O que fazer em Cruzília, sul de Minas

 

 

Cruzília, no sul de Minas Gerais, entrou oficialmente para a rota do turismo no Brasil. A cidade com cerca de 18 mil habitantes tem em suas raízes a mineiridade, a boa prosa, a religiosidade, o amor pelos cavalos e pelos queijos maravilhosos.

O passeio pelo município é indicado para quem gosta de conhecer cada cantinho com muita calma e quem deseja vivenciar o turismo rural.

A cidade a certa de 65 quilômetros de São Lourenço, no Circuito das Águas, atrai principalmente casais e famílias. Mas seja você adulto, criança ou idoso, com certeza vai passar momentos agradáveis na “Terra da Santa Cruz”.
Para se ter uma ideia, foi em Cruzília que nasceu uma das raças de cavalo mais premiadas mundialmente, o Mangalarga Marchador. É lá também que se produz alguns dos melhores queijos do mundo.

Confira o que fazer em Cruzília, onde se hospedar, como chegar e algumas dicas para visitar e aproveitar melhor a cidade.

O que fazer em Cruzília, sul de Minas

 

O que fazer em Cruzília

 

Museu Nacional Mangalarga Marchador

 

O Museu inaugurado em 2012 fica na casa que pertenceu à Fazenda Bela Cruz, uma das propriedades pilares do Mangalarga e Magalarga Marchador. Faz uma linha do tempo, desde os primórdios, com o surgimento da raça na cidade até os dias atuais, com a expansão e reconhecimento dos cavalos nascidos lá. As peças, vídeos e documentos mostram as fazendas centenárias, falam sobre seus fundadores e recria a história de umas das raças mais bem-conceituadas mundo afora.

Eventualmente, o Museu oferece saraus, cafés coloniais e eventos abertos ao público, a preços populares.

  • Casa Bela Cruz, Praça da Matriz, Cruzília | (35) 3346-1022
  • Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 17h
  • Entrada gratuita
O que fazer em Cruzília, sul de Minas: Museu Nacional Mangalarga Marchador

Museu Nacional Mangalarga Marchador

O que fazer em Cruzília, sul de Minas: Museu Nacional Mangalarga Marchador

 

Leia mais: Por que conhecer o Museu Mangalarga Marchador

 

Empório dos Queijos

 

Os queijos de Cruzília são famosos em todo o Brasil. Isso porque vários desses sabores já venceram campeonatos importante pelo país. E, mais recentemente, um deles levou a medalha de prata no Mondial du Fromage 2017, da França, com o “Santo Casamenteiro”, um queijo exótico que mistura gorgonzola, damasco, nozes e cream cheese. Pode apostar, essa combinação fica incrível!

Além da fábrica que produz esses maravilhosos queijos, existe um empório que vende esses e outros produtos bem mineiros. Lá é o único lugar onde você vai encontrar o queijo “A Lenda” que, aliás, tem uma história no mínimo intrigante (veja no post abaixo).

O que fazer em Cruzília, sul de Minas: queijos finos

Santo Casamenteiro, último queijo premiado

O que fazer em Cruzília, sul de Minas: queijos finos

Empório da Fábrica de Queijos Cruzília

 

Leia mais: Os queijos maravilhosos de Cruzília

 

Igreja Matriz de São Sebastião

 

O cartão-postal da cidade é a Igreja Matriz de São Sebastião, padroeiro de Cruzília. A construção imponente enche os olhos de quem passa pelo centro da cidade. A igreja é linda tanto por fora quanto por dentro. As missas ocorrem aos sábados e domingos em vários horários.

Ah, e tem uma peculiaridade encontrada somente em cidades pequenas: a igreja anuncia a hora com os sinos a cada 30 minutos e há avisos de missas importantes e anúncios de enterros no alto-falante da torre.

A Matriz fica em frente à Praça Capitão Maciel, um convite à contemplação e ao descanso. Aos domingos, a praça fica repleta de brinquedos infláveis fazendo a alegria da criançada.

O que fazer em Cruzília, sul de Minas: Igreja Matriz de São Sebastião

 

Mirante e Santuário da Santa Cruz

 

O ponto culminante da cidade é a Serrinha, com 1.360 metros.  O monte de fácil acesso, tanto a pé, quanto de carro, é onde se encontram as torres de televisão e telefone do município. Também é lá que se encontra a “Santa Cruz”, monumento religioso instalado bem no alto da serra. Além, é claro, da vista deslumbrante da cidade e do mar de morros do entorno.

O que fazer em Cruzília, sul de Minas: Santa Cruz

 

Turismo rural

 

Quem deseja conhecer a fundo a paixão pelos cavalos, que move a cidade de Cruzília, pode visitar algumas das fazendas centenárias que circundam a cidade e que funcionam como hotéis e pousadas. Nesses refúgios é possível ter contato direto com a natureza e com os animais, desenvolvendo e alimentando o turismo rural na cidade. É o caso da São Sebastião, Angahy, São Pedro, e Traituba.

 

  • Hotel Fazenda São Pedro
  • Estr. Velha para Aiuruoca, 12 Km | (35) 3346 – 1094

 

  • Hotel Fazenda Angahy
  • Estr. para Minduri,  13 km | (35) 3346 – 1472

 

  • Hotel Fazenda São Sebastião
  • Saída para Caxambu, 2 km | (35) 3341 – 1256

 

  • Fazenda Hotel Traituba
  • Rodovia Cruzília-Carrancas, 28 km (estrada de terra) | (35) 3327-1059, 3346-1314 e 3327-1477




Eventos

 

Cruzília ainda possui algumas datas especiais, em que eventos movimentam a cidade. Como é o caso do Festival de Música, que acontece sempre no último final de semana de julho desde a década de 1970. O Festival atrai músicos de todo o Brasil. São três noites em que a cidade respira cultura.

O aniversário da cidade, em 27 de dezembro, é a data dos shows de artistas renomados que movimentam a última semana do ano.

Para os apaixonados pelos cavalos, Cruzília ainda sedia várias edições da Copa de Marcha, com cavalos Mangalarga Marchador, tardes de Marcha e Prosa, com criadores da região, leilões de gado e cavalos. Além do recém-criado Circuito de Cavalgadas, que organiza viagens à cavalo para pontos importantes da região, como a subida ao Pico do Papagaio, em Aiuruoca, e as serras de Carrancas.

Os interessados em participar desses eventos podem entrar em contato com o Clube do Cavalo da cidade.

O que fazer em Cruzília, sul de Minas: Festival de Música

Festiva de Música, edição de 2017

 

Cidades do entorno

 

Cruzília está bem próxima de cidades cheias de atrativos naturais, como Carrancas, São Thomé das Letras e Aiuruoca e suas lindas cachoeiras; as estâncias hidrominerais de São Lourenço e Caxambu; além do turismo religioso de Baependi, terra de Nhá Chica.

 

Leia também: 7 cidades para conhecer no Sul de Minas

 

Faz parte do CRER

 

Cruzília está na rota do CRER, o Caminho Religioso da Estrada Real, com cerca de 800 quilômetros. A peregrinação, inaugurada em 2017, será a maior rota de turismo religioso do Brasil, percorrendo 38 cidades que são verdadeiros patrimônios histórico-culturais de Minas Gerais e São Paulo.

Além disso, Cruzília faz parte do Caminho Velho da Estrada Real e você pode carimbar seu Passaporte da ER no Museu Nacional Mangalarga Marchador.

 

Onde se hospedar em Cruzília

 

A cidade tem uma boa oferta de hotéis e pousadas, incluindo as fazendas centenárias, berço da raça Mangalarga Marchador.

Confira as opções e reserve na Booking.com através desse link. Reserve de maneira rápida e segura, com opções de cancelamento gratuito e pagamento no check-in. (Ao reservar com um de nossos parceiros através dos nossos links, recebemos uma pequena comissão. Você garante os melhores serviços e preços e não paga nada a mais por isso. E ainda ajuda o blog a continuar compartilhando dicas de viagem. Muito obrigada e boa viagem! <3 )

 

Como chegar em Cruzília

 

Quem vem de carro de Belo Horizonte, pode pegar a BR-381 sentido São Paulo. Após a entrada de Três Corações, siga pela BR-267 passando por Campanha, Caxambu e Baependi. Vire à esquerda na BR-383, percorrendo 10 km até Cruzília.

Do Rio de Janeiro, o caminho é pela BR-116 sentido São Paulo até Itatiaia. Virar à direita na BR-354 em direção a Itamonte, passando por Santana do Capivari, Pouso Alto e entrada para São Lourenço. Virar à direita até Baependi, à direita na BR-267 e à esquerda na BR-383.

De São Paulo, vá pela BR-381 sentido Belo Horizonte, passando pela entrada de São Gonçalo do Sapucaí. Vire à direita na BR-267, passando por Campanha, Cambuquira e Caxambu. Entre à esquerda na BR-383, percorrendo 10 km até Cruzília.

Se precisar alugar um carro para visitar Cruzília, escolha o ponto de partida e compare os preços de todas as locadoras através desse link. Pague em reais sem IOF e parcele em até 12x sem juros no cartão ou garanta 5% de desconto no boleto à vista.

De ônibus, quem vem do Rio de Janeiro ou Belo horizonte, deve ir para São Lourenço ou Caxambu. Use a viação Sampaio a partir do Rio de Janeiro, a viação Gardênia a partir de Belo Horizonte. De São Lourenço ou Caxambu, há vários horários por dia até Cruzília pela viação Coutinho (35) 3346-1680.

Quem sai de São Paulo pode ir pela viação Cometa diretamente para Cruzília. A partir de Juiz de Fora, vá pela viação Santa Cruz até Caxambu, ou peça para descer no trevo de Cruzília.

 


 

Organize sua viagem aqui no vida sem paredes
 
Faça uma cotação do seu seguro viagem através desse link e aproveite com tranquilidade. Compare os preços de várias seguradoras e pague em até 12x ou com desconto no boleto bancário. Use nosso CUPOM DE DESCONTO EXCLUSIVO e ganhe 5% de desconto no seu seguro.

Cupom: VIDASEMPAREDES5

 

Distâncias até Cruzília:

323 km de Belo Horizonte – MG
203 km de Juiz de Fora – MG
294 km do Rio de Janeiro – RJ
329 km de São Paulo – SP

Cruzília – MG: cerca de 14.529 habitantes | cerca de 1.010 m de altitude

por Nange Sá

Sobre Vida sem Paredes

Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *