marcou a história da criação do Acre, e aqui você vai encontrar jornais, revistas, fotografias, documentos, utensílios e um acervo completo que fazem da visita uma verdadeira imersão na cultura local.

 

Vida sem Paredes - Rio Branco (7)

 

Parque da Maternidade

 

Trata-se de uma área verde revitalizada que conta com teatro, ciclovia, bares e tranquilidade em pleno coração de Rio Branco. Um local para uma caminhada ou para um encontro… no fim de tarde, óbvio! Fica bem em frente ao Terminal Urbano e tem uns pórticos na entrada que você vai reconhecer de longe.

 

Vida sem Paredes - Rio Branco (17)

 

Biblioteca da Floresta

 

Outro lugar imperdível de Rio Branco, fica no Parque da Maternidade Interativo, vai além dos padrões de uma simples biblioteca. Cores e sons locais já impressionam desde a entrada e vão atrair seus olhos para cada detalhe das reproduções fiéis à tradição local. É para respirar cultura!

 

Vida sem Paredes - Rio Branco (2)

 

Não foi por acaso que eu falei diversas vezes que os lugares ao ar livre ficam cheios no fim de tarde. O costume local é se reunir nas praças nesse horário. E é aqui que incluo as comidinhas, intimamente ligadas ao “fim de tarde”.

 

Comidas para experimentar em Rio Branco

 

O Tacacá foi a coisa mais diferente que eu comi até hoje. É feito com tucupi, goma, camarão e jambu, e tomado geralmente nas últimas horas da tarde, quando as pessoas se encontram nas praças e parques. Eu provei ali na Praça da Revolução, no Tacacá da Dôra, que ficava rodeado de gente assim que o Sol baixava. A Rabada no Tucupi e o Charuto no Tucupi também disputavam os pedidos. Para petiscar, vi muito o tal quibe de arroz, recheado de carne. E também é muito gostoso!

 

Leia também:

Um dia pelo melhor de Porto Velho

Atrações turísticas em Manaus

 

Vida sem Paredes - Rio Branco (8)

Quibe de Arroz e Tacacá

 

Ainda tem duas coisas que parecem ser muito interessantes. O Parque Ambiental Chico Mendes, que é uma área de preservação ambiental com trilhas e até animais em processo de readaptação à natureza. Acreditem ou não, ao ligar para saber até que horas o parque funcionava, fui informada que eles estavam fechados naquele dia porque uma sucuri se soltou, rs. Era meu último dia, então a visita teve que ficar para a próxima.

A segunda coisa seria o passeio de balão pela floresta. Achei por acaso uma agência ali perto do Mercado Velho que oferecia o tour para 2 ou 8 pessoas, com valores entre R$ 680,00 e R$ 780,00. Mas também seria inviável, porque a saída era antes das 5 horas da manhã, para ver o Sol nascer, e eu ia embora nesse dia à noite. Se vocês forem em Rio Branco e fizerem esses 2 passeios, me contem como foi!





Anote

  1. Não esqueça o protetor solar, porque o Sol lá não perdoa.
  2. Também não esqueça um bom repelente.
  3. É possível visitar essas atrações a pé.

 

Como Chegar

 

O Aeroporto Internacional Plácido de Castro recebe voos das principais cidades brasileiras.

> Se precisar alugar um carro para visitar Rio Branco, escolha o ponto de partida e compare os preços de todas as locadoras através desse link.

 

Onde se Hospedar

 

O principal foco da rede hoteleira são os hotéis. Encontramos dos mais simples aos mais sofisticados. Não encontramos campings ou hostels no centro da cidade. Consulte as opções de hospedagem através desse link da Booking.com.

 

Quando ir

 

O período chuvoso vai de outubro a abril, e o período mais seco, de junho a setembro.

 

Fuso Horário

Rio Branco tem fuso horário com duas horas a menos em relação ao horário de Brasília.

 

Organize sua viagem aqui no vida sem paredes

Reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura, com opções de cancelamento gratuito e pagamento no check-in através da Booking.com

Precisa alugar um carro? Compare os preços das principais locadoras, pague em reais sem IOF e parcele em até 12x sem juros no cartão ou garanta 5% de desconto no boleto à vista no Rentcars.com

Faça uma cotação de seguro viagem, compare os preços de várias seguradoras e pague em até 12x ou com desconto no boleto bancário no Seguros Promo. Use nosso cupom de desconto e viaje tranquilo: VIDASEMPAREDES5

Ao reservar com um de nossos parceiros através dos nossos links citados acima, recebemos uma pequena comissão. Você garante os melhores serviços e preços, não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3

 


 

Rio Branco – AC: cerca de 310 mil habitantes | 143 metros de altitude | 110V
Data da viagem: abril de 2016

 
Por Camila Coubelle

Sobre Vida sem Paredes

Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa.
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *