30 atrações incríveis no Monte Roraima

 

 
O Monte Roraima é uma montanha com um grande número de atrações em seu cume. Seu formato de Tepui ajuda, e seu relevo raro em forma de mesa está entre as formações geológicas mais antigas da Terra. São cerca de 31 quilômetros quadrados em seu topo “plano”. A verdade é que o gigantesco platô não é plano, e sim, com vários desníveis e todo encrustado de formações rochosas e belezas exóticas com mais de dois bilhões de anos. A montanha é repleta de mirantes com vistas para cascatas gigantescas e para os outros tepuis da Gran Savana, como o Kukenan. São muitas fontes de águas, plantas endêmicas, pedras antropomórficas, cavernas, labirintos e uma diversidade gigante de belezas naturais. A grandiosidade é tanta que muitas ainda não foram catalogadas e eu suspeito que muitas coisas sequer foram descobertas.

Com a marcação oficial de 2.734 metros de altitude é o 7º ponto mais alto do Brasil, mas uma das suas peculiaridades é que ela se estende por três países – Venezuela, Brasil e Guiana. Para conhecer todos os pontos de interesse no cume do Monte Roraima seria preciso muito mais tempo que as expedições comuns oferecem. Mesmo assim, cada detalhe lá é único e vale a pena. Fizemos uma lista que inclui atrações famosas e outras nem tanto, com seus nomes em espanhol (ou como me foram apresentadas) e fotos. Confira e surpreenda-se com as belezas espetaculares do Monte Roraima!

Atrações no Monte Roraima: La Proa

Erick, Olegário, Jorge, Helena, Alexandre, Imeru, Maria, Lúcio e Eu na Proa

 

30 atrações incríveis no Monte Roraima

 

  1. Rios Tek (ou Tök) e Kukenan

 

Esses são os dois grandes cursos de água que nascem nos tepuis da Gran Savana. Ambos são pontos de acampamento e precisam ser atravessados durante o trekking. Se as chuvas forem intensas os níveis sobem e fica mais complicado atravessar.

Atrações no Monte Roraima: Rios Tek (ou Tök) e Kukenan

Os rios são maiores do que as fotos demonstram!

 

  1. La Ventana

 

É o mirante mais sensacional do Monte Roraima, na minha opinião. A La Ventana reúne a imensidão verde da floresta amazônica e cascatas gigantescas que despencam sobre os paredões dos tepuis. Tudo ali é tão grandioso e imponente que me fez ficar vidrada com tamanha beleza. A foto abaixo não é capaz de mostrar nem um décimo da maravilha do lugar.

 

Atrações no Monte Roraima: La Ventana

 

  1. Los Jacuzzis

 

Essas piscinas naturais de águas transparentes são uma materialização do paraíso. Os Jacuzzis são cercados por formações rochosas e forrados com pequenas pedrinhas que formam reflexos cintilantes em tons dourado e esverdeado nas águas – mágica da natureza! Para alguns, o único defeito pode ser a temperatura da água. Mas quem anda comigo sabe que adoro água gelada, então, o lugar é perfeito!

Atrações no Monte Roraima: Los Jacuzzis

 

  1. La Rampa e El Paso de las Lagrimas

 

O nome poético combina muito bem com o momento, a subida final árdua e sem trégua do paredão. Trata-se de um trecho de caminho na rampa de subida de onde caem milhares de gotas. Se chover, as lágrimas viram uma “choradeira”, rs.

Atrações no Monte Roraima: La Rampa e El Paso de las Lagrimas

Início da “La Rampa”

 

  1. Tepui e Salto Kukenan

 

O tepui vizinho é tão incrível quanto o Roraima, e desde o início da trilha avistamos ambos, um ao lado do outro. Não são os únicos. É possível ver vários deles, mas os dois se destacam. À medida que nos aproximamos, e também de alguns mirantes do cume do Monte Roraima, avistamos o filete de água, delicado – mas enorme – do Salto Kukenan com seus 610 metros é uma das maiores quedas do mundo, não oficialmente, visto que só se forma com chuvas.

Atrações no Monte Roraima: Tepui Kukenan

Tepui Kukenan à esquerda e Monte Roraima à direita

 

  1. Punto Triple

 

O monumento piramidal é um dos pontos mais visitados do Monte Roraima e marca a fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana. Fica em um ponto muito bonito do cume do Monte Roraima, sobre um chão de pedras.

Atrações no Monte Roraima: Punto Triple

Lado Brasileiro

 

  1. El fosso

 

Uma piscina intrigante de águas alaranjadas. Além do paredão redondo de 6 metros abaixo do nível do solo que abriga as águas, há várias galerias internas, por onde é possível descer até o poço.

Atrações no Monte Roraima: El fosso

Repare nas galerias internas

Atrações no Monte Roraima: El fosso

A neblina vem em vai em questão de segundos e quase não dá para me ver na foto

 

  1. Oreophrynella quelchii

 

O sapinho preto é praticamente um símbolo do Monte Roraima, endêmico do tepui. O melanismo é um fenômeno comum ali, para se proteger da radiação ultravioleta. Acho que é uma das atrações da montanha e faz até pose para foto! Ele é tão primitivo que nem pula, não foge, mas isso não significa que você precisa pôr a mão.

Atrações no Monte Roraima: Oreophrynella quelchii

 

  1. El Maverick

 

O maciço rochoso de forma alongada lembra o automóvel Maverick e é considerado o ponto mais alto do Monte Roraima, com 2.875 metros de altitude. Fica próximo da “chegada” no cume e tem uma vista linda do imenso paredão, que infelizmente, ficou encoberta antes mesmo de passar o meu deslumbramento para começar a pensar na foto.

Atrações no Monte Roraima: El Maverick

 

  1. La Proa

 

É o mirante que fica no ponto mais setentrional do Monte Roraima, no extremo oposto, de difícil acesso e quase sempre coberto por névoa. Para alcançá-lo é preciso levar cordas e atravessar um enorme cânion. O visual que poucas pessoas no mundo tiveram a chance de ver é recompensador. O paredão tem uma saliência com vista para uma cascata, mas o clima ali muda o tempo todo e não conseguimos fazer uma foto antes de ficar tudo encoberto.

Atrações no Monte Roraima: La Proa

Esse ponto fica encoberto quase sempre

Atrações no Monte Roraima: cânion antes da Proa

Cânion que descemos com cordas

 

  1. Lago Gladys

 

Distante cerca de 3 horas de caminhada a partir do acampamento Quati, o lago com atmosfera misteriosa e de rara beleza fica na parte guianense do Monte Roraima. Quase sempre encoberto, mas tivemos sorte de admirá-lo com e sem neblina.

Atrações no Monte Roraima: Lago Gladys

Sorte é tempo aberto!

Atrações no Monte Roraima: Lago Gladys

De outro ângulo, com neblina

 

  1. El mirador Punta de Piedra

 

É impressionante constatar como o formato dessa pedra parece ter sido esculpido propositalmente. A ilusão faz parecer que estamos muito mais à beira do precipício do que a realidade. O visual também presenteia com cascatas gigantes sobre o paredão, a floresta densa e as cores só vistas por quem está acima das nuvens. Fica após o lago Gladys, pouco antes do vale em que usamos cordas para ir até a Proa.

Atrações no Monte Roraima: El mirador Punta de Piedra

 

  1. Marco do IBGE

 

O marco aponta o ponto culminante da parte brasileira do Monte Roraima. Fizemos questão de conhecer para ter a sensação plena de que estivemos de fato no 7º ponto mais alto do Brasil. Fica a cerca de 25 minutos do acampamento Quati.

Atrações no Monte Roraima: Marco do IBGE

 

  1. Mirador del Roraiminha

 

Esse mirante tem vista para um pequeno tepui chamado de Roraiminha, com 2.500 metros de altitude e todo cercado pela Amazônia. Dele avistamos pontos brancos que, segundo nossos colegas pemons, são uma tribo indígena isolada. Mais uma visão surpreendente que o cume do Monte Roraima guarda, bem perto do Hotel Quati.

Atrações no Monte Roraima: Mirador del Roraiminha

 

  1. Valle de los Cristales

 

São milhares e milhares de pequenos cristais de quartzo branco, em formatos que aguçam a curiosidade na tentativa de descobrir com o que se parecem. Alguns são redondos como pequenos ovinhos, outros compridos, outros estão incrustados em enormes rochas. Há vários locais no cume do Monte Roraima repleto de cristais, esse na foto abaixo foi o mais bonito.

Atrações no Monte Roraima: Valle de los Cristales

Era incrível os reflexos do sol nos cristais!

Atrações no Monte Roraima: Valle de los Cristales

Outro vale. Foto: Erick Eas

 

  1. Labirintos de Piedra

 

Uma das atrações menos exploradas do Monte Roraima à esquerda da trilha após o Hotel Quati, rumo à Proa. São muitos quilômetros de labirintos naturais de pedras gigantes que impressionam assim que avistados.

Atrações no Monte Roraima: Labirintos de Piedra

Bem ao fundo

 

  1. Cueva de los guacharos

 

A gruta subterrânea cheia de fendas e fontes de água tem 12 quilômetros mapeados, embora seja maior que isso. Não fomos longe dentro dessa enorme caverna, mas as primeiras fontes de água ficam a menos de 1 quilômetro.

Atrações no Monte Roraima: Cueva de los guacharos

Fotos: Erick Eas

 

  1. Cânion de los guacharos

 

A fenda enorme e misteriosa é um ambiente perfeito para essa ave – os guacharos – que habitam bordas de cavernas. Do alto do cânion, avistamos muitas paredes entrecortadas e tivemos a sorte de ouvir o som gritado que denunciava que elas estavam ali. Fizemos algumas fotos deles, mas ficou meio longe.

Atrações no Monte Roraima: Cânion de los guacharos

 

  1. Valle del Arabopô e Rio Arabopô

 

O local muito bonito fica no caminho para o lago Gladys. Ali, se misturam os incontáveis pilares de rocha, a vegetação endêmica do Monte Roraima e as cores âmbar das águas do Rio Arabopô. Esse caminho é ótimo para ver as plantas carnívoras e orquídeas que só existem nos tepuis, citadas no próximo tópico. O vale é todo rodeado pela Bonnetia roraimae, uma pequena árvorezinha vermelha que emoldura perfeitamente o rio.

Atrações no Monte Roraima: Rio Arabopô

 

  1. Plantas endêmicas

 

Muitas das plantas no cume do Monte Roraima só existem nos tepuis. A acidez orgânica contribuiu para que algumas plantas encontrassem alternativas para conseguir nutrientes, tornando-se carnívoras. Também há densas florestas pré-históricas de samambaias, bromélias carnívoras, pelo menos 30 espécies de orquídeas belíssimas e outras espécies que são a materialização da beleza e uma atração a parte para quem visita essa montanha.

Atrações no Monte Roraima: Plantas Endêmicas

Fotos: Erick Eas

 

  1. Mirador El Abismo (da Guiana)

 

Próximo à La Ventana, é mais um dos inúmeros mirantes de tirar o fôlego com tamanha beleza e grandiosidade. Esse tem vista para o lado da Guiana.

 

Atrações no Monte Roraima: Mirador El Abismo da Guiana

 

  1. Mirador da Entrada

 

Seria redundante explicar sua localização. Uma coisa eu posso garantir sobre os diversos mirantes no cume do Monte Roraima: cada tem um visual panorâmico único e incrível.

Atrações no Monte Roraima: Mirador da Entrada

 

  1. Valle del Norte

 

Uma das poucas zonas com vegetação mais alta no cume do Monte Roraima, próximo ao ponto triplo.

Atrações no Monte Roraima: Valle del Norte

Foto:
Helena

 

  1. Pedras Antropomórficas

 

Principalmente no lado venezuelano, há diversas pedras com formatos que lembram pessoas ou animais, incluindo as que estão em alguma situação inusitada, como a Tartaruga Voando, uma das mais conhecidas. Há a Pedra do Macaco, do Elefante, do Lobo Feroz, do Escorpião e outras. Quanto maior sua criatividade, maior será seu deslumbramento com essas atrações.

Atrações no Monte Roraima: pedras antropomórficas

A “Tartaruga Voando” Foto: Erick Eas

Atrações no Monte Roraima: pilares de pedra

Os pilares de pedra pelos quais muitas vezes temos que saltar

 

  1. Rio Cotinga

 

Mesmo com a superfície formada por rochas metamórficas das mais antigas da costa terrestre, é quase inacreditável ver tantas fontes de água no cume. Esse é mais um dos rios que nascem no Monte Roraima. Quis falar dele em separado dos outros, pois atravessamos ele no cume, e se as chuvas forem intensas, fica impossível atravessar.

 

  1. Poço das Salamandras

 

Tão bonito quanto o lago Gladys, porém, com águas cor laranja, enquanto o outro tem águas cinzas meio esverdeadas.

Atrações no Monte Roraima: Poço dos Salamandras

 

  1. El paso de la soledad

 

Esta grande área plana no cume começa logo após uma pedra chamada de “pernas de frango” por causa de seu formato engraçado e termina nas Montanhas Aleluia.

Atrações no Monte Roraima: Montanhas Aleluia

No Paso de la soledade, seguindo em direção às Montanhas Aleluia

 

  1. Montanhas Aleluia

 

Essas belíssimas formações rochosas ficam depois do Ponto Triplo e do El Fosso e antes de El Paso de la Soledad. São algumas das maiores e mais curiosas esculturas de pedra de lá.

Atrações no Monte Roraima

 

  1. Encuentro de las Catedrales

 

O Encontro das Catedrais parece mesmo um lugar sagrado, de tão espetacular. São formações rochosas com diversas colunas que se alargam no topo, como que esculpidas.

Atrações no Monte Roraima: Encuentro de las Catedrales

 

  1. Lendas do Monte Roraima

 

Essas são as atrações intangíveis da Montanha roro ima, que significa grande verde azulado. O lugar é rodeado de lendas e superstições. Para os índios pemons, o Monte Roraima é a “Mãe das Águas”, lugar de nascentes de rios e grandes cachoeiras. Também é morada de Makunaima e de espíritos guerreiros que ali descansam. Por isso, é proibido gritar no cume do tepui, para não despertar a fúria de Makunaima. Por várias vezes nossos colegas pemons nos alertaram quando aumentávamos o som sem querer. Segundo eles, Makunaima despeja uma tempestade em castigo. Lenda ou não, tivemos sorte com as chuvas! Até o surgimento do tepui na tribo dos índios Macuxi é ligado às crenças. E cada uma das lendas e das crenças do Monte Roraima é tão interessante quando as formações únicas de lá!

 

Como contratar o trekking no Monte Roraima

 

Embora a trilha comece na Venezuela, o melhor destino para quem pretende ir é Boa Vista, capital de Roraima. De lá, é possível seguir para Pacaraima, última cidade brasileira antes de atravessar a fronteira para a Venezuela. Depois dos trâmites na aduana, é preciso seguir para Santa Helena de Uairén, cidade-base de onde saem os transportes para o início da trilha, na comunidade indígena de Paraitepuy.

Nós vivenciamos uma experiência única no Monte Roraima e explicamos de forma detalhada como contratar, quais documentos providenciar e todos os detalhes para que a expedição aconteça como o esperado. Confira no post abaixo:

Como contratar o trekking no Monte Roraima com guias

 

>> Faça uma cotação do seu seguro viagem através desse link e aproveite com tranquilidade. Use o CUPOM DE DESCONTO EXCLUSIVO para os nossos leitores e ganhe 5% de desconto no seu seguro. (Ao reservar através de nossos links você garante os melhore serviços e preços e ainda ajuda o blog vida sem paredes a continuar compartilhando dicas de viagem sem pagar a mais por isso. Obrigada!)

Cupom: VIDASEMPAREDES5

>> Se precisar se hospedar em Boa Vista confira as opções da Booking.com através desse link.

 


Monte Roraima – Brasil, Venezuela, Guiana
Data da viagem: fevereiro/março de 2017

por Camila Coubelle

Sobre Vida sem Paredes

Um blog sobre descobertas e viagens, ou vice-versa.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *